Ghost in the Shell – A Vigilante do Amanhã, é um filme de ação e ficção científica de 2017, dirigido por Rupert Sanders e escrito por Jonathan Herman e Jamie Moss, baseado no mangá homônimo de Masamune Shirow. O filme conta com atuações de Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Michael Pitt, Takeshi Kitano e Juliette Binoche.

  • SINOPSE: Em um mundo pós-2029, é bastante comum o aperfeiçoamento do corpo humano a partir de inserções tecnológicas. O ápice desta evolução é a Major Mira Killian (Scarlett Johansson), que teve seu cérebro transplantado para um corpo inteiramente construído pela Hanka Corporation. Considerada o futuro da empresa, Major logo é inserida no Section 9, um departamento da polícia local. Lá ela passa a combater o crime, sob o comando de Aramaki (Takeshi Kitano) e tendo Batou (Pilou Asbaek) como parceiro. Só que, em meio à investigação sobre o assassinato de executivos da Hanka, ela começa a perceber certas falhas em sua programação que a fazem ter vislumbres do passado quando era inteiramente humana.

Antes de falar do filme, um breve comentário sobre os mangás, que na verdade são as histórias em quadrinhos do Japão. Ao pesquisarmos um pouco mais sobre os mangás, veremos que essas histórias dão vida a muitos animes que se tornam desenhos, séries e filmes ao redor do mundo, e assim aconteceu com Ghost in the Shell – A Vigilante do Amanhã.

O filme é baseado no mangá Ghost in the Shell, do ano de 1995, que é um filme de animação japonesa, dos gêneros ficção científica e ação, que foi dirigido por Mamoru Oshii e escrito por Kazunori Itô e Masamune Shirow. E além disse também foi uma das principais inspirações para a trilogia Matrix.

O filme é muito bom para quem curte o gênero futurista. Entretanto teve muitas críticas negativas, e uma da qual podemos comentar diretamente é que o elenco do filme não possui atores japoneses nos papeis principais, pois ao que tudo indica o filme se passa no Japão.

Mas o que não podemos negar é a escolha de Scarlett Johansson para o papel principal do filme. Ela é simplesmente diferenciada nos papeis em que atua e não foi diferente nesse. A sua atuação se destaca dos outros atores. O filme só teve a ganhar com ela no elenco.

Enfim, Ghost in the Shell – A Vigilante do Amanhã se passa no futuro, onde as empresas estão evoluindo a ponto de unir peças robóticas aos humanos, com a intenção de melhorar essa pessoa. E a partir disso que surge a Major Mira Killian (Scarlett Johansson), uma ciborgue no qual possuí somente o cérebro humano.

Um ano após seu cérebro se adequar ao corpo robótico e também por passar por treinamento militar, Major assume um posto no Setor 9, que é o departamento antiterrorista.

Em uma das suas missões, ela junto com sua equipe, consegue conter um ataque contra a empresa Hanka, e nessa contenção ela destrói uma gueixa mecânica que foi crackeada. Logo após essa missão ela começa a ter alucinações sobre o passado. Então começa a investigar sobre quem foi que quis crackear a gueixa, descobrindo um indivíduo chamado Kuze (Michael Pitt).

A partir daqui Major começa a ir em busca de Kuze para obter mais respostas sobre suas alucinações e acaba passando por muitas dificuldades.

Ghost in the Shell – A Vigilante do Amanhã possuí um ambiente futurista com muitos detalhes e um designer de produção excelente. Os efeitos especiais para a construção dessa cidade futurista com diversos hologramas e pessoas com diversas peças robóticas “instaladas” em seus corpos é de aplaudir.

Ainda conta com ótimo efeitos visuais e com excelentes sequências de ação. Visualmente, conta com sequências inteiras que remete ao estilo japonês e sua continuação, mas também nos traz a crise e o debate individual da personagem principal por sua existência.

Enfim,

Se ainda não assistiu, assista, pois vale a pena ver. Ainda mais por ter no elenco Scarlett Johansson. E Ghost in the Shell – A Vigilante do Amanhã também é um filme que, para quem curte esse gênero futurista misturado com ficção cientifica, é excelente.

Nota IMDb: 6,4 / 10,0

Minha Nota: 7,8 / 10,0

Ficha Técnica:

Direção:Rupert Sanders

Elenco: Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Takeshi Kitano, Juliette Binoche, Michael Pitt

Gênero: Ação, Cyberpunk, Ficção científica

Duração: 106 minutos

Distribuição: Paramount Pictures

Lançamento: Japão 16 de março de 2017, Brasil Portugal 30 de março de 2017 e Estados Unidos 31 de março de 2017

Orçamento: US$ 110 milhões

Receita: US$ 169.801.92

//www.youtube.com/watch?v=8d2EmV46mmo


~ Flavio Gabriel