Ao falar sobre a série The Sandman para EW, a atriz Kirby Howell-Baptiste (Cruella) fala sobre interpretar uma das personagens mais icônicas da HQ: a Morte.

Vale lembrar que a Morte, em grande parte da cultura conhecida, possui uma visão aterrorizante, principalmente, quando representada por uma figura esquelética, pelo simples motivo de simbolizar o medo coletivo da mortalidade.

No entanto, a Morte de Neil Gaiman não é assim. A irmã mais velha de Sonho (Tom Sturridge) é corajosa, veste-se com uma regata preta, um colar ankh e oferece conforto às pessoas que ela acompanha para o outro lado.

“Na maioria da vezes, quando vemos uma representação da Morte, foca-se no fim. Mas, esse personagem sempre diz: ‘Eu estava lá no começo e estarei lá no final’. A morte nasce da vida. Acho que há algo muito bonito e cíclico sobre sua posição no mundo, porque é muito sobre a jornada completa para a qual ela está lá. Isso se presta a uma energia mais feminina – é muito estimulante, esse lado carinhoso da Morte que jamais tínhamos visto antes” – diz Kirby Howell-Baptiste.

A cena da chegada da chegada da morte é uma adaptação da sua primeira aparição nas HQs de Sandman. Tanto é que o episódio n. 8 vai compartilhar o mesmo nome: “O Som de suas Asas”.

Veja a imagem divulgada do encontro entre os Perpétuos:

sandman

Aliás, a imagem se assemelha bastante com a representada nos quadrinhos:

sandman

Sobre o teste de atuação de Howell-Baptiste, como Morte, o próprio Neil Gaiman lembrou que:

“Vimos muitas Mortes chegando ao set. Centenas. Mas, Kirby tinha uma qualidade única de poder falar honestamente com o poder. Essa honestidade e o fato de que ela poderia entregar essas falas e você acreditar nelas, foram o que me fez confiar em Kirby, 100%. Tínhamos supermodelos, tínhamos todos os tipos de pessoas incríveis muito mais famosas do que Kirby nas audições, aliás. Contudo, eu não acreditava que elas fossem a Morte, eu não acreditava que elas fossem a irmã mais velha de Tom (Sturridge) ou que pudessem mandar nele. Então, Kirby apareceu e foi tipo, ‘eu te amo, eu acredito em você, e você é isso'”. 

sandman

The Sandman, que estreia em 5 de agosto na Netflix, é uma mistura de mitos modernos e fantasia sombria de Neil Gaiman que segue pessoas e lugares afetados por Morpheus, o Rei dos Sonhos, enquanto ele conserta os erros cósmicos – e humanos – que ele cometeu durante sua vasta existência.

Até mais, e Obrigado pelos Peixes!