É fato, Battlefront 2 sofreu muitas críticas em seu lançamento e com razão. Mas será que depois de quase 2 anos, ele melhorou ou piorou? Confira hoje no Teoria Geek!

FICHA TÉCNICA

Gênero: Ação de Tiro em Primeira e Terceira Pessoa

Modos de Jogo: Single-Player, Multi-Player Online e Multi-Player Local

Desenvolvido por: DICE

Publicado por: Eletronic & Arts (EA)

Plataformas: PlayStation 4, Xbox One e PC

PONTOS POSITIVOS

Gráficos

O motor gráfico Frostbite é maravilhoso, já é possível ver isso nos Battlefield e até mesmo no primeiro Star Wars: Battlefront da DICE. Em Battlefront 2 chega a ser inacreditável, tudo é extremamente lindo, com um sistema de iluminação de cair o queixo!

Ambientação

Se você é fã desse vasto universo de Star Wars como eu, vai se encantar com o nível de detalhes dos mapas no multiplayer. Todos os mapas são baseados em momentos da saga. Sendo filmes, animações ou até mesmo quadrinhos. E essa ambientação extremamente fiel, torna MUITO mais imersivo de se jogar. Você se sente naquela batalha.

Jogabilidade

A Jogabilidade desse game é fluída, precisa e até mesmo satisfatória de se jogar. Arrisco dizer que talvez o ponto forte desse jogo seja a jogabilidade. Fora que, você pode variar a qualquer  momento entre a visão de primeira e terceira pessoa. E meus amigos, isso é útil ao extremo! Existem momentos onde a primeira pessoa é melhor e outros onde a terceira é melhor. Mas aconselho usar como padrão a terceira. Vale citar que a jogabilidade de cada herói e vilão foi feito com um extremo cuidado. Cada um funciona de um jeito totalmente diferente, existem aqueles que são “parecidos”? Sim. Mas por exemplo, você nunca verá um Jedi que tem a mesma habilidade de outro. Cada Jedi tem 3 (alguns 4) habilidades próprias. Possivelmente, o mais poderoso é o Anakin, que tem uma “suprema”. Ao ativar a suprema, ele pega todos os inimigos que estão dentro do alcance e os enforca.

Campanha

Após diversas críticas por conta da ausência da campanha no primeiro game, dessa vez eles não só trouxeram uma, como também disseram que é TOTALMENTE canônica para o universo de Star Wars. Nessa jornada, você controla Iden Versio, a líder do Esquadrão Inferno do Império. E, ao longo da história verá uma conversão do lado negro para a Luz! Definitivamente, é EXCELENTE. História boa, personagens bons, referências, trilha sonora e tudo mais. Você também controla outros personagens, como: Luke Skywalker, Leia Organa e Han Solo! Após a conclusão, você desbloqueará uma “Mini-Campanha 2” que apesar de ser bastante curto, é interessante jogar com Iden Versio 3 décadas depois e com direito a controlar com Kylo Ren!

Variedade no Multiplayer

Além de trazer os modos básicos de um TPS/FPS. Battlefront II impressiona com sua vasta variedade de modos. Podendo jogar guerras com naves, guerras com naves de heróis e vilões, combate corpo a corpo de heróis e vilões, X1, Supremacia da Capital que é um modo extremamente longo e com 40 jogadores e muito mais. Enjoativo é uma palavra que não se adequa a este game.

Microtransações removidas

Sim, no começo eles apenas haviam “reduzido” o preço e a dificuldade para conseguir as coisas. Mas hoje em dia, quase TUDO está desbloqueado pra você. Todos os heróis, todas as cartas (As cartas agora você desbloqueia com nível da sua classe), todas as naves, etc. A única coisa que não é desbloqueado são as vestimentas dos heróis e vilões, para consegui-las, é necessário arrecadar créditos (a moeda do jogo), mas fique tranquilo. Essas moedas você consegue 500 todos os dias, ganha completando desafios diários, passando de nível e pontuando bastante nas partidas. Eu não vou dizer “Olha como a EA foi legal, nos deram tudo” pois é óbvio que fizeram isso pra conseguir manter o contrato de Star Wars com a Disney após tanta pressão. Mas de qualquer forma, saímos no lucro.

Comprometimento da Desenvolvedora

Ao contrário de muitos jogos que “flopam” e a desenvolvedora simplesmente desiste do game. Battlefront II é um exemplo de comprometimento. A empresa continua até hoje atualizando MUITO BEM o game. Trazendo novos modos, mapas e vestimentas. Fora os Nurfs e Buffs. Isso obviamente fez com que uma boa quantidade de jogadores ainda joguem esse game e não o larguem no mesmo ano que lançou, como aconteceu com o primeiro Battlefront. Você ainda encontra MUITAS salas cheias em quase todos os modos.

PONTOS NEGATIVOS

Dublagem

Já vou logo começando pelo pior problema. A dublagem é horrorosa. Existe apenas UM personagem em todo o game que é dublado pelo mesmo dos filmes, no caso, a Rey. Agora, todos os outros são umas vozes sem sentido algum e que não conseguem capturar a emoção da frase de um personagem. Por exemplo: Cada herói e vilão tem 4 emotes, no qual, eles falam frases icônicas da franquia. Uma das frases de Obi-Wan Kenobi é: “A melhor defesa, é um ataque rápido e decisivo.” É uma frase ótima, mas a voz que colocaram nele não consegue capturar a “intensidade” na hora de falar. Parece que ele simplesmente está lendo o script. Já me perguntei diversas vezes “Qual a dificuldade da EA chamar a empresa que dubla os filmes?”.

BUGs

Apesar de não acontecer com frequência (Pelo menos comigo) os BUGs são tensos! Já aconteceu de iniciar uma fase da campanha e meu personagem simplesmente atravessar o chão e cair no infinito. Ou, eu apertar o gatilho do controle pra atacar com o Sabre de Luz e isso fazer com que meu personagem entre na parede. Também já aconteceu de eu entrar em uma partida online, o jogo carregar e a tela fica toda preta e os sons bugam.

RESUMO

Battlefront II apesar de todos os erros que cometeu, provou que é um excelente jogo de tiro online e também, uma excelente campanha. Quem gosta do universo maravilhoso de Star Wars, com certeza vai gostar desse game.

Vale lembrar que esse game está disponível no EA Access e Origins Access (Agora, EA Access está disponível no PlayStation 4). Mas caso queira comprar, na loja no PlayStation está sendo vendido a menos de 40 reais. Aproveite!