O cão que guarda as estrelas conta a história de um homem e seu cachorro. Happy era um cachorro feliz até que sua família se separou. Agora, ele viajará sem destino ao lado de seu ”papai” em busca de um novo lugar para ficar. Infelizmente, nem toda história se resumem a um final feliz.

Ficha Técnica: 

Autor: Takashi Murakami

Nome original: Hoshi Mamoru Inu

Editora: JBC

Publicado em 2008

Continuação: Apesar da história de Happy se resumir neste mangá, seu irmãozinho tem um mangá chamado O outro cão que guarda as estrelas!

Sinopse Original: Acompanhe a emocionante aventura de um homem que, sem emprego, abandonado pela esposa e diagnosticado com uma grave doença, parte – acompanhado somente de seu cachorro- em uma viagem pela costa em direção ao interior do Japão e de um lugar que ambos possam chama de ”lar”. Escrito por Takashi Murakami e publicado originalmente em 2008, “O cão que guarda as estrelas” é um romance único, numa narrativa simples e profunda, que revela traços de uma grande amizade, companheirismo e solidão.

 

Um indigente é encontrado em meio a um campo de girassóis. O estado de seu corpo mostra que está morto a um ano e meio, mas um pequeno corpo ao seus pés morreu á apenas 3 meses.

Happy, como foi chamado, é um pequeno cachorro. Ele foi encontrado pela filha pequena de um casal e passou a integrar está família. Todos os dias se seguia a mesma rotina, ele saia para passear com seu ”papai”, era alimentado pela ”mamãe” e brincava com a pequena Miku.

Conforme os anos passam a dinâmica na casa muda. Miku, já adolescente, passa a não brincar mais com Happy e o ”papai” passa a alimenta-lo na maioria das vezes. Infelizmente, o pai desta casa perde o emprego e descobre ter uma doença crônica. A mãe, que já parecia decepcionada com o casamento dos dois, pede divórcio. Assim, a família de Happy passa ser apenas seu querido ”papai”.

Após colocar todos os bens no carro, o pai decide rumar para o sul em busca de um lugar barato para morar e que aceitasse seu companheiro canino. Determinado a não deixar Happy sozinho, ele dorme em seu carro ao invés de ficar em um hotel. Tudo isso para não abandonar seu pequeno amigo.

Durante uma de suas paradas, a dupla encontra um menino. Sujo e faminto, ele está roubando para sobreviver. O pai deixa o garoto seguir viagem com eles por um tempo e eles parecem começar a cria um vinculo. Mal sabe ele, que deixar o garoto passar a noite mudará completamente seus planos e seu destino.

O cão que guarda as estrelas é um manga doce. Vemos tudo pelo ponto de vista do inocente Happy e, via seus olhos, podemos entender o quão importante é a ligação entre os humanos e os animais. Ao observar a lealdade entre ”papai” e Happy, é difícil não se sentir tocado por uma nova onda de esperança.