Quer saber se vale a pena assistir à segunda temporada de Hello my Twenties / Age of Youth? Leia essa resenha e tire suas próprias conclusões sobre o dorama sul-coreano. E se você ainda não assistiu à primeira temporada, pode parar por aqui e corre lá assistir, pois você não vai querer ler spoilers, né? A resenha da primeira temporada, você confere clicando aqui.

Assim que eu soube que Age of Youth, também conhecido popularmente por Hello my Twenties, teria uma sequência, eu surtei! Sim, não só porque senti saudades das meninas da Belle Époque, mas porque estou acostumada a ver doramas terminando com um ponto de interrogação gigante sem a menor intenção das emissoras de continuar uma sequência. Sendo assim, ter uma segunda temporada significava uma conquista das grandes, e só podia significar que Hello my Twenties tinha conquistado muitos corações e dado um retorno muito positivo à emissora.

Mas nossa alegria durou pouco, pois logo que anunciaram uma segunda temporada, também ficamos sabendo que a atriz Park Hye-soo, que faz a personagem Yoo Eun Jae, seria substituída por outra atriz, e a Ryu Hwa-young, que faz o papel de Kang Yi-na, não participaria da temporada, ou seja, 40% do elenco principal seria alterado.

Choramos um pouquinho, mas não desistimos. Quando o falecido Drama Fever (descanse em paz) anunciou que iria traduzir o dorama, eu fui a primeira a acessar a plataforma na data de estreia e ficar clicando F5 o dia inteiro, iludida, pois o dorama só foi disponibilizado na plataforma algumas semanas depois.

Ficha técnica:

Gênero: Comédia / Drama
Episódios: 14
Exibição: 2017

  • Sinopse: Um ano depois dos últimos acontecimentos, a Belle Epoque recebe uma nova inquilina, a Jo Eun, que entrou no lugar da Yi Na, já que ela decidiu que era hora de começar uma nova vida. Jo Eun, junto com sua melhor amiga, Ahn Ye Ji, estão tentando descobrir o significado de uma misteriosa carta endereçada a alguém da Belle Epoque, sugerindo que uma das meninas fez muito mal a alguém no passado. Enquanto isso, Yoo Eun Jae tenta superar o recente término do namoro, Jung Ye Eun tenta se recuperar do trauma de ter sido agredida e sequestrada pelo ex-namorado, Yoon Ji Myung enfrenta problemas no novo emprego e Song Ji Won começa a ressuscitar memórias bizarras. Prepare-se para uma história pesadíssima.

Trama das personagens:

A integrante nova da Belle Époque, Jo Eun (Choi A-Ra) vai tentar solucionar o mistério da carta por conta própria, mas vai acabar se envolvendo com as meninas. O dorama também aborda sua relação problemática com sua mãe e melhor amiga e com o Seo Jang Hoon (Kim Min Seok), o sobrinho da dona da Belle Époque, que pensa que ela é um homem.

O dorama conseguiu responder a uma incógnita da temporada anterior: o surto que a Ye Eun teve no final da última temporada, que acabamos descobrindo que se tratava de um sintoma de Androfobia (medo de homens). Seu comportamento e até mesmo sua aparência mudaram muito por conta disso e ela vai passar a temporada toda lutando contra seu medo.

A Eun Jae, que é quase uma personagem nova (quem conseguiu engolir o fato de terem mudado a atriz?), levou um pé na bunda do seu veterano, Yoon Jong Yeol, sem explicação alguma, e agora tudo na vida dela gira em torno disso. Ela apresenta uma personagem sem maturidade alguma para lidar com um término, mas serve para fazer a gente pensar o quão infantil é não aceitar que um relacionamento acabou.

Já a personagem Ji Myung, continua responsável e resiliente, mas começa a ter crises com o novo trabalho, que apesar de ser na empresa dos sonhos, é um tanto desumana com seus clientes, colocando o dinheiro acima de tudo. É esse o tema principal que a cerca durante todo o dorama, já que a relação dela com o namorado lá da primeira temporada, Park Jae Wan, não recebe atenção alguma. Particularmente, achei uma trama meio bobinha.

Enquanto na temporada anterior, a personagem Ji Won tinha um papel quase esquecido, na segunda temporada ela vai ser uma das personagens centrais (é difícil falar em uma única personagem central em Hello my Twenties). Ela vai usar bastante sua formação jornalística e seu talento investigativo para ajudar a desvendar o mistério da integrante nova, sempre com a ajuda do seu amigo Sung Min (Son Seung Won).

Pontos negativos:

O maior motivo para não acreditar que o dorama merece nota 10 já deve ter ficado evidente, mas de fato foi a troca súbita de personagens importantes. Sobre a saída da Yi Na, em uma entrevista com o diretor Lee Tae Goon, ele disse que a trama da personagem já havia se esgotado, portanto não julgou necessário continuar com ela, o que achei infundado. A temporada anterior termina com Yi Na decidindo viver uma vida distante da prostituição, então como é que ele fala em esgotamento?

Talvez esgotassem os temas de outras personagens, mas não dela. Tem muita coisa para continuar aí. A vída “normal” dela se torna fácil? Ela não sofre preconceitos? O que acontece com aquele amigo dela da primeira temporada? Ela não se envolve com ninguém amorosamente? Era minha personagem preferida e era quem trazia equilíbrio ao dorama, por sua maturidade e empoderamento em relação às demais, mas me consolou pelo menos a participação eventual dela.

Também houve a troca da atriz que interpretava a Eun Jae que empobreceu a trama. Não que a atriz seja ruim, mas essa era uma personagem com características difíceis de ser reproduzidas por outra pessoa, como o caráter introspectivo, por exemplo. Seria menos estranho se tivessem tirado essa personagem com a desculpa de esgotamento do que a Yi Na, porque a trama dela também foi bem pobre.

Destaco, ainda, como ponto negativo, o fato desse dorama ter reproduzido alguns clichês. Diferentemente da ousadia e autenticidade da primeira temporada, nessa tem mocinha sendo confundida com homem, mulher correndo atrás de macho, competitividade feminina, drama envolvendo os bastidores do mundo k-pop, entre outras situações que já devo ter visto em dezenas de doramas diferentes. Achei enjoativo.

Pontos positivos:

Como ponto positivo, destaco, em primeiro lugar, simplesmente o fato desse dorama existir. Parece exagero, mas o ponto é que a primeira temporada terminou com uma sensação enorme de incompletude, então a segunda temporada sanou essa necessidade, portanto ganhou muitos pontos.

Outro ponto positivo é que, embora seja caracterizado por ter várias tramas, ao invés de uma única, pois todas as personagens têm suas histórias exploradas, percebe-se uma trama mais evidente, como foi a história da Ye Eun na primeira temporada, e essa trama realmente trouxe a tensão e a curiosidade que todo dorama precisa ter. Os mistérios foram revelados de maneira gradual e era bomba atrás de bomba.

Também gostei do dorama não ter insistido na obrigatoriedade do romance. Apesar de haver uma pitada de romance, o elemento fica longe de ser central nesse dorama, tendo uma presença marcante, porém mais sutil do que as outras tramas. A segunda temporada de Hello my Twenties / Age of Youth fala sobre família, trabalho, amizade, perdão, justiça, entre outros temas que têm a ver com a vida, que não gira apenas em torno do amor romântico.

Dou pontos, ainda, para o figurino, pois, assim como na primeira temporada, parecia que todas as personagens tinham saído diretamente do Pinterest, o que, particularmente, me agradou muito. A trilha sonora novamente me agradou bastante, e tivemos o retorno do nosso hit de abertura, que virou a marca registrada de Hello my Twenties, a música Dick e Jane, da Sidney York. A fotografia e direção também merecem reconhecimento. Estão de volta elementos marcantes da primeira temporada, como as subjetivas imagens contemplativas.

Apesar de todos os pontos negativos, não sou capaz de dizer que você não deva assistir, principalmente se tiver gostado da primeira temporada, pois a trama principal ainda é bastante interessante e as personagens continuam divertidas e cativantes, garantindo cenas engraçadíssimas. É muito bom matar a saudade das nossas meninas e da rep. mais amada das telinhas. Assista só a esse teaser que você já vai ficar com vontade de assistir.

//youtu.be/ReJmxzAteVE

Espero que tenham gostado da resenha da segunda temporada de Hello my Twenties / Age of Youthe que ela tenha esclarecido suas dúvidas e te deixado com curiosidade de assistir. Se for o caso, comente aqui. E se você já assistiu e ama esse dorama, assim como eu, me deixe saber. Até a próxima, unnies!

************************************** ONDE ASSISTIR **************************************