Estes dias passei jogando Guitar Hero Live (PS4), Demon Gaze (Vita) e Final Fantasy XV (PS4). – Acabei ficando com muita vontade de trazer algum conteúdo pra vocês de Guitar Hero Live (futuramente irei trazer do Demon Gaze, também). – Bem, o Guitar Hero fez parte da minha vida, como de milhares de outras pessoas. É impressionante seu choque nas nossas vidas (de quem jogou, é claro), mostrando que os games podem influenciar e muito nelas. Então, sabendo disso, estou trazendo uma REVIEW de seu título mais recente. – Não pensem que irei passar a mão na cabeça desse jogo por questões de nostalgia – ai ai ai spoilers, hahahahaha.

INFORMAÇÕES GERAIS

Desenvolvedora(s): FreeStyleGames (DJ Hero 1 e 2), Sing Party, Call of Duty Ghost, Call of Duty Infinite Warfare esse tem o melhor modo zumbi da atual geração e entre outros jogos. – Vou ser sincero, nunca joguei os DJ Hero da vida, hehe.

Publicadora(s):  ACTIVISION – Tragam um Tonninho Falcão decente, nunca lhe pedi nada!

Plataforma(s): Playstation 3, Playstation 4, Wii U, Xbox 360, Xbox One, iOS – E eu nem sabia que tinha, hahaha.

Gênero(s): Musical

Modos de jogo: Singleplayer e Multiplayer (o MP desse jogo é tanto off-line quanto on-line) – Ah, outra coisa: se você tiver o microfone dos Guitar Hero anteriores, ele funciona no Live, ou um Headset, também.

 

JOGABILIDADE

Essa obra mais recente da série traz uma jogabilidade diferente sem perder a essência. Agora, temos 6 botões ao invés de 5, 2 linhas e 3 colunas, colocarei uma imagem para facilitar a explicación (significa compartilhar a Review e o site com os abiguinhos).

 

Agora Temos 6 Botões ao invés de 5 

 

 

Vamos lá! Temos 6 botões nas posições 3×2. Esse título (da série) torna a brincadeira de ser um Guitarrista mais real. – Particularmente, achei mais confortável jogar nessa guitarra que nas anteriores. – Os botões são mais destacáveis também, você sente rapidamente se está com o dedo em cima de uma nota “preta” ou “branca” mas nem tudo são flores – a parte onde ocorre a palhetada não passa segurança e tem que manter cuidado. – Mas que droga, como vou ficar prestando atenção nisso no meio do jogo? – Pois é…

Tirando esse botões, mencionados anteriormente, também temos um botão “Home”, “Hero Power”, para navegar no menu do game, acessar o GHTV – falo mais tarde sobre esse modo – e a Alavanca.

 

Linda, não? hahaha – Chega com a(o) namorada(o) e fala: você é tão linda(o) como uma guitarra do Guitar Hero Live – é sucesso, pode apostar, hehe.

Guitar Hero Live (é o nome da campanha, galera): Esse modo é bem interessante: você joga na pele de um membro da banda na visão em primeira pessoa, deixando a perspectiva mais imersiva (é o como se tivesse uma GoPro na cabeça do sujeito)  – na moral, deve ter, não é possível! Em cada show que fazemos, tocamos com uma banda diferente: temos banda de Rock, Metal, Indie, Alternativo e POP.

Outra coisa que devo mencionar é que temos duas gravações para cada música: uma para quando acertamos as notas – a plateia te ama, gritam que você é fo*** – mas, quando erramos (hahaha) – a plateia zoa e seus companheiros de banda, te olham torto ou falam alguma coisa demonstrando reprovação da sua atuação em palco. Simplesmente, fantástica essa idéia!

Infelizmente, a setlist desse jogo deixa a desejar. Quiseram colocar 5 ritmos distintos e, por conta disso, várias músicas estavam lá só para encher linguiça. Um exemplo? Que tal tocarmos Skrillex (hahaha pois é, tem). – Poderiam ter focado em 3 ritmos assim teríamos uma setlist mais elaborada – Entro nesse assunto de setlist quando for falar do modo on-line.

                                              É possível jogar com duas guitarras  🙂 

 

Guitar Hero TV ou GHTV(modo on-line dessa bagaça): Bom, esse modo tocamos vendo o videoclipe –na moral, achei bem interessante essa idéia, me lembrou o Dance Paradise por sinal, não que isso seja ruim, até porque curti mais essa idéia no GHTV memo  o videoclipe fica rolando de fundo enquanto tocamos as notas, irei falar do menu com suas respectivas opções.

 

Então esse é o menu do GHTV, irei falar sobre cada opção e um pouco mais depois.

  • MUSIC: Nesse modo escolhemos as músicas que gostaríamos de tocar porém para tal ação precisamos de “PLAYS” – é tipo uma ficha  cada música escolhida é usado um PLAY, mas como conseguimos PLAYS devem estar se perguntando,  bom meu padawan, você pode adquirir entrando diariamente – se ganha 5 por dia  jogando no modo CHANNELS – falo desse modo daqui a pouco  lá irá se adquirir dinheiro e com o dinheiro que ganhaste pode-se gastar com diversos conteúdos, um deles é o PLAY, também era – isso, não é mais puçivi  possível comprar PLAYS com dinheiro real – esse jogo é da EA? as músicas são divididas por algumas categorias, como gênero, ano – 80,90,00 por exemplo  favoritas – é onde se encontram suas músicas selecionadas, serve para encontrar rápido ao invés de ficar procurando em cada uma por seus gêneros.

 

Cada música tocada tem um ranking, na hora do “Let’s Rock”, disputamos com outros 9 jogadores, no final de cada performance, ganhamos XP e Bunfunfa.

 

  • CHANNELS: Os canais são os locais onde se ganham dinheiro, XP – já falo  e onde tocasse sem precisar usar PLAYS porém não escolhemos as músicas, só os canais, que são dois por sinal, diferente do “MUSIC“, aqui não podemos escolhes as músicas, temos dois canais com programações que variam de 30 min, o primeiro canal é mais focado em ROCK e METAL, e o segundo, seria Indie, Alternativo e POP, aliás, ambos “CHANNELS” E “MUSIC” são possíveis de adquirir XP e dinheiro.

 

Temos dois canais – tipo de televisão  onde suas programações mudam de 30min, o primeiro canal é mais focado em ROCK e METAL, e o segundo, seria Indie, Alternativo e POP

 

  • MY GHTV: Aqui vemos nosso perfil, nele vemos nosso nível(HERO STATUS), nossa guitarra ou MY SETUP, nessa opção temos 3 janelas, sendo a primeira para ver ou trocar seu braço(HIGHWAYS), a segunda é HERO POWER PACK, nela compramos mais HERO POWER – irei abreviar com HP, bilieza? –  só o primeiro HP é infinito, já os demais tens que comprar mas antes disso, é preciso liberar, e se libera ganhando nível de jogador, e por final, o nível da guitarra, podemos upar ela com dinheiro, pode ser com o dinheiro do jogo mesmo, upamos seu multiplicador, a velocidade que aumenta esse multiplicador, aumento de ponto de cada nota acertada e a quantidade de HP que podemos usar, e PLAYER CARDS, nele customizamos nosso cartão de jogador trocando por outros que já temos, adquirimos esses cartões comprando no STORE – irei falar a respeito depois.

                                               No MY GHTV vemos nosso perfil 

 

  • GHTV PREMIUM: Esse modo está fechado atualmente ou o Modo GHTV já esteja por inteiro dependendo de quando você esteja – de novo hahaha  lendo esse texto mas nele comprávamos pacotes com dinheiro real, por exemplo, jogar o dia inteiro sem precisar gastar um PLAY se quer.

 

  • STORE: Assim como o GHTV PREMIUM, esse modo também está fechado – zoando, ainda está de pé, ou não né hahahaha –  aqui compramos os nossos HIGHWAYS, PLAYER CARDS, PLAYS e por aê vai

 

  • QUIT: Seria para voltar ao menu principal.

 

OBS: Para quem curte pegar troféu/conquista no menu principal, indo em opções podemos ver o progresso da obtenção dos(as) nossos(as) troféus/conquistas.

 

Conclusão

Primeiramente, não irei dar uma nota para o jogo – até porque não sou professor hehe porque não “trabalho” assim, estou apresentando o jogo com o que ele oferece e dou minha opinião – se é que isso vale para alguém  em certas partes, bom, esse foi o GH mais fraco que joguei por conta de algumas situações, ele tem um defeito bem chato, o jogo pode crashar e com isso corromper seu save – joguei na versão do PS4 galerinha  o modo carreira tem uma idéia que na moral, eu amei porém sua setlist deixa muita a desejar até porque esse modo será o único disponível a partir de Dezembro de 2018 pois a função on-line(GHTV) será descontinuado, com isso, perderemos mais de 80% de suas músicas, que é uma grande perda, seu modo on-line é bem legal mas peca em suas microtransações, Guitar Hero Live podia ter sido muito maior mas não foi dessa vez, parece que demorará para termos um novo Guitar Hero ou quem sabe, não teremos mais, difícil dizer mas acredito que a ACTIVISION não deixará uma franquia que já lhe rendeu muito dinheiro assim, pois bem, se você ainda está interessado nesse jogo, recomendo pegar por menos de R$100, como disse, em Dezembro, ele só terá o modo campanha para se jogar. Por favor, se for possível, compartilhem essa Review com seus(as) abiguinhos(as), criticas e sugestões é só comentar ou entrar em contato, isso ajudará demais no meu crescimento e com isso a qualidade do site  😉  

 

~Brunini