O novo RPG de Ação da Bandai NamcoScarlet Nexus – irá emaranhar os jogadores em uma história repleta de reviravoltas e batalhas empolgantes.

Scarlet Nexus
Ficha Técnica
Desenvolvido por: BANDAI NAMCO Entertainment
Publicado por: BANDAI NAMCO Entertainment
Gênero: RPG de Ação
Série: Scarlet Nexus
Lançamento: 25 de junho de 2021
Classificação indicativa: 14 anos
Modos: 1 Jogador
Disponível para: PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X e PC

 

Sempre fui fã de RPG de ação e quando vi o anúncio do Scarlet Nexus, já fiquei de olho. Afinal, nada como uma IP nova para você se aventurar e deliciar por horas a fio. E põe horas nisso viu? Gastei 40 horas de jogo com apenas um personagem (Kasane), e ainda falta jogar a campanha novamente com a perspectiva do outro (Yuito).

Confesso que me viciei em Scarlet Nexus, mas ele não é um jogo para todos os públicos. É necessário gostar realmente da história, pois entre mensagens de texto, cenas e mais textos, se você não se cativar com a história, pode acabar ficando entediado. Uma boa dica é ficar de olho no perfil dos personagens antes de escolher a primeira rota. Escolha um com a personalidade que mais seja parecida com você, dessa forma existe mais chances de você se sentir representado e se conectar com o protagonista.

Scarnet Nexus, Yuito Sumeragi ou Kasane Randall?
Yuito Sumeragi ou Kasane Randall? (Foto/Reprodução: Ígara Ferreira)

Kasane ou Yuito?

Logo que iniciamos a campanha, devemos escolher entre dois personagens e aqui as coisas ficam interessantes. Apesar de compartilharem os mesmos poderes, existe grandes diferenças entre os dois. A começar pela personalidade. Enquanto Kasane é uma pessoa mais fechada, Yuito é mais alegre e socializável. Parte dessas diferenças se dão graças a suas origens que são bem distintas.

Portanto você já deve ter percebido que aqui não temos uma escolha de gênero na qual a história será a mesma. Pelo contrário, em Scarlet Nexus os personagens coexistem. Logo se eles estiverem juntos, praticamente nada muda, mas quando estão separados, temos pontos de vista únicos. Sendo necessário completar as duas campanhas para ficar a par de tudo o que aconteceu.

Scarlet Nexus

A Trama

Utilizando uma paisagem japonesa futurista baseada em animes clássicos, estamos num mundo onde um hormônio psiônico foi descoberto no cérebro humano. Esse hormônio é capaz de proporcionar poderes extra-sensoriais a determinadas pessoas. Os “poderosos” mais talentosos são então escolhidos (ou se voluntariam) para participar de uma força de combate contra criaturas sedentas por cérebro. E não estamos falando de zumbis!

As criaturas caem do céu, através de uma massa misteriosa que circunda o planeta. É tarefa então da Força de Supressão de Criaturas (FSC) manter as criaturas longe da civilização. A história se inicia com os protagonistas entrando para esse exército e se tornando membros da força, cada um com seus motivos. Mas não se apegue muito a essa sinopse, a trama é muito complexa e vai te surpreender positivamente.

Mergulhe em uma complexa história de laços, coragem e heroísmo criada pelas mentes por trás do icônico Tales of Vesperia

Scarlet Nexus: Mangá ou Anime?

Uma das minhas críticas está na forma que a história é apresentada. Na maior parte da campanha, a história lembra um mangá durante as conversações. Bastante bonito e colorido claro, mas um pouco desanimador. Basicamente uma cena aparece na tela, e algumas caixas se abrem mostrando o personagem que está falando. Existem cinemáticas belíssimas, e é por isso que o contraste incomoda tanto. Se existissem mais cenas na interação com os personagens, acredito que uma maior quantidade de pessoas poderia se apaixonar pela obra.

Scarlet Nexus

Diversos Personagens

Apesar dos protagonistas receberem a maior parte da atenção, é interessante a forma que o jogo nos apresenta diversos personagens e nos dá a oportunidade de conhecê-los melhor. Após cada uma das missões principais, nos encaminhamos pra um episódio de interlúdio. Nesse ponto nos encontramos num esconderijo, com um espaço pessoal para cada um e algumas zonas compartilhadas.

Basicamente tanto Yuito, quanto Kasane, possuem um grupo de quatro amigos fiéis, e durante os episódios de interlúdio podemos estar os conhecendo melhor e fortalecendo a amizade. É possível presenteá-los e dessa forma ir decorando os espaços pessoais, assim como estabelecer conversas que agregam não só a história, mas que ajudam a melhorar alguns atributos na hora dos combates. Nesses episódios também podemos explorar livremente os mapas, seja para coletar matéria prima para trocar por presentes ou completar missões secundárias.

Scarlet Nexus - Poderes

Nossas Habilidades

Como se trata de hack and slash obviamente os confrontos são cheios de adrenalina. Some isso a uma mecânica de combate extremamente rica e você vai adorar descobrir como melhor eliminar seu oponente. Além dos ataques de armas normais, existem diversos elementos extras que vão liberando ao longo da campanha. Seja através da história, do seu mapa mental ou do fortalecimento da amizade com sua equipe, sempre tem algo novo a explorar. O mapa mental é a sua árvore de habilidades que pode ser aprimorada sempre que passamos de nível.

Durante a ação, você vai poder utilizar ataques corpo a corpo e também seus poderes psiônicos. O poder dos protagonistas permite manusear objetos sólidos, dessa forma qualquer elemento no cenário pode ser arremessado no seu oponente e ainda existem objetos especiais que provocam danos interativos. Você pode jogar um trem sobre inimigos que estão no trilho ou transformar uma luminária em um peão para colidir contra as criaturas, por exemplo.

Habilidades Compartilhadas

É possível utilizar os poderes de seus amigos também! No desenrolar da batalha por curtos períodos de tempo, é possível incorporar os poderes de aliados e utilizá-los a seu favor. Meus favoritos são o Shiden com sua eletricidade e a Arashi com a hipervelocidade. Quanto maior for sua amizade com seus colegas, mais tempo os poderes duram e eles também irão se meter na batalha com outras interações a seu favor.

Existem também o foco cerebral e o campo cerebral. No foco cerebral alcançamos um estado de batalha onde nossos poderes são potencializados. Enquanto o campo cerebral nos permite obter vantagens ainda melhores, pois transportamos os adversários para um lugar onde somos praticamente deuses de batalha. Porém esse último pode nos deixar loucos se não desativarmos antes de o cronômetro que aparece na tela zerar.

As Criaturas

Existem diversos inimigos para estar enriquecendo as batalhas em Scarlet Nexus. Eles variam de tamanho e periculosidade. Explicar a aparência das criaturas é complicado, pois lembram algo abstrato. Mas cada uma é peculiar e pode ser derrotada de duas formas, retirando completamente a sua vida ou eliminando toda a sua resistência. Quando a resistência acaba, o inimigo fica atordoado e é possível realizar um ataque de supressãoesse ataque é divertido, pois abre uma cinemática específica para eliminar aquele oponente.

Apesar de muitos inimigos serem compartilhados entre os dois personagens principais, existem alguns específicos para cada um. Uma curiosidade, o jogo possui legendas em Português do Brasil e por ela os inimigos foram chamados de criaturas, mas em inglês são chamadas de “Anothers”, algo como “Os outros”.

A Parte Técnica

Se por um lado você se apaixona pela qualidade do enredo e da trilha sonora, pelo outro você terá queixas no quesito gráfico. É claro que os personagens e criaturas são um show a parte, inclusive na fluidez, mas os ambientes em Scarlet Nexus decepcionam. A diferença na qualidade de criação de um personagem e de um ambiente é sem exageros, absurda.

Os ambientes são bem “secos”, não existe muita decoração ou algo que dê vida. O mesmo acontece com os objetos, por mais que existam automóveis, e caixas para serem lançadas, faltou uma maior atenção aos detalhes. Você pode ver qualidade na água e até nos vapores pelo ar, mas olha pro chão e não existe muito capricho ali também.

No entanto se tem algo que ficou em evidência é a performance do jogo. Quando você troca de cidade ou carrega o seu save, geralmente aparecem aquelas telas de carregamento com algumas dicas. É até engraçado! Pois é impossível ler uma dica por completo, tamanha a rapidez.

Scarlet Nexus: Vale a pena?

Absolutamente! Mesmo com alguns problemas no percurso, torço para uma sequência acontecer. A história e gameplay são viciantes, e o fator replay é alto já que existe um segundo personagem com toda uma nova perspectiva – inclusive vou terminar essa review e continuarei jogando. Scarlet Nexus também possui um campo enorme de personalização, com lojas e checkpoints distribuídos por todos os mapas que permitem a você não só melhorar armas, como também modificar seu visual com acessórios e outros trajes prolongando ainda mais essa aventura.

A Bandai Namco também anunciou o anime de Scarlet Nexus que teve seus dois primeiros episódios liberados pela FUNIMATION. Contudo se você não é assinante, pode assistir a pré-estreia especial pelo Youtube com o primeiro e segundo episódios legendados em nosso idioma. É uma boa oportunidade tanto para aqueles que pensam em adquirir o jogo tomarem uma decisão, como também um ótimo presente para quem já se apaixonou pelos membros da FSC. E você, já se emaranhou nos fios dessa aventura?

 


*Cópia de imprensa disponibilizada gratuitamente para PlayStation 5 pela Bandai Namco para a elaboração desta análise*