Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – Mugen Train, filme que dá sequencia a primeira temporada do anime de Kimetsu no Yaiba, é essencial para que você continue acompanhando o anime. O filme faz uma importante ligação entre as duas temporadas e você não pode perder esse arco muito bem adaptado em 2 horas. Já disponível na Funimation e Crunchyroll!

Essa resenha NÃO tem spoilers do filme!

Ficha Kimetsu no Yaiba Mugen Train
Ficha Técnica
Título: Kimetsu no Yaiba – Mugen Train
Ano de Produção: 2020
Dirigido Por: Haruo Sotozaki
Estreia: 13 de Maio de 2021
Duração: 1 hora de 57 minutos
Classificação: 14 anos
Gênero: Fantasia, ação e aventura
País de Origem: Japão
Sinopse: Kimetsu no Yaiba – Mugen Train adapta o arco do Trem Infinito do mangá de mesmo nome, dando sequencia a primeira temporada do anime. Onde Tanjiro, Nezuko e os demais do grupo se encontram ao Hashira das Chamas, Rengoku, em busca de deter um suposto Oni que vem atacando um Trem.

 

A história até aqui!

No início de Kimetsu no Yaiba somos apresentados a trágica história de Tanjiro e Nezuko. Com a família morta por um Oni e Nezuko, única sobrevivente do ataque, transformada em Oni, Tanjiro não tem outra saída a não ser trilhar um novo caminho para sua vida, em busca de tornar sua irmã em humana de novo. Para isso, ele terá que se tornar um exterminador de Onis.

Tanjiro e Nezuko de Kimetsu no Yaiba

Por dois anos Nezuko entrou em sono profundo, e nesse mesmo tempo Tanjiro treinou para se tornar mais forte e saber como destruir onis, e poder proteger sua irmã e a si mesmo enquanto buscasse a cura para ela. Então Tanjiro, ao terminar seu treinamento será submetido a um teste para enfim se tornar um caçador de Onis, onde ele terá que passar sete dias em meio a uma floresta repleta de Onis e sobreviver.

Teste de Sobrevivência em Kimetsu no Yaiba

Ao se tornar um caçador de Onis, Tanjiro retorna a casa de seu mentor e Nezuko já havia acordado. Nesse momento ele ganha sua espada, que apresentou a cor preta quando revelada. A cor preta é rara e existem rumores que dizem que somente caçadores sem sucesso a empunham, mas não é o que parece até então. Além da espada Tanjiro ganha de seu mentor uma caixa para abrigar Nezuko durante o dia, onde ela dormiria para recuperar suas forças ao invés de ingerir carne humana.

Caixa da Nezuko em Kimetsu no Yaiba

Em sua primeira missão Tanjiro descobre que Muzan, o primeiro Oni a existir, estaria por trás do ataque a sua família. O segredo de uma cura para Nezuko estaria com Muzan? Mas logo Tanjiro é incumbido de uma segunda missão. Nessa missão já nos é revelado alguns fatos sobre muzan, assim como 02 outros Onis que estão tentando sobreviver entre os humanos e atrás de uma cura como Nezuko, e principalmente somos apresentados a alguns Onis que fazem parte das 12 Luas, os Onis mais fortes e serventes de Muzan.

Luas inferiores em Kimetsu no Yaiba

Em sua jornada Tanjiro e Nezuko conhecem Zenitsu e Inosuke, também caçadores de Onis que farão parte da historia a partir daí. Em toda a primeira temporada de Kimetsu no Yaiba, com 26 episódios, é entregue muito da história então assisti-la por completo para entender toda a trama é muito importante, e ela vai muito além desse resumo. Você não pode ficar sem conhecer os Onis apresentados até aqui na temporada. O demônio dos tambores que cria uma batalha sem igual num cenário com interação incomum, e principalmente a família das aranhas onde somos apresentados a Rui, a Lua inferior 5, um dos 12 demônios de Muzan.

Lua inferior 5 em Kimetsu no Yaiba

Tanjiro e Rui têm uma batalha impressionante e muito emocionante, você não pode deixar de conhecer essa parte da temporada. Ao fim da batalha Tanjiro e Nezuko precisam ser levados a central dos exterminadores de Onis, onde conhecemos os Hashira, os Caçadores mais fortes. Ambos são aceitos ao grupo de caçadores mesmo Nezuko sendo um Oni, mas com uma condição, eles precisam exterminar um dos demônios da Lua, os ditos mais fortes de Muzan.

Os Hashiras em kimetsu no Yaiba

A temporada se encerra com o grupo passando por um novo treinamento e embarcando para a aventura do novo arco, do Trem Infinito. Mas um pouco antes disso temos a apresentação do demônio da Lua a integrar esse novo arco juntamente com uma cena onde Muzan nos mostra seu real poder.

Muzan em Kimetsu no Yaiba

Mugen Train – o Trem infinito!

Muitos podem achar que adaptar um arco inteiro de um mangá em apenas 2 horas pode ser um grande erro, ainda mais um arco de grande importância que interliga duas temporadas, mas em Mugen Train isso não foi um problema! O Arco do Trem infinito foi muito bem adaptado, nos dando o tempo necessário (suficiente) para digerir cada pedaço do contexto, pedaços que até foram bem rápidos no mangá. Além disso, tornou Rengoku, o pilar das chamas (Hashira das chamas), no grande astro do filme, mesmo que ele não apareça em todas as cenas. Criar um personagem tão empático, e fazer com que nos apeguemos a ele, num curto período é desafiador.

Hashira das chamas em Kimetsu no Yaiba

O filme tem o foco no demônio Enmu, classificado como Lua inferior 1 do grupo de demônios de Muzan. Suas habilidades são bem exploradas em todo o filme, habilidades que inclusive fazem com que estejamos em vários cenários diferentes, mesmo estando o tempo todo dentro de um trem, o que torna a aventura até mesmo menos cansativa. As habilidades de Enmu também nos fazem conhecer e nos aproximar mais dos personagens, entendendo um pouco mais do que se passa dentro de suas almas e passado, ponto importantíssimo para nos aproximarmos de Rengoku, nos mostrando como ele chegou até ali, e quais são seus princípios por ter se tornado o Hashira das chamas.

Enmu em Kimetsu no Yaiba

A maneira como os acontecimentos nesse arco são apresentados no filme fazem com que os personagens, que só aparecem nele, sejam bem explorados, o que também faz com que a história que está sendo contada feche muito bem, mesmo deixando uma pontinha para a segunda temporada de Kimetsu no Yaiba.

Pontinha para a segunda temporada de Kimetsu no Yaiba

Nos minutos finais nós ainda temos uma reviravolta para finalizar, onde de fato o filme entra em seu clímax. Momento esse onde se é investido muito mais, diferentemente do mangá que representou esse ultimo ato muito rápido, no filme ele foi tratado como o momento mais importante, portanto mais alongado nos trazendo a emoção que precisávamos para encerar o arco e dar início ao próximo.

 

Além de tudo isso a história é emocionante, tem a medida certa de ação e drama, a trilha sonora não deixa a desejar assim como já cumpria bem seu papel em todo o anime até aqui. A qualidade gráfica, assim como no anime, está espetacular, existem cenas que ela está mais trabalhada, mas não peca em nenhum outro momento apresentado. Para as pessoas que decidirem assistir sem terem visto o anime anteriormente o filme pode deixar diversos questionamentos, mas com certeza será uma grande surpresa, fazendo com que muitos queiram voltar e assistir a primeira temporada do anime.

 

A segunda Temporada de Kimetsu no Yaiba está confirmada para 10 de dezembro de 2021, contando com 18 episódios. Desde 10 de outubro de 2021 a Crunchyroll disponibilizou uma adaptação em sete episódios do filme!


Continua aqui no TG! Leia também a Resenha do Filme Tick, Tick… Boom!