Uma das primeiras séries com uma guerreira feminina, com direito a comédia, lutas, drama, romance e uma pitada de mitologia. A série teve grande impacto em seu lançamento, nos anos 90, e por esse motivo, no Brasil, teve constantes reprises na TV aberta ou a cabo, até nos dias atuais.

 

Ficha Técnica:

Gênero: Drama, Ação, Aventura, Comédia e Fantasia.
Ano: 1995 – 2001
País: Estados Unidos
Direção: Robert G. Tapert 
Temporada: 06
Duração: 134 episódios

 

Sinopse: Xena, A Princesa Guerreira, conta com a história da protagonista, uma mulher guerreira, de passado sombrio, que decide dar uma grande mudança em sua vida. Em um mundo repleto de seres da mitologia, podendo ser grega, romana ou egípcia, Xena anda sem rumo, junto de sua amiga Gabrielle, tentando ajustar os erros que cometeu em outros tempos.

 

 

Xena possuí um passado cheio de mortes e crimes, mas decide se redimir de tudo que fez. Um certo dia, quando enterrava sua espada, armadura e seu chakram, ela vê um grupo de garotas que estão sendo levada por soldados, para se tornarem escravas. Sem concordar com o que se passava, a protagonista toma a atitude de ajudar as reféns. Durante a luta, é possível ver entre as reféns, Gabrielle, uma jovem loira que se tornará a companheira de aventuras da Xena.

Após derrotar todos os soldados com grande facilidade, Xena ajuda as garotas a se acalmarem e seguirem para suas aldeias, Gabrielle, fica encantada com a força e habilidades da protagonista. Como o sonho da jovem é ser uma escritora, ela quer acompanhar a protagonista para que possa escrever sobre suas aventuras e assim conscientizar a todos sobre o quão grandiosa ela é.

Com muita insistência de Gabrielle (e por ela ter perseguido Xena por um bom tempo), elas iniciam a jornada juntas.

Durante todo o trajeto das duas amigas, é possível ver o crescimento de cada uma, em habilidades e como pessoas.

A série também trabalha com muitos temas tabus, como: tráfico de pessoas, escravidão, preconceito…

 

Alguns Personagens Icônicos:

Hércules – Semideus grego

 

Ares – Deus da Guerra

 

 

Afrodite – Deusa do Amor e da Beleza

 

 

E não pode faltar Joxer, um jovem com o sonho de ser um grande guerreiro, mas que é uma das pessoas mais atrapalhadas que se possa ter.

 

 

Curiosidades:

  • A primeira aparição de Xena, foi na série: Hércules (Young Hércules), durante 3 episódios e como a personagem ficou querida do público, ganhou sua própria série.
  • A série teve a produção de jogo para o PS1, com a mesma temática das 3 primeiras temporadas.
  • As duas protagonistas são tidas até hoje como símbolo LGBT nos Estados Unidos, com grandes participação da atriz de Xena, Lucy Lawlles, como apoiadora do movimento.

Inscreva-se no canal do Teoria Geek no Youtube e nos acompanhe também nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram.