É a vez da “flor de cerejeira” mais famosa do mundo dos animes (e não estou falando da caçadora de cartas). Sakura, a Kunoichi mais forte e inteligente de Naruto, protagoniza esse mais novo romance publicado pela editora Panini. Além de excelente guerreira, é uma “ninja médica” das mais habilidosas. No entanto, apesar do sucesso profissional, algo lhe falta… Ou melhor, alguém. Será que Sakura vai continuar esperando pelo Sasuke? … Alguém dúvida?

A história se passa dois anos após a quarta guerra mundial dos ninjas.

Naruto A História Secreta de Sakura Contemplações de Amor na Brisa da Primavera
Ficha Técnica
Autor: Tomohito Osaki e Masashi Kishimoto 
Editora: Panini
Ano de lançamento: 2021
Sinopse: Sakura e Ino abrem um hospital para cuidar de crianças traumatizadas pela Quarta Guerra Ninja. Enquanto tentam abrir um novo hospital na Vila da Areia, uma trama sinistra começa a cercar Konoha, envolvendo até mesmo Sasuke, que ainda está afastado da Vila da Folha, para a tristeza de sua enamorada Sakura.

 

Sakura Haruno - Naruto A História Secreta de Sakura Contemplações de Amor na Brisa da Primavera com marcador
Ilustração do Romance “Naruto A História Secreta de Sakura”.

Introdução


Não é mangá, nem animação… Sakura conta a sua história de maneira mais pessoal e dramática desde a época da inner (“Sakura interior” no mangá e anime). Por certo, o interior da “flor de cerejeira” está mais amadurecido, mais comprometido em diversas causas; entretanto, o Sasuke, como antigamente, ainda é o protagonista dele, mas ele foi embora! Será que vale a pena esperá-lo?

O vencedor do 9º concurso literário da Jump, Tomohito Osaki, foi o responsável pelo roteiro desta história. Aliás, ele também foi responsável pelas novels de obras como “Gintama” e “Nurarihyon no Mago”. Além disso, ele também foi autor do mangá “Te to Kuchi”. Trata-se de um especialista em comédias e tramas de época; bem apropriado para o estilo “medieval” de Naruto – cujo criador original é Masashi Kishimoto.

Esse é para quem acompanhou o mangá e/ou o anime!

A princípio, Sakura aparece nessa trama como o esperado: uma ninja muito bem-sucedida, com um controle de chakra impressionante, mas com destaque mesmo para suas habilidades médicas.

Após a grande guerra ninja, Sakura usou de sua sensibilidade para perceber que, não apenas os guerreiros, adultos, precisavam de cuidados. As crianças, que sofreram com as aflições da espera, assim como, da incerteza, também foram bem afetadas. Isto é, não era nada físico, tratava-se da saúde mental daqueles seres pequenos, ainda em formação.

“Não saber quando a guerra terminaria deve ter causado um estresse imenso em suas jovens mentes. Ver seus países destruídos e até mesmo a morte de pessoas queridas não causaria uma ferida em seus corações?”

Shannaro: O Impacto da Flor de Cerejeira

Com a ajuda da Ino e apoio da Tsunade, que ainda era Hokage na época, Sakura cria uma clínica especializada na saúde mental das crianças: as heranças de Konoha. O sucesso foi quase imediato e, um ano e meio após a fundação, a Kunoichi, ex time 7, está pronta para ampliar o projeto para outras vilas, começando pela vila da Areia.

Se focando muito no trabalho, com o frequente termo “modo trabalho” aparecendo na narrativa por diversas vezes, Sakura tenta preencher o vazio deixado pela partida do Sasuke pela segunda vez. Todavia, nesta há a promessa de sua volta. Será que volta? Será que fica? Só lendo para conferir… Ou acompanhando Boruto: a nova geração de Naruto!

Toneri Otsutsuki é passado, a primavera se faz presente. A flor de cerejeira volta a florescer numa disputa ninja-médica interna das mais aterrorizantes desde a guerra. Entretanto, o clima de romance está no ar… Naruto e Hinata, o casal celebridade do mundo ninja, anunciam o casamento; Ino troca confidências a respeito dos companheiros da antiga equipe 10, bem como, de si mesma. Quanto a Sakura… Acho que nem preciso compartilhar mais nada, é evidente!

Ino, filha de proprietários de uma floricultura, se compara a flor hanamizuki (do gênero Cornus, inexistente no Brasil) e a própria Sakura se coloca como a flor lavanda:

“… na linguagem das flores, lavanda é ‘estou te esperando’ e hanamizuki é ‘aceite meus sentimentos'”

Então, aceitemos e, principalmente, esperemos…

Naruto A História Secreta de Sakura Contemplações de Amor na Brisa da Primavera com marcador


Personagens de Destaque


Sakura Haruno

A ninja médica, com força sobre-humana, popular e muito respeitada na vila da Folha, se concentra no trabalho, mas sofre pela espera do amado “Sasuke Uchiha” – que saiu da vila, após a grande guerra, em uma viagem de redenção.

Ino Yamanaka

A amizade está evidente desta vez, sem resquícios de rivalidade. Ino respeita a mulher que Sakura se tornou e é a principal auxiliar dela na clínica infantil especializada na saúde mental. No entanto, até mesmo Ino (assim como a Tsunade, antiga Hokage e sensei da Sakura, com quem ela conversa com frequência) se preocupa com o empenho excessivo da amiga no trabalho.

Sai

Presente em mais essa trama, o antigo colega de time da Sakura volta a ajudá-la em uma missão, desta vez, civil. Suas ações discretas são muito apreciadas por Kakashi, o novo Hokage. Além disso, Ino também comporá o time e não achou nada ruim a parceria…

Magire

É um ninja médico da vila da Folha que trabalha diretamente para um dos principais líderes do grupo ANBU – os assassinos especiais do mundo ninja, Kido.

Kido Tsumiki

É um dos principais líderes da ANBU, coordenando o maior grupo deles. Suas crenças parecem distorcidas devido a sua criação trágica e a influência de Danzou, antigo líder da “ANBU núcleo” (ou “sombra”) – subversivos ao comando da vila da Folha, pela qual fazia parte.

Sasuke Uchiha

A antiga, e eterna, paixão de Sakura (bem como, de boa parte da vila), é um dos ninjas mais poderosos do mundo. Junto com Naruto, ele foi o grande responsável pela vitória na grande guerra, o que rendeu uma aliança de paz com todas as vilas ocultas dos ninjas. No entanto, devido a sua antiga obsessão em matar o próprio irmão e, depois, destruir a vila onde nasceu, se aliando, inclusive, com o maior dos vilões de Naruto clássico (Orochimaru, um dos três sannins, que sobreviveram ao grande vilão da terceira guerra mundial ninja, anterior à atual); Sasuke tem viajado pelo mundo em busca de redenção para, algum dia, voltar… para Sakura?


Desenvolvimento


Primeiramente, vale frisar que a temática central gira em torno da “saúde mental”. 

Sakura inaugurou uma clínica infantil muito bem-sucedida e está pronta para projetá-la nas outras vilas. Todas são aliadas na atualidade, mas, a primeira a manifestar desejo na feitura do projeto é a “vila da Areia”. Chegando, junto com Ino, à vila comandada por Gaara, Sakura acaba se deparando com um problema maior do que a burocracia e limitações no implante de seu rico projeto; aliás, o único capaz de lhe desviar do foco: a aparição de Sasuke.

Começou nas proximidades da vila da Areia e logo nas diversas localidades do mundo ninja: “Sasuke” aparecia para um grupo subversivo se dizendo “vilão novamente”; querendo destruir a vila da Folha outra vez. Dizia que topava se juntar aos novos vilões, contanto que fosse o líder. Entretanto, com os grupos já formados há tempos e a arrogância de “Sasuke”, eles claramente se negam e logo acabam mortos por ele.

Ino e Sakura ficam aturdidas com os novos relatos, mas Sakura não acredita neles.

Além disso tudo, Kakashi convoca Sai para investigar os estranhos ataques aos nobres da vila sob seu comando. Sem intenção de matar, apenas parecendo querer chamar a atenção, os inimigos penetram facilmente na segurança ANBU e ferem, de leve, pessoas importantes.

Pontos de ligação entre as missões

Kido, líder do maior esquadrão ANBU da vila, junto com seu braço direito “Magire”, um ninja médico muito habilidoso, usam dos ataques recentes aos nobres  para conseguir mais verba para o preparo dos seus; retirando o que seria dado para a clínica infantil especializada em “saúde mental”, criada pela Sakura.

Outro ponto: O “Sasuke vilão” parece ter uma forte ligação com eles.

Kido trabalhou para Danzou, um grande oponente veterano dos comandantes da vila da Folha, e utiliza de algumas técnicas do antigo líder como, por exemplo, o selo do “cala boca”, acionado assim que a pessoa selada tencionasse falar alguma coisa a respeito do grupo. Além disso, Danzou era um grande obcecado pelos “Uchihas”, clã do Sasuke, e seus “sharingans” – um dos maiores poderes oculares herdados. E, por fim, ressalto que Kido tem um ninja médico como braço direito, ou seja, ele pode realizar diversas técnicas invasivas na pessoa que for.

Em suma, Kakashi pede a Sakura, Ino e Sai para cuidarem da missão dos ataques aos nobres, assim como, do “Sasuke vilão”. Kido não fez questão de esconder muitos de seus intentos, então eles já sabem por onde começar; embora, não saibam tanto assim do líder ANBU, mesmo com Sai, antigo subordinado de Danzou na “ANBU núcleo”, e Kakashi – o líder da vila – único que tem todas as informações do grupo secreto.

Ah, e mais uma observação: Kakashi não vai conseguir ficar apenas sentado e demandando tarefas desta vez. Diferentemente da novel do Shikamaru (leia a resenha aqui), ele vai atrás e Naruto também, junto com a futura, quase já, esposa.

Sakura, Hinata e Naruto


Considerações Finais


Destaco alguns pontos muito interessantes que encontrei nesta novel, vários positivos, assim como, poucos negativos:

Ino e Sakura

  • Ino e Sakura se tornaram amigas-confidentes. Fiquei muito feliz pelo fim, definitivo, da rivalidade amorosa de ambas, sem mágoas, nem ressentimentos;
  • novel seguiu como o anime e manteve a Ino como ninja médica. Desta forma, ela auxilia a Sakura de maneira primorosa;
  • Mais habilidades de luta da Sakura, Ino e Sai são evidenciadas. Além disso, as insinuações românticas dos dois últimos também ganham mais força;

Naruto e Sakura

  • Foi interessante perceber as insinuações de “inveja” da Sakura com respeito ao Naruto e a Hinata: o “casal oficial” da vila. O convite de casamento logo foi enviado e ela ficou feliz por eles, mas ao mesmo tempo, bem deprimida;
  • Naruto ensinando kumite (técnicas de luta) para as crianças na academia ninja foi lindo demais de se ler. Sobretudo, mais do que nunca, ele percebeu o quanto deu trabalho para seus antigos mestres;
  • Os vícios de linguagem, ou cacoetes, são características essenciais para alguns personagens; algo pelo qual sempre que virmos, lembraremos deles (percebam a boa técnica de escrita dos autores!). No original, por exemplo, Naruto encerra uma frase com o “dattebayo”, que nada significa. Konohamaru gosta do “koré”, como uma confirmação de algo. Nesta, Migare gosta de falar “ponto” ao final das frases, como não deixando brechas para contestação de suas afirmações. Além disso, o termo “modo trabalho” parece ser um cacoete do tradutor dessas novels também, né Shikamaru?;

Sasuke e Sakura - Naruto

Sasuke e Sakura

  • As poucas manifestações bem-queridas de Sasuke para com a Sakura são enaltecidas, como, por exemplo, o “obrigado” ao sair da vila pela primeira vez. Além disso, o mais importante e que fazia com que Sakura mantivesse a esperança no amor dos dois: o “até a próxima” na segunda saída de Sasuke da vila, com o “tapinha” na testa, algo que Itachi fazia com ele, demonstrando afeição;
  • Sakura encontra força na “rejeição”. Ela diz, em certo trecho, que foi rejeitada tantas vezes pelo Sasuke, que qualquer outro tipo de rejeição já não a afetava mais: “…eu estou acostumada a atacar e ser rejeitada“;

Enredo

  • No mangá/anime é bem incomum a mudança de roupa pelos personagens (muito provavelmente, devido à complexidade em desenhar com criatividade e entregar tudo num curto prazo, isto é, “vida louca” de mangaká). Porém nesta trama, com muita frequência, se é mencionado “trajes de missão” e “trajes casuais” – embora não haja qualquer descrição deles. Em novels é mais fácil mencioná-los;
  • A trama me pareceu mais uma fanfic do que um filler, desta vez. A missão é bem forçada, com explicações bem enroladas (e até uns erros gramaticais bem engraçados de se ler). Aliás, a ciência, predominante, aparece como sendo bem duvidosa e até clichê: fazendo referência ao “sábio dos seis caminho”, ao poder do Zetsu (antigo vilão Akatsuki), bem como, de um ANBU destacado na novel do Shikamaru. Mas, no contexto geral, a trama é muito boa e bem reflexiva (característica de Naruto, certo?);
  • Enfim, o foco na “saúde mental”, grande tema de debate mundial da atualidade, é bem destacado. A história, do início ao fim, demonstra, não só com palavras, mas com ações a importância do tratamento devido precocemente.
Claro que há os céticos, a novel não quis esconder isso:

“… Só os fracos se deixam ferir mentalmente.”

Todavia, a conclusão de tudo é muito importante. Sakura já sabia da importância do que fazia, tendo plena convicção, bem como, segurança de suas habilidades. Mas, ela precisava passar por mais esses aprendizados a fim de se tornar ainda mais forte espiritualmente também. Assim, conquistando o verdadeiro equilíbrio de vida.

Porém, entretanto e mais além… algumas expressões adjetivas me incomodaram (aliás, nada tão sério ou profundo, mas…), como por exemplo: tal personagem tinha uma “barba impressionante”- o que isso significa? Muito provavelmente ela deva ser longa, mas qual a cor, formato, estilo? Ainda assim, gostei da menção das direções conforme posição dos relógios, assim como no balé: “ela está na direção das duas horas“. É possível já ter tido dessas, mas reparei mais fortemente nesta trama.

Contudo, foi uma excelente história. Forçaram um pouco nas ações científicas, porém o plano de fundo foi muito bem feito. Pudemos perceber, ainda mais, o “Shannaro: o impacto da flor de cerejeira“.

“Eu estou feliz por ter criado a Clínica de Terapia Infantil. … Ficou mais claro (com a última missão realizada) o quão importante é não ignorar as crianças com o coração machucado…”

E, aliás, Sasuke volta? … Pois é… Quem sabe no casamento do Naruto e da Hinata?

A Panini já divulgou o próximo lançamento, aqui no Brasil, da novel: “A história secreta de Konoha: um dia perfeito para se casar” (bem sugestivo, não?) – com destaque para o casamento do casal oficial da vila: Naruto e Hinata. Quem mais empolgado? A previsão é para 27 de Agosto e já está em pré-venda.

Ademais, confira nossas resenhas das novels anteriores: A História Secreta de Kakashi e A História Secreta de Shikamaru. Definitivamente, são lindas adições ao original!


* ONDE COMPRAR *

AMAZON | PANINI



Leia mais resenhas de livros AQUI, no TG.