Desenvolvido por: The Coalition
Publicado por: Xbox Game Studios
Série: Gears of War
Lançamento: 10 de setembro de 2019
Gênero: Tiro em terceira pessoa
Modos: Single Player  e Multiplayer

Gears of War faz parte dos jogos considerados a Santíssima Trindade do Xbox, então é normal o Gears 5 ser é um dos jogos mais aguardados do ano e ter causado uma certa euforia no seu lançamento.

O game foi lançado no dia 10 de setembro, porem quem adquiriu a sua versão ultimate ou é assinante do Xbox game pass ultimate teve o acesso ao jogo no dia 6 de setembro. A euforia foi tanta que muitos fãs não aguentaram mais a espera, mesmo com o early access e  mudaram a região do console para Nova Zelândia, que liberou o game no dia 5 de setembro.

Infelizmente como todo lançamento nos últimos anos alguns bugs foram encontrados, contudo a The Coalition se mostrou sempre de prontidão trabalhando para resolver os problemas apresentados e sempre dando feedback aos players.

Mesmo com problemas, o game mostra para que veio, dando proporcionando uma experiencia épica para todos os fãs, seja com sua campanha ou com seus modos multiplayer. Gears 5 é um jogo completo que atende aos mais variados gosto.

Jogabilidade :

Logo quando se inicia o game, o jogador passa por um bootcamp onde se aprende toda a mecânica de covers, de recargas, excursões e movimentação no geral. Há a opção de repetir todo o tutorial ou apenas parte dele até o jogador se sentir seguro.

A movimentação do Gears 5 está mais fluida que o seu anterior, para aqueles gostam de um pvp frenético, essa fluidez irá fazer grandes diferenças na hora de ir cair matando nos adversários, deixando as batalhas muito mais intensas e mais rápidas.

Os controles de algumas funções sofreram algumas alterações, como por exemplo, onde agora para se fazer a clássica serrada nos adversários ou simplesmente para serrar objetos passou a ser no botão RB junto com a recarga e o botão para se fazer uma execução passou a ser o B junto com a opção de chute ou facada, confesso que não gostei muito da mudança, principalmente porque em algumas situações como fazer alguma execução me fez terminar errado e dando apenas um chute no inimigo.

Para quem não gostar dessas mudanças há a possibilidade de re-mapear todo o controle e deixar do modo que se adapte melhor ao seu estilo de jogo. Gears 5 ainda é completamente acessível para jogadores com deficiência e terminou recebendo nota máxima para acessibilidade para surdos.

Novas mecânicas bastante interessante foram adicionadas ao game, que terminam se misturando com alguns elementos de RPG. Como a opção de seguir algumas missões secundarias, encontrar aprimoramentos e upar algumas habilidades do drone Jack.

A possibilidade de se jogar com o drone durante a campanha e no modo horda é uma outra novidade. Na campanha do Gears 5 é possível jogar até 3 jogadores, seja online ou local, onde duas pessoas irão assumir o controle de dois gears e o terceiro player irá jogar com o Jack, que em vários momentos deixa de ser apenas um robozinho para abrir portas.

Campanha e História:

Houve grandes mudança neste modo em comparação aos games anteriores da franquia, onde o jogo era basicamente linear, você avançava na história, enfrentava vários de inimigos, que já vinham vidrados atirando em você, inclusive tinha até pequenas “waves de horda” onde os jogadores tinham que construir fortificações e defender um ponto para conseguir prosseguir na campanha.

Com o Gears 5 isso foi completamente mudado, agora temos um mundo semiaberto, com missões secundarias, diversas áreas para se explorar enquanto está a caminho da missão principal. Com os mais diversos tipos de coletáveis para pegar, aprimoramentos para se fazer e armas relíquias para coletar, armas essas que vem com algum modificador, como por exemplo uma Hammerburst que vai aumentando a rajada de tiros ao longo do tempo que se vai atirando.

O drone agora tem muito mais funcionalidades e caso o jogador queira, há um leque de habilidades que ajudaram muito durante a progressão da campanha. Algumas dessas habilidades vão destravando ao decorrer da historias, outras cabe ao jogador ir atrás de peças e aprimoramentos encontrados nas missões secundarias para serem desbloqueadas.

Um outro ponto a ser comentado é o quão inteligente ficaram os inimigos que passam a utilizar capacetes, armaduras, granadas (além da já conhecida granada de fragmentação) e até um sistema de camuflagem.Temos agora uma grande variedade de tipos de inimigos, que utilizam as mais diversas armas e estrategias para tentar te eliminar. Temos alguns inimigos já conhecidos por muitos fãs de outros Gears, assim como alguns que só eram citados e mostrados nas HQs.

No decorrer da campanha, passamos também pelos mais diversos e deslumbrantes cenários e ambientes, como florestas, cidades, vilas, regiões completamente congeladas e regiões de puro deserto, e o mais interessando é utilizar uma espécie de bote para percorrer algumas dessas regiões, que proporciona momentos bem divertidos seja jogando sozinho ou com amigos. É interesse chegar na capital ou na vila e ver os estilos de vida daqueles que la vivem, ou passar por ruínas e ver como era a vida daquelas pessoas.

Para os recém-chegados no mundo do Gears of War, podem ficam tranquilos que na parte de extras do game, tem toda a história desse vasto universo resumida, mostrando os acontecimentos desde o primeiro jogo da franquia até o Gears of War 4.

A história do Gears 5 se passa logo semanas após os acontecimentos do Gears 4, e para aqueles que quiserem ficar por dentro de cada detalhe, ainda há o livro Gears of War Ascenção, que faz uma ponte direta entre o Gears 4 com o Gears 5. Porem se você não leu, você não irá encontrar problemas ao entender o que se está passando atualmente no game.

Inicialmente começamos controlando o JD e o esquadrão que se encerra no Gears 4, Dell, Kait e Marcus, porem após uma série de acontecimentos o papel de protagonista passa para a Kait que vai em busca de respostas aos constantes pesadelos que vem tenho e aos poucos lhe afetando durantes as missões.

A historia é bastante imersiva, nos faz querer devorar o game e descobrir logo o que está havendo com a Kait e como isso irá influenciar e mudar a vida de todos.

Durante a campanha juntando a história que é contada com os coletáveis que são encontrados, podemos saber alguns detalhes sobre a que fim levou alguns dos personagens antigos e podemos também reencontrar alguns velhos conhecidos. Novos personagens foram introduzidos trazendo sua grande contribuição para a formação e preenchimento de várias lacunas e incrementando mais o universo que foi criado para o Gears of War.

Multiplayer:

O multiplayer do Gears continua frenético e melhor como nunca,  há diversos modos de jogo para os mais variados tipos de players, que vai desde uma partida casual só com os amigos, ate o modo jogado nos campeonatos.

Ao total são 10 opções para serem escolhidas, entre elas o modo clássico de mata-mata, modo horda, que recebeu grandes melhorias e duas novidades que são os modos Arcade e Fuga.

Mesmo com alguns problemas de conexão, foi possível testar todos esses modos e dentre eles o que mais gostei foram o modo fuga, rei do pedaço e horda.

No modo Fuga, 3 jogadores têm que fugir de um gás solto dentro da colmeia, e em meio essa fuga, passar por diversos inimigos num mapa que é quase um labirinto e com quase zero de munição, então é importante ser ágil e andar, correr, sempre junto. Tem certo momento, dependendo da dificuldade que se joga, que bate um desespero pois a sua frente tem inúmeros inimigos pronto para te matar, e nas suas costas tem uma nuvem de gás destruindo tudo pela frente, e você tem que se virar com as armas que caem dos inimigos e o pouco de munição que encontra. Ainda existe a opção de criar o próprio mapa para jogar o escape ou jogar em mapas criado pela comunidade.

No novo modo de jogo, Arcade é um modo mais casual, para aqueles que estão iniciando no universo do Gears, é um modo rápido onde o único é objetivo é matar, quanto mais você mata, melhores armas você consegue adquirir e assim levar o seu time para a vitoria.

Quase Perfeito-

Gears 5 como um todo faz jus ao hyper e ao seu lugar na santíssima Trindade do Xbox, o game nos traz uma campanha diferente de tudo já visto na franquia, conseguindo inovar e manter os seus principais elementos de sucesso.

O  jogo está cheio de conteúdo para os mais diversos tipos de jogadores, temos uma campanha com história imersiva e cheia de detalhes que consegue prender a atenção e te fazer querer continuar o mais rápido possível para saber o que acontece depois e ao mesmo tempo te faz dar aquele estalo na cabeça e entender o que e porque aconteceram certas coisas nos games anteriores.

Cada capitulo no Gears 5 te faz sentir uma emoção diferente, uma hora você se sente triste por alguns fatos e logo no próximo capitulo você consegue ficar eufórico. A The Coalition conseguiu dar seguimento a história do game com tudo aquilo que os fãs esperam e merecem.

Apesar de ter tido um lançamento antecipado marcado por alguns bugs, o game consegue se superar e deixar sua marca, que com certeza ira ficar gravada na cabeça dos fãs e terá uma longa durabilidade por conta do seu grande leque de opções para o jogador que com certeza agradará os mais diversos tipos de players.

PRÓS: 

  • Muito contudo, seja campanha ou multiplayer
  • Campanha imersiva
  • Inovação sem perder a identidade

CONTRAS:

  • Falha nos servidores durante o lançamento, que ocasionou uma serie de bugs.
  • Desnecessário criação de lobby para se jogar a campanha sozinho.