Ficha Técnica:

Formato: Série
Gênero: Aventura, Fantasia
Duração: Entre 40 e 50 minutos

Origem: “Novos Titãs” de DC Comics

Produtores: Robert Ortiz
Produtores Executivos: Akiva Goldsman, Geoff Johns, Greg Berlanti, Sarah Schechter, Greg Walker, John Fawcett
Empresas de Produção: Weed Road Pictures, Berlanti Productions, DC Entertainment, Warner Bros. Television

Elenco: Brenton Thwaites, Anna Diop, Teagan Croft, Ryan Potter
País de origem:
Estados Unidos
Idioma original:
Inglês
Exibição:
Emissora de televisão original: Netflix
Transmissão original:
desde 12 de outubro de 2018
N.º de temporadas:
1
N.º de episódios:
11
Classificação:
18

Sinopse:

Titãs acompanha jovens heróis de todo o Universo DC assim que atingem a maioridade em uma abordagem mais enérgica sobre a clássica franquia dos Jovens Titãs. Dick Grayson e Rachel Roth, uma jovem especial possuída por uma estranha escuridão, se envolvem em uma conspiração que pode trazer o inferno à Terra. Juntando-se a eles estão a temperamental Estelar e o adorável Mutano. Juntos, eles se tornam uma família e uma equipe de heróis.

Resenha

A primeira temporada apresenta as origens dos heróis que formam a equipe Titãs da DC nos mostrando um mundo de certa forma sombrio bem clássico das histórias da DC. Tudo começa um pouco lento, mostrando como o Robin e a Ravena surgiram, mas é só até o terceiro ou quarto episódio que é quando a história começa a entrar nos eixos.

Confesso que comecei a assistir por ser muito fã de Teen Titans e demorei para começar a assistir, pois fiquei com medo de alguns detalhes como o figurino de alguns personagens e por ser uma obra para maiores de idade, com um enredo mais pesado… Mas no fim tudo acaba se encaixando e faz sentido!

A partir do momento que a história começou a ter um ritmo legal eu simplesmente queria assistir um episódio atrás do outro para poder saber o que estava acontecendo e iria acontecer. Então acabei fazendo meio que uma maratona com a série…

Uma das melhores personagens é a Ravena, pois é uma das histórias mais aprofundadas, tá talvez seja por que sou imensamente fã da personagem, mas dá para ter mais noção dos poderes que ela está aprendendo a lidar e dos problemas que ela enfrenta na vida.

O outro personagem mais trabalhado foi o Robin que dá para perceber melhor o que ser o ajudante do Batman causou ao personagem. Robin trabalha com a polícia local e investiga alguns casos. Ele entrou na polícia para poder fazer o bem, apesar de nem sempre ele estar 100% bem…

O Mutano é bem retratado na série e também está aprendendo a lidar com os poderes, como a Ravena… Também mostra o relacionamento dele com os Titãs e principalmente com a Ravena.

A Estelar acabou se tornando uma surpresa para mim, pois fiquei com medo do que a série entregaria dela, pelo figurino e por ter a impressão da Estelar ser bem mais velha do que a Ravena e o Mutano… Ela está com um figurino que parece saído dos anos 70, mas durante a série se justifica quando revela-se a missão que ela está seguindo fora do planeta dela.

É interessante ver a relação entre os personagens principais, os Titãs, e dos Titãs com o mundo que os cerca. Ver que os heróis tem sentimentos, que eles não são bonzinhos o tempo todo e que os heróis além de precisarem lidar com os vilões, também tem vários problemas pessoais e profissionais.

Trailer:

//www.youtube.com/watch?v=iH44Z0QwrWQ