Viajar no tempo tem sido plot principal de vários filmes há tempos no cinema. Afinal, quem nunca pensou “ah se eu pudesse voltar atrás e mudar uma escolha que fiz” ou “como estarei daqui a 50 anos?”. A ideia de poder sair da sua época atual e poder vislumbrar o que o futuro nos reserva ou voltar anos e ver como eram as coisas no passado fascina as pessoas, que buscam nessa temática, uma experiência que no mínimo nos faz pensar as reais consequências que uma possível viagem no tempo poderia gerar a todos os envolvidos.

Os gêneros variam, indo da ficção ao terror, passando pela comédia e drama. Feitiço do Tempo, Efeito Borboleta, A Casa do Lago, Dejà Vu, Alta Frequência, Projeto Almanaque, A Morte Te Dá Parabéns, Contra o Tempo, No Limite do Amanhã são alguns dos vários filmes já feitos sobre o tema. Porém o mais famoso sem sombra de dúvidas é De Volta Para o Futuro (Back To The Future). O longa sempre figura na lista de melhores do seu gênero devido ao elenco carismático, história envolvente, trilha sonora magnífica e efeitos especiais competentes que não soam datados até nos dias atuais.

Na história, somos apresentados ao jovem Marty McFly (Michael J. Fox) que vive com sua família na fictícia cidade de Hill Valley na Califórnia no ano de 1985, e leva uma típica vida de adolescente comum namorando, tocando em uma banda de rock e sonhando ter seu próprio carro. Sua família está longe de ser perfeita, sendo seu pai um sujeito que é constantemente intimidado por seu supervisor, sua mãe alcoólatra e desiludida, e seus irmãos que parecem ser fracassados e sem perspectivas futuras. Vale ressaltar que é de suma importância observar bem os detalhes da mecânica familiar de Marty e prestar atenção nos diálogos da família na cena do jantar já que essas informações serão de suma importância para o desenrolar da história.

(Doc. Emmett Brown e Marty McFly)

Marty é amigo do Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd) que é um cientista que está trabalhando num novo experimento: uma máquina do tempo construída num carro Delorean. Emmett convida Marty para acompanha-lo e registrar o primeiro teste da máquina do tempo. Durante esse teste o Dr. explica algumas regras do funcionamento da máquina como por exemplo a capacidade de apenas viajar através do tempo e não espaço, sendo impossível a pessoa estar numa cidade (Los Angeles) e viajar no tempo para outra cidade (Paris). Para a viagem acontecer é necessária uma carga de plutônio (que o Dr. roubou de mercenários) e o carro precisa alcançar a velocidade de 88 milhas por hora para desencadear o processo da viagem temporal.

Durante o teste momento Marty e Doc Brown são alvejados pelos mercenários donos do plutônio roubado. Brown é atingido e Marty entra no Delorean e sai em fuga. Ele acaba atingindo a velocidade de 88 milhas e aciona a viagem do tempo indo parar no ano de 1955. Depois dele entender o que se passou ele se vê preso num período que seus pais nem se conheciam e ele precisa encontrar uma maneira de retornar ao ano de 1985. Tudo isso descrito é apenas o início de um dos melhores filmes sobre viagem no tempo já feito.

A recriação da cidade nos anos 50 é um charme a parte e consegue transpor bem a audiência para a referida época. Marty encontra seus pais em suas versões adolescentes e também o jovem Doc Brown, e com sua chegada, acompanhamos também o choque cultural vivido por ele que veio 30 anos do futuro e agora se vê tendo que entender toda a dinâmica da época em que se encontra (rendendo ótimos momentos). O contato com seus jovens pais acaba por desencadear situações que põe em risco seu próprio futuro, e é aí que o filme prende a atenção até sua conclusão.

O longa foi lançado nos cinemas americanos em 3 de julho de 1985 e em 25 de dezembro do mesmo ano no Brasil sendo o filme de maior sucesso e bilheteria daquele ano nos EUA. A American Film Institute o reconheceu como o 10º melhor filme de ficção científica americano de todos os tempos. Assistindo o filme hoje nota-se que ele envelheceu muito bem, não ficando datado como muitos filmes bem mais recentes. Em 1989 foi lançada uma sequência e 1990 um terceiro filme encerrando a trilogia que desde então é aclamada como uma das melhores de todos os tempos.

(Posters da trilogia: Divulgação)

Com uma história que prende a atenção do começo ao fim, elenco entrosado, boa direção de Robert Zemeckis que depois viria dirigir outros grandes sucessos como Uma Cilada Para Roger Rabbit, Forrest Gump, Náufrago, A Travessia, De Volta Para o Futuro merece uma atenção toda especial de quem é Nerd, cinéfilo ou quer ter uma ótima experiência cinematográfica.

Ficha Técnica:

Título: De Volta Para o Futuro (Back To The Future)

Ano: 1985

Genero: Ficção / Aventura

Elenco: Michael J. Fox, Christopher Lloyd, Lea Thompson, Crispin Glover, Thomas F. Wilson

Direção: Robert Zemeckis

Duração: 116 min

Nota no IMDB: 8,5

~Marcos Viana


Inscreva-se no canal do Teoria Geek no Youtube e nos acompanhe também nas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.