The Perfection é um filme de suspense psicológico que vai muito além das aparências.

Ficha Técnica

Título original: The Perfection.

Gênero: Drama, terror, suspense.

Produção: 2018.

Lançamento: 2019.

Pais: Estados Unidos.

Duração: 90 minutos.

Roteiro: Eric C. Charmelo, Richard Shepard, Nicole Snyder.

Direção: Richard Shepard.

SINOPSE

Uma mulher que costumava ser considerada um prodígio do violoncelo passa a perseguir seu mentor e a nova pupila que é o centro de suas atenções, deixando sua busca por perfeição tomar um rumo sinistro.

O novo filme da Netflix coloca Allison Williams ( CORRA! ) no papel de Charlotte, um prodígio musical que precisou abandonar uma carreira promissora na prestigiada academia Bachoff para cuidar da mãe doente. Dez anos depois ela retorna à academia, que continua sendo dirigida com mão de ferro pelo casal Anton e Paloma (Steven Weber e Alaina Huffman), mas agora tem uma nova estrela: a carismática Lizzie (Logan Browning), tão talentosa quanto Charlotte foi no passado. A amizade entre as duas não demora para se transformar em atração. E as consequências desse relacionamento serão perturbadoras.

A direção é de Richard Shepard, realizador de filmes como A Caçada e O Matador. Ele divide sua obra em quatro capítulos, cada um com sua própria mistura de estilos. The Perfection é um filme inquietante, muito bom. Há sempre alguma coisa interessante acontecendo, e a sensação de progressão é constante. O diretor consegue brincar com o telespetador, sempre puxando seu tapete ao achar que a trama vai seguir de uma forma, assim seguindo um outro caminho e assim surpreendendo o mesmo.

Como falei o roteiro reserva algumas reviravoltas que deixam a trama cada vez mais imprevisível. Uma delas foi estragada pelo trailer (se você ainda não viu o trailer, não veja). A cada surpresa, o filme é literalmente rebobinado para que possamos acompanhar os eventos sob a perspectiva de outro personagem, e isso muda tudo que pensávamos saber. Mas o roteiro sabe exatamente onde quer chegar, e tal mecanismo funciona perfeitamente.

As atuações de Allison e Logan merecem destaque. Allison interpreta bem todas as facetas de Charlotte, desde a apatia até o desespero, cinismo e força. Logan por sua vez, nos mostra uma Lizzie perdida, fragilizada, mas que encontra sua força no decorrer da trama.

A trilha sonora do longa, formada em diversos momentos por um violoncelo nervoso, que aumenta a tensão, funciona perfeitamente, sempre deixando o Telespetador apreensivo.

The Perfection é um suspense manipulador e, em alguns momentos – propositalmente – desconfortante. O roteiro, além de imprevisível, sabe como construir as suas reviravoltas de maneira coerente, no entanto, sofre um pouco com as constantes mudanças de ritmo e de lógica, mas nada que possa atrapalhar.