Oh, Hey! Como estão? Bora para a resenha do anime de gangsteres com cabelos legais?

Ficha Técnica
Origem: Japão
Gênero: Shonen
Episódios: 24
Exibição: Abril/2021 a Setembro/2021
Sinopse:Takemichi Hanagaki é um desempregado que sobrevive de bicos e está na fossa. Ele descobriu que Hinata Tachibana, sua primeira e última namorada, com quem namorou no fundamental, foi morta pela impiedosa Gangue Manji de Tóquio. No dia seguinte à notícia, ele está na beira da plataforma do trem e é empurrado pela multidão. Ele fecha os olhos se preparando para morrer, mas ao abrir, ele voltou no tempo para quando tinha 12 anos de idade. Agora que ele está na melhor época de sua vida, Takemichi decide se vingar de sua vida, salvando sua namorada e parando de fugir de si mesmo.

Informações Gerais e Trilha Sonora

A animação é do estúdio Liden Films (The Heroic Legend of Arslan, Terra Formars, Hanebado!), a direção é de Koichi Hatsumi (Berserk: The Golden Age Arc I – The Egg of the King, Blue Exorcist: Kyoto Saga, Deadman Wonderland, Gangsta.), o roteiro é de Yasuyuki Muto (Basilisk, Deadman Wonderland, Sengoku Basara – Samurai Kings) e o design de personagens é de Kenichi Ohnuki (Golden Kamuy, Gundam Build Fighters) e Keiko Ōta (Ace Attorney, Hyakko). A direção de som é de Satoki Iida e a música é da responsabilidade de Hiroaki Tsutsumi (Children of the Whales, Dr. Stone, Jujutsu Kaisen).

O anime foi ao ar na plataforma da Crunchyroll e o mangá original em que a obra se inspira é escrito e ilustrado por Ken Wakui.

A opening do anime recebe o título de Cry Baby:

A Adolescência e a Rebeldia

Durante a adolescência os comportamentos são idealizados. Buscando respeito e aceitação, nessa fase, muitas vezes mudamos nosso comportamento. Vestimos roupas diferentes, falamos e andamos de forma que só outros de nosso círculo social compreendem. Alguns viram esportistas, outros estudiosos, porém alguns viram rebeldes. Na adolescência, isso é fácil, porém, conforme envelhecemos, adquirimos responsabilidades e não podemos simplesmente sair batendo em todos.

Tokyo Revengers aborda essas mudanças.

Trama Central

Tokyo Revengers 8

Na trama, o jovem Takemichi, que não deu muito certo profissionalmente ou socialmente após o fim do Ensino Médio, mora sozinho em um apartamento minúsculo e sujo, com uma vizinha implicante, tem um emprego terrível numa locadora de filmes e frequentemente é hostilizado por diferentes pessoas ao seu redor (incluindo crianças no meio da rua).

Uma noite, enquanto assistia o noticiário, é surpreendido com uma notícia assustadora: sua ex-namorada de escola morreu num acidente causado por uma gangue durante um festival. Com essa notícia, começa a lembra de seu tempo na escola, seu apogeu social. Enquanto está perdido em seus pensamentos, na estação de metrô, é empurrado nos trilhos por um estranho e, quando está prestes a ser atropelado, ele misteriosamente retorna 12 anos no passado e passa a viver novamente aquele período.

Se depara então com um período que não encaixa tanto com o que lembrava. Ele e seus amigos não eram gangsteres que mandavam em tudoa. Na realidade, não passavam de escravos de bandidos mais velhos, sendo forçados a brigar entre si por dinheiro e fazer outras coisas ruins.

Entretanto, em meio a essa decepção, encontra seu cunhado, ainda criança na época, e o salva de outros marginais. No momento, eles apertam as mãos e Takemichi retorna ao futuro, descobrindo que consegue viajar no tempo quando encosta na mão de Naoto, seu cunhado, que no futuro é um policial. Enquanto está no passado, seu corpo no futuro fica em estado de animação suspensa.

Ao descobrir e compreender como o poder de Takemichi funciona, os dois jovens adultos montam um plano: Takemichi voltará no tempo e subirá na hierarquia da Tokyo Manji Gang, o grupo responsavel pela morte de Hinata. E quando assumir o poder, irá mudar o futuro e salvar a vida de seu grande amor!

Tokyo Revengers 1

Novas amizades e terríveis inimigos

Com o plano bolado e voltando no tempo, Takemichi logo começa sua escalada. Junto de seus amigos, acabam se envolvendo em um esquema de apostas de luta de colegiais. Buscando salvar a pele de um deles, Takemichi desafia o líder desse coliseu.

Em meio a luta, quase perdendo a consciência, Takemichi é salvo, da maneira mais absurda possível. Vindo ao longe, com cabelos incríveis (cabe ressaltar que sim, os cabelos nessa obra são PERFEITOS), Mikey e Draken, líderes do que viria a se tornar a Tokyo Manji Gang.

Tokyo Revengers 2

Acontece que os mais velhos que coordenavam as lutas, eram liderados por Mikey, que não gostou nada do que viu. Eles são espancados como punição, e o líder da gangue simpatiza com Takemichi, dando um apelido carinhoso e o chamando de amigo.

Através desse golpe de sorte, Takemichi começa a agir em seu plano de salvar Hinata. Com a amizade de Mikey e Draken, a história entra em uma trama bárbara, cheia de violência, traição e momentos épicos!

Tendo em vista que se trata de uma animação bem recente, não quero trazer mais spoilers, para não estragar sua experiência, querido amigo leitor. Então, na parte da trama, irei ficar por aqui.

Cabelos, estilos e personagens cativantes

Admito que, de início, me interessei pela adaptação por ter visto os personagens que fariam parte. Tudo em Tokyo Revengers tem estilo: as roupas, as motos, as lojas, as gangues. Mas o que me fez assistir foi ele, ele mesmo: Draken.

Tokyo Revengers 3

Vi ele e pensei: “ok, eu preciso ver a história que esse cara ta envolvido!”

Mas não fica somente nele, absolutamente todos os personagens de Tokyo Revengers são bem desenvolvidos! Todos tem seus cabelos incríveis, com histórias profundas e aquele típico clichê do gênero shonen: “meu passado é triste, olha esse flashback ai pra entender”.

Isso que faz a obra tão boa: os personagens. Tokyo Revengers cativa a audiência através deles, pois até mesmo os vilões atraem nem que seja um pouquinho da nossa compreensão (mesmo seus atos sendo COMPLETAMENTE injustificáveis).

Tokyo Revengers 4Conclusão e Nota

Tokyo Revengers definitivamente veio para suprir uma necessidade de shonens mais pesados, e acabou acumulando literalmente uma horda de fans! Totalmente justificável, um anime com uma história incrível, e como já mencionado acima, personagens extremamente cativantes. Receita perfeita.

Para o anime, levando em consideração tudo já dito, e que também a animação deixa a desejar em muitos pontos, minha nota é:

Apesar de ser uma bela e cativante obra, só não leva um 10 pelo fato da animação, que muitas vezes parecia feita com muita preguiça. Espero que logo possamos continuar acompanhando a saga de Takemichi! Estou curioso pelo final!
Mas enfim, comenta aí o que você achou e compartilha com seus amigos pra dar uma força! Muito obrigado por sempre lerem e até a próxima!
Tokyo Revengers  7