Rage 2 é uma sequência bastante diferente de seu antecessor. O primeiro não tinha uma história e era num clima bem mais “dark” Rage 2 é justamente o contrário, eles criaram uma história e é um jogo bastante FELIZ e COLORIDO, posso dizer. Veja o que achamos do game!

FICHA TÉCNICA 

Gênero: FPS (First Person Shooter/Tiro em Primeira Pessoa) em Mundo-Aberto 

Modos de Jogo: Single-Player

Desenvolvido por: Avalanche Studios em parceria com ID Software

Publicado por: Bethesda Softworks

Plataformas: PlayStation 4, Xbox One e PC

Lançado em: 14 de Maio de 2019

Sinopse (Não encontrei a oficial)

Você controla Walker (poderá escolher se é homem ou mulher), 30 anos após os eventos de Rage (2010). Após um ataque devastador a base (Vinhal) que foi liderado pelo General Cross, que é o vilão principal e chefe da Autoridade. O protagonista, deve planejar uma vingança no QG da Autoridade, com ajuda de: John Marshall, Loosum Hagar e Antonin Kvasir.

Observação: A Autoridade é a “organização do mal” que como eu disse anteriormente, é liderada pelo General Cross, o principal vilão do game. 

E caso eu cite Ranger: É o nome dado para os(as) soldados mais poderosos da sua base incial, o Vinhal. O(A) protagonista Walker, vira um Ranger durante o ataque, e consequentemente, se torna o último Ranger vivo.

PONTOS POSITIVOS

Jogabilidade 

Imagine a jogabilidade de Doom + Wolfenstein com diversas habilidades. Essa é a jogabilidade de RAGE 2. Definitivamente, essa é a coisa que mais gostei no game. Ela é precisa, fluída e MUITO divertida de se jogar (Assim como os outros 2 citados). Além de usar as armas de fogo, é possível usar as habilidades de Armadura Ranger, pode ser um soco no chão, um impulso e até mesmo a habilidade principal, que torna suas armas MUITO mais poderosas por um breve período.

Gráfico

Definitivamente, tivemos um salto GIGANTESCO graficamente do primeiro Rage para este. O game lhe-concede lindas paisagens em florestas, desertos, cidades e tudo mais. Diversos momentos eu tive que parar o que estava fazendo para simplesmente apreciar o belo gráfico que o game tem.

História

Felizmente, ao contrário do primeiro game, em RAGE 2 nós temos sim uma história pra seguir. No RAGE 1, era apenas um “conceito” pra justificar o que você está fazendo no game. Nesse, não! Temos uma história, vilões, motivações, amigos com histórias desenvolvidas e tudo mais. Mas claro, não vá jogar RAGE 2 achando que verá um enredo fantástico, com personagens fantásticos e com grandes reviravoltas, além do mais, o objetivo do jogo nem é esse.

Loading 

MAIS UMA VEZ estou aqui pra falar das famosas telas de carregamento! Porém, dessa vez é um ponto POSITIVO! O game tem basicamente uma tela de carregamento, que é quando você entra no game. Quando já está jogando, raramente verá telas de carregamento (muito raramente), ou seja, é um jogo extremamente fluído e sem “quebras de imersão”.

Atividades 

Como é um game mundo-aberto, obviamente ele precisa ter muitas atividades! E felizmente, RAGE 2 é cheio de atividades, sendo elas: Destruir comboios, Sentinela de Autoridade, Covil de Bandidos, Eco Ranger, Arcas, Pit Stop e Locais de Exploração! Cada um se difere, tornando dificilmente a sua experiência cansativa e/ou repetitiva.

PONTOS NEGATIVOS

Reciclagem 

Talvez isso não o incomode. Mas é visível uma grande reciclagem de coisas de outros jogos da ID Software e Avalanche Studios. Percebi que MUITAS coisas do Mad Max (2015) foram recicladas. Alguns inimigos são claramente os mesmos mas com aparências novas, as ruas do jogo são iguais, dentre diversas outras coisas. Não é algo que estragou a experiência, longe disso, mas incomodou.

Duração

Pra um jogo que é 100% single-player e é vendido a 229,90 o mínimo era durar bastante, mas não. RAGE 2 se você seguir apenas A CAMPANHA principal, vai durar de 7 a 9 horas de jogo. Claro, tem diversas outras atividades como disse anteriormente, mas a campanha em si é minúscula.

Veículos

Desde que foi mostrado na E3 2018, eu achei que o carro seria extremamente útil e divertido do começo ao fim. Além do mais, foi desenvolvido pela Avalanche, que fez Mad Max que é bastante divertido. RAGE 2, a maior utilidade dele é o básico, te levar nos lugares. Você só precisa dele se quiser fazer um comboio, que é uma atividade opcional.

RESUMO

RAGE 2 é facilmente um dos indicados a melhor jogo de tiro desse ano. Mas a curta duração da campanha e a inutilidade do carro deixou bastante a desejar. Mas no geral, RAGE 2 é muito superior ao primeiro jogo. Apresenta uma história, apesar de simples, divertida e que cumpre o seu papel.