Em “Ficaremos Bem”, o espectador é convidado a realizar uma profunda reflexão sobre a vida, legado e existência, tornando a experiência de o assistir em algo extremamente rico e profundo.

ficaremos bem - Poster
Ficha Técnica
Título: Ficaremos Bem
Ano de Produção: 2021
Dirigido Por: Maria Sødahl
Estreia: 1º de outubro de 2021
Duração:  2h 06min
Classificação: 12 anos 
Gênero: Drama/Romance
País de Origem: Noruega
Sinopse: Em Ficaremos Bem, Anja (Andrea Bræin Hoving), recebe seu diagnótico de câncer terminal na véspera do Natal. Com o seu companheiro Tomas (Stellan Skarsgård), eles precisam decidir como vão falar a má notícia para a família. Porém, Anja percebe que mais do que nunca, ela e o marido precisam se unir para proteger seus filhos. Em meio do susto, luto prematuro e medo, o casal luta para resgatar o amor que os uniu para aproveitar os momentos finais.

.

SOBRE A HISTÓRIA:

Anja Richter (Andrea Bræin Hovig, de “Armadilha do Caçador”) é uma bem-sucedida diretora de espetáculos teatrais apaixonada pela vida. Vivendo em uma boa casa, com um relacionamento estável e filhos e enteados maravilhosos, Anja vê seus dias virarem pelo avesso em apenas um sopro: após começar a sentir constantes e extremamente incômodas dores de cabeça, a diretora resolve procurar por ajuda médica, tendo que realizar alguns exames. Durante os preparativos para celebração do Natal com sua família, o desanimador resultado dos exames chega: Anja possui um tumor incurável se espalhando por seu cérebro.

A reação de Anja e de seu amado companheiro Tomas (Stellan Skarsgård, de “Chernobyl”) ante a notícia é de, em um primeiro momento, tentar manter o controle e pensar na forma mais amena de relatar a situação para os filhos e enteados do casal. Anja, inevitavelmente, começa a fazer reflexões acerca do futuro de sua família, caso o destino dela venha a ser mesmo a morte, fazendo Tomas prometer que vai conseguir tocar a formação de seus filhos da melhor forma possível. Diante disso, os dois resolvem ir atrás do auxílio de especialistas para lidar psicologicamente com a questão, e é aí que acabam obtendo a informação de que, mesmo com uma probabilidade bastante baixa, o tumor de Anja, se tratado e operado, pode ser contido.

Assim, Anja consegue o contato de um renomado cirurgião de sua cidade e uma bateria de exames se inicia. A partir do resultado desses exames, considerando que o tumor não possa ser retido, o tempo estipulado de vida de Anja é de três meses. Entre um pedido de casamento formal e expectativas, mesmo que bastante remotas, de uma milagrosa recuperação, Anja resolve investir o tempo que lhe foi dado de vida para colocar alguns pingos nos is, preparar Tomas e deixar o melhor legado o possível para seus filhos. Existe alguma chance de recuperação para Anja? Tomas vai ter controle emocional diante da situação? Como os filhos de Anja vão ficar no meio de tudo isso?

MINHAS IMPRESSÕES SOBRE O LONGA:

“Ficaremos Bem” é o tipo de filme que te leva a refletir sobre várias questões, mas sobretudo, a forma como levamos nossa vida. Afinal, tudo o que lutamos para ter e construir pode se esvair em um sopro! Até que ponto o que temos feito vai se transformar em um legado positivo quando partirmos? A forma como a personagem principal é desenvolvida é incrível, bem como a atuação impecável da Andrea Bræin Hovig, que soube transparecer perfeitamente bem as emoções de Anja, conseguindo impactar quem vê o filme de uma forma única. A qualidade das gravações das cenas de “Ficaremos Bem” é excelente, fazendo jus as interpretações do elenco, tornando o longa uma produção digna das mais positivas avaliações!

Veja mais do meu conteúdo aqui.