Oi oi pessoal, hoje a review é sobre um dos jogos favoritos da minha vida Stardew Valley. Já falei sobre ele resumidamente em um outro post no TG. Porém decidi fazer uma review detalhada sobre essa dose de alegria em forma de jogo.

stardew-valley-review-teoria-geek
Ficha Técnica
Desenvolvido por: ConcernedApe
Publicado por: ConcernedApe
Gênero: Indie, Simulação, RPG
Série: Stardew Valley
Lançamento: 26 de Fevereiro de 2016
Classificação indicativa: 12 anos
Modos: Um jogador, Cooperativo Online, Cooperativo local e Cooperativo em tela dividida/compartilhada
Disponível para: Microsoft Windows, macOS, Linux, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, iOS e Android

 

No dia da morte do seu avô, ele entrega um envelope à você, porém ele pede que você abra a carta somente quando seu estresse e cansaço chegarem ao seu limite.

Então, 20 anos depois, cansado da vida na cidade grande, você parte em direção a terra que foi deixada de herança, para que possa dar início a uma nova vida.

Acima de tudo, será que você vai aprender a viver da terra, e então transformar essa  fazenda em um próspero lar?

stardew-valley-review-teoria-geek

O início de Stardew Valley

Motivado pelo fato de não ter conseguido encontrar um substituto satisfatório para Harvest Moon, Eric Barone começou a criar um jogo semelhante à série em 2012, afirmando que sua intenção era de apenas “resolver os problemas que teve“. 

Durante o processo de criação também houve inspiração de outros jogos, como Minecraft e Terraria. Ele desenvolveu o título sozinho, refazendo-o várias vezes. 

Porém em abril de 2015, Barone anunciou que lançaria o jogo apenas quando achasse que o título estivesse de fato completo. Isto porque não pretendia usar o programa de acesso antecipado da Steam. 

Finalmente Stardew Valley foi lançado em 26 de fevereiro de 2016 para Windows, e vendeu mais de 400.000 cópias na Steam em duas semanas, e por consequência mais de um milhão de cópias em dois meses.

review-game-indie-teoria-geek

História & Jogabilidade

Inicialmente criamos o personagem, que se torna o novo proprietário da terra a qual pertencia ao seu avô, na pequena cidade chamada Vila dos Pelicanos.

Além de uma customização bem ampla do personagem, é possível escolher entre vários tipos de mapas para a fazenda, cada qual com sua vantagem e desvantagem.

review-game-indie-teoria-geek

Como resultado da morte do avô, o terreno da fazenda é invadido por pedras e ervas daninhas. E o jogador a princípio deve trabalhar para limpar o terreno para que assim possa começar a plantação.

Contudo não apenas de plantação sua fazenda viverá, também é possível pescar, cozinhar, criar itens, ir até a mina ou ainda realizar várias missões para ganhar dinheiro adicional.

Assim como em alguns outros jogos, em Stardew Valley não há um modo único de jogar, você decide o que quer fazer. Seja apenas plantar, criar animais, viver da pesca ou minerando.

Porém chegará um momento no qual você terá que decidir se ajudará na reconstrução do Centro Comunitário ou se filiará à Corporação Joja.

Cada um dos caminhos impactará de maneira diferente na história da Vila.

stardew-valley-review-teoria-geek

Estações 

O jogo usa um sistema bem simples, cada ano é formado por quatro meses de 28 dias, e  cada mês representa uma estação, interferindo em diversos fatores do jogo.

Cada estação além de sementes únicas do mês, também conta com eventos que só acontecerão em datas típicas. Como o Festival da Estrela Polar, que ocorre todo inverno, imitando o Natal.

No decorrer do jogo, é possível restaurar uma estufa, que permite plantar qualquer semente, independente da estação. 

NPCs

Depois de se mudar para a Vila dos Pelicanos, você pode interagir com os moradores, criando uma amizade que será útil para o nosso personagem.

Todos na vila possuem uma data de aniversário, e entregar presentes para eles neste dia dá um bônus de amizade. 

Além disso, é possível que você tenha um relacionamento amoroso. Sendo seis personagens femininas e seis personagens masculinos.

review-game-indie-teoria-geek

Pontos Positivos e Pontos Negativos

  • O jogo está todo traduzido para o português;
  • Os controles são bem básicos, ou seja é bem simples de aprender;
  • Existe a facilidade de duas pessoas jogarem dividindo a tela no mesmo computador;
  • Cada mês possui eventos típicos, entretanto todos os anos tem a mesma sequência de evento;
  • A trilha sonora é incrível, porém pode se tornar cansativa após várias horas seguidas de jogo.

 

Stardew Valley: Vale a pena?

Em conclusão, se você é um fã de jogos de fazendas, com certeza esse é um título que você precisa adquirir. Pois mesmo após muitas horas de gameplay, você não enjoa ~eu tenho mais de 500 rs~. Portanto Stardew Valley vale muito a pena de você jogar!

Gosta de ler sobre games? Então confira a Review do Jogo Medieval Dynasty clicando aqui.