O longa “Um menino chamado Natal” é uma aventura que com muita ação e esperança, consegue trazer a magia do Natal no catálogo da Netflix.

Poster Um menino chamado Natal
Ficha Técnica
Título: Um menino chamado Natal
Ano de Produção: 2021
Dirigido Por: Gil Kenan
Estreia: 24 de novembro de 2021
Duração: 1h 44min
Classificação: 10 anos
Gênero: Família, Aventura, Drama
País de Origem: Inglaterra
Sinopse: Através do conto natalino, “Um menino chamado Natal”, o garoto Nikolas e o seu camundongo Mika, partem em uma aventura para encontrar o pai de Nikolas e em busca da “Vila dos Duendes”, correndo riscos e enfrentando inimigos, descobrem a real magia do Natal.

Um menino chamado Natal

Quando chega essa época do ano, sempre busco algumas produções natalinas e a Dona Netflix sempre traz novas histórias assim, então encontrei o filme “Um menino chamado Natal”.

O filme estreou no dia 26 de novembro e já está entre os mais assistidos do catalogo da “TUDUMM”…

Além disso, o longa é baseado no livro de mesmo título, escrito por de Matt Haig, que narra o surgimento do “Pai Natal”.

Essa é uma produção do mesmo estúdio do filme “Crônicas de Natal”, o que já revela a qualidade apresentada!

A magia do Natal
Essa época tenta nos trazer paz e esperança e em busca disso, Nikolas, um garoto determinado, parte em uma aventura atrás do próprio pai – Joel (Michiel Huisman) – que havia partido em uma expedição e da mágica “Vila dos Duendes”.
Nikolas e Mika (o camundongo falante) correm riscos e enfrentam inimigos para descobrirem a real magia do Natal.
Mika
Mika – o camundongo falante…
Créditos: Imagem retirada da internet

Como vários filmes natalinos, tudo começa com uma reunião familiar, onde 3 irmãos e seu pai não estão muito no clima de Natal, inclusive nem enfeitaram a casa, pois enfrentam um momento triste e difícil.

Para completar a reunião, as 3 crianças recebem a visita da tia Vera, interpretada por Maggie Smith, atriz também conhecida por ter vivido a Professora Minerva McGonagall em Harry Potter.

Começo da história

Para entreter os sobrinhos, que perderam a mãe recentemente, e tentar resgatar o espirito natalino, Tia Vera começa a narrar o conto sobre Nikolas e seu pai, que vivem em uma floresta “gelada” na Finlândia e passam por problemas, após a morte da mãe de Nikolas…

Achei interessante ver a metalinguagem sendo utiliza, ao mostrar um conto dentro de outro conto e assim, o filme se desenrola de forma muito inteligente, encantadora e que reascende o poder dessa época!

Nikolas e Pixie
Créditos: Imagem retirada da internet
Elenco de peso
Além da presença de uma das minhas atrizes prediletas, vemos Henry Lawfull, com uma ótima atuação no papel principal de Nikolas!

Também adorei ver Zoe Margaret Colletti na pele da Pixie Verdadeira, que só pode falar a verdade, porém as vezes a verdade dói e assim, além de aprontar muitas confusões, acaba se sentindo muito solitária…

Outro personagem que adorei conhecer foi o camundongo Mika, interpretado por Stephen Merchant (voz original), pois deu uma magia a mais.

Além disso, integram o elenco: Toby Jones, Sally Hawkins, Kristen Wiig, Joel Fry, Rune Temte e Jim Broadbent, entre outros.

Roteiro e Fotografia

O roteiro é simples, mas funciona muito bem através do desenvolvimento e da busca de Nikolas para encontrar a real magia do Natal!

A fotografia é bem pensada, pois conseguiram diferenciar o “vilarejo humano” com detalhes em branco e cores frias, para demonstrar a tristeza do cotidiano ali.

Já para o universo dos Elfos, contaram com detalhes coloridos, luzes e conforto para então mostrar como ali é mágico.

Assuntos abordados de forma bonita, delicada e sensível

Um dos fatores mais emocionantes é ver como eles abordam assuntos delicados, mas que fazem parte da vida, como a perda de alguém querido e de forma muito bonita e sensível.

Também é encantador como escolheram falar sobre acreditar e persistir em seus sonhos, pois um dia podem se tornar realidade!

Gostei muito do resultado apresentado nesse filme! Confesso que me encantei e até me emocionei com tudo que vi nesse longa!

Quer ver mais resenhas escritas por mim? Acesse aqui!