Disco Elysium é um jogo de RPG de mundo aberto, com a perspectiva isométrica, no qual você assume o controle de um detetive alcoólatra com amnésia que deve investigar um crime. Uma edição expandia foi lançada e chamada de The Final Cut, incluindo uma série de melhorias e novas missões.

O game está disponível para PS4, PS5, PC, iOS e Stadia. Posteriormente também será lançado para Switch e Xbox Series X|S.

Final Cut -poster
Ficha Técnica
Desenvolvido por: ZA/UM
Publicado por: ZA/UM
Gênero: RPG
Série: Disco Elysium
Lançamento: 15 de outubro de 2019 / Final Cut: 30 de março de 2021
Classificação indicativa: 14 anos
Modos: Single-player
Disponível para: PS4, PS5, PC, iOS e Stadia

 

O jogo foi extremamente elogiado no ano de seu lançamento, aclamado pela crítica e muito bem reconhecido no The Game Awards de 2019, recebendo quatro prêmios, entre eles, Melhor estreia de um estúdio independente, Melhor Narrativa, Melhor RPG e Jogo Independente.

Escrito e projetado por Robert Kurvitz, que também fundou o estúdio ZA/UM, o jogo foi baseado nos moldes de um RPG de mesa. Buscou, com sucesso, revolucionar os jogos eletrônicos de RPG. Ele se beneficia de uma história bem construída e complexa dentro de um universo fictício, mas que expõe situações e problemas modernos reais, do uso de habilidades passivas que flertam com aptidões autenticas de um ser humano, além de uma gama de diálogos, escolhas e consequências maciças. Disco Elysium é realmente um jogo único, com muito humor, tragédia e texto. Muito texto.

Disco - Tela

A expansão The Final Cut conta com as seguintes melhorias:

    • Uma dublagem completa de todas as personagens;
    • Novas missões chamadas de missões de visão política, com mais personagens e conteúdo para continuar mergulhando nas implicações políticas do game;
    • Melhoria da jogabilidade com suporte ao controle, permitindo que jogue com sua configuração preferida.
    • E atualização grátis para todos os proprietários de Disco Elysium, podendo expandir a experiência com o novo conteúdo.

A mecânica do jogo


Ao iniciar o game, antes qualquer coisa, você precisa selecionar o seu arquétipo. Cada opção disponível possui uma característica predominante, de acordo com os pontos atribuídos as aptidões disponíveis. Você pode optar por três tipos pré-definidos, “Pensador”, “Sensível” ou “Físico”, mas também é possível criar seu próprio arquétipo com um número limitado de pontos. Essa é a primeira decisão, de muitas, que terá que fazer.

Disco - Selecionar Arquétipo

A escolha inicial irá impactar em algumas ações na história, no entanto, será possível obter mais pontos de habilidade ao ganhar experiência resolvendo missões e algumas tarefas. Na “Ficha do Personagem”, você poderá visualizar 24 aptidões na qual poderá atribuir os pontos de habilidade que for acumulando. Isso irá influenciar nos seus pensamentos, em novas aberturas de diálogos e na sorte em realizar algumas checagens. As checagens, que simula o jogar de dados em jogos de RPG tradicionais, pode permitir que você consiga alguma vantagem, seja em uma nova informação, algum item ou até executar uma pequena ação.

Disco - Ficha do Personagem

Terá acesso também ao “Inventário” onde visualiza os itens, ferramentas e roupas, sendo que cada peça de vestuário pode transmitir efeitos positivos e negativos em certas habilidades. E por último, ainda há o “Gabinete de Reflexão”, no qual poderá incorporar algumas ideologias ou traços de personalidade que podem também atribuir aumento em algumas habilidades.

Disco - Gabinete de Reflexão

As circunstâncias que o envolve


O jogo se passa na cidade fictícia de Revachol, que ainda está se recuperando de uma guerra revolucionária. Irá controlar um detetive que acorda em um quarto de hotel destruído, com ressaca e perda de memória devido ao álcool e drogas. Após explorar um pouco o local, você encontra o Tenente Kim Kitsuragi e é informado sobre homem enforcado no terreno atrás do hotel e que foram designados para investigar o crime.

Disco - Início da história

No desenrolar da investigação, o jogador passa a conhecer os moradores do distrito, a história da cidade, fatos da guerra e revolução, dos problemas políticos e dos conflitos locais envolvendo o sindicato dos estivadores e a corporação empregadora Wild Pines. Além de buscar pistas para solucionar o crime, uma série de tarefas e missões secundárias surgem e cabe a você decidir qual priorizar.

O jogo possui uma narrativa complexa e densa, tendo uma gigantesca árvore de diálogo com diversas camadas. E no plano de fundo do crime, confrontamos assuntos delicados como alcoolismo, drogas, violência doméstica, pobreza, depressão, racismo, extremismo, relações trabalhistas, corrupção, política, crises histórias e consequências da guerra.

Disco-Elysium - Igreja

É um RPG sem qualquer combate e quase sem ação, mas que abusa e se aprofunda nos problemas sociais, políticos, econômicos, ideológicos e territoriais presentes em seu enredo. E propositalmente, acaba dialogando com a realidade e com os desafios do mundo moderno em que vivemos.

Durante o jogo, nos vemos explorando o âmago do protagonista, que ao buscar por suas memórias perdidas e interagir com as demais personagens, ouvimos e lemos seus constantes questionamentos. Estes, na superfície, são repletos de ironias e humor e alguns chegam a ser ridículos, mas, na sombra do seu ser, estão repletos de dor, vergonha e fracassos. O game também nos provoca e quase nos obrigada a tomar partido de algum lado, frente aos diversos temas abordados.

Disco - Crime

Apesar de todo o conteúdo rico, o que encontramos no cerne do jogo é uma verdadeira investigação, digna dos melhores livros e filmes de detetive, cheia de dificuldades, pontas soltas, surpresas e reviravoltas. É extremamente divertido e satisfatório à medida que vamos descobrindo novas informações, ligando alguns pontos e chegando cada vez mais perto da verdade.

O que há de melhor?


  • O roteiro é magnífico, bem construído e rico. É realmente um livro que foi transformado em game;
  • A árvore de diálogos é enorme e existem diversas opções de escolha e oportunidades de posicionamento sobre os mais variados temas;
  • São inúmeros os personagens marcantes, carismáticos e muito bem desenvolvidos;

Disco - Personagem

  • Existem algumas escolhas importantes que possuem consequências definitivas e não podem ser alteradas. Esse aspecto é valioso, pois faz o jogador questionar suas decisões. E os diálogos que surgem na sequência dos atos provocam ainda mais a sensação de inalterabilidade e um pouco de inquietação;
  • A dublagem, mesmo em inglês, está fantástica. As personagens ganham vida e os atores que emprestam as vozes fizeram um trabalho excelente. Apesar de nenhuma ação ou movimento, é perceptível as sutilezas nos diálogos e a disposição, temperamento e humor de cada um;

  • O design do jogo é lindo. Enquanto estiver jogando, a borda do seu monitor ou televisão figurará como uma moldura para uma bela obra de arte. Os gráficos são como pinceladas de uma pintura, repletos de caos e sentimento;

Disco - Detetive

  • A trilha sonora ficou por conta da banda British Sea Power e combina com o jogo. Tenta refletir o estado de espírito do local e das personagens. O ponto alto é quando escuta um rock triste e lento durante uma travessia em um barco, mas é preciso dizer que após muitas horas de jogatina, as melodias começam a ficar repetitivas e cansativas.

O que pode melhorar


  • Os loadings são terrivelmente demorados. E se for jogar em consoles da geração passada, se prepare para destinar um tempo maior vendo uma paisagem contendo alguma dica, enquanto espera o carregamento. Para cada área que precisa acessar, você “desfrutará” de longos segundos de ócio;

Disco - Tela de Loading

  • Existem ainda muitos bugs. Seja no áudio da dublagem, quando simplesmente não ouvimos a voz durante o diálogo e até em momentos que o jogo trava e reinicia sem qualquer razão. Apesar da desenvolvedora já ter lançado alguns patchs de atualização, mesmo após 1 mês do lançamento do The Final Cut, ainda existem problemas.
  • O tamanho da fonte nos textos deveria ser maior ou poderia existir mais opções de ajuste para esse item. Por ser um jogo feito quase 100% de diálogos escritos, não custava nada aprimorar essa condição.

Recomendações


Mesmo sendo um verdadeiro RPG, o jogo não é para todos. Existe muito texto e quase nenhuma ação. Se o jogador for amante da leitura e ainda gostar de conhecer com  profundidade o enredo fictício do game, será um “prato cheiro”. Porém, se procurar apenas ação e fluidez, é bem possível que fique frustrado e poderá se pegar passando diálogos a esmo ou até desistindo do game.

Como foi dito, o roteiro é denso e o jogo acaba se aprofundando demais nas questões políticas, econômicas e ideológicas. Haverá um mar de diálogos contextualizando toda a história do local e para o jogador mais objetivo que deseja focar apenas na missão principal, isso se torna um pouco inútil.

Disco - Praça

O ritmo do jogo é lento. O início proporciona algo novo e um momento de descoberta para o jogador, mas no desenrolar do gameplay perceberá um progresso lento. Somente no final as circunstâncias começam a ficar mais dinâmicas.

Se for possível contribuir para uma experiência mais proveitosa, recomendaria ler a descrição das habilidades para tentar focar no que pode facilitar à vida durante o jogo. Também posso sugerir que compre remédios e deixe em estoque para recuperar a saúde e moral, pois certamente tomará algumas decisões que irão reduzir pontos nesses quesitos. E por último, existe a opção de usar rebites que encontra pelo caminho e que ficam disponíveis no inventário, pois mesmo diminuindo pontos de moral, permite encontrar itens (incluindo dinheiro) e acessar alguns pensamentos e pontos da área que não ficam disponíveis normalmente.

https://youtu.be/I4lANeHB8cE

 

Disco Elysium: Vale a pena?


É realmente uma experiência diferente e única jogar Disco Elysium. O ritmo do jogo provoca uma mistura de sensações, pois você pode começar empolgado, ficar um pouco entediado com muita leitura e lentidão no desenrolar da história, mas certamente se surpreenderá no arco final, diante de tantas reviravoltas.

Nota-se um brilhante roteiro e a construção de RPG sem igual, com um possível tédio devido ao ritmo empregado, mas com garantia de toda a liberdade de escolha e satisfação no progresso da investigação. E além de conter referências aos problemas modernos e à vida mundana e cheia de vícios, consegue proporcionar, quase ao mesmo tempo, aspectos cômicos e trágicos ao jogador.

Disco Elysium é um jogo denso, divertido, inteligente, fascinante e original. Os pequenos problemas que existem não ofuscam em nada a obra. É um game fantástico, mas lamento dizer que não é para todos.