Tokyo Ghoul: Re é a continuação de Tokyo Ghoul. Dois anos após os acontecimentos do anime anterior, nos encontramos acompanhando Haise Sasaki. Mas quem é Haise Sasaki ? E onde estão Kaneki, a Anteiku, Touka e todos os personagens por quem nos apaixonamos ? 

Ficha Técnica: 

Gênero: Drama, ação, mistério e horror

Autor: Sui Ishida

Episódios: 24

Foi ao Ar em Abril de 2018

Sinopse:  Dois anos após o ataque do CCG a Anteiku, O CCG continua seus preparativos para enfrentar a arvore de Aogiri. Para isso, foi criada uma equipe especial chama de Quinx. Os Quinx são humanos que foram modificados e tem algumas das habilidades dos Ghouls. Sendo uma esperança de erradicar os Ghouls, a equipe é liderada por Haise Sasaki, um jovem treinado pelo próprio Arima, e que tem mais do que aparenta se passando em sua mente.

Após o confronto que levou o CCG a se deparar com Kaneki Ken, eles começaram a fazer experiências para criar soldados como ele. Assim, vários recrutas e alguns soldados que foram considerados compatíveis para a cirurgia se tornaram versões mais controladas de Kaneki. Tendo barreiras para impedir que se aproximem mais de Ghouls do que de humanos, estas cobaias prometem ser a chave para um futuro sem Ghouls.

Aquele que lidera os Quinxs é Haise Sasaki, o agente do CCG é meio humano e meio Ghoul, e isso o torna perfeito para aconselhar e treinar os Quinxs. Quem vê seu rosto sereno e gentil, não imagina que ele foi treinado pelo o próprio Arima e que tem um enorme poder de combate. Mais do que isso, Haise luta para esconder que dentro de si há uma pessoa, e ele o chama para um passado distante, para voltar a ser alguém que, á muito não é mais.

No meio de tanta tensão a equipe especial tem seus próprios problemas internos. Os demais membros do CCG olham a equipe com cautela, e muitos deixam claro seu desgosto. Urie tem a patente mais alta depois de Haise, porém ele se recusa a trabalhar em equipe e vê os demais como inferiores. Shirazu é um idiota animado demais, mas que se importa com seus colegas. Mutsuki parece ter medo de liberar suas habilidades se tornando um tanto inútil em combate. E por ultimo temos Saiko, que não está interessada em trabalhar.

Contando com uma grande diferença no design, Tokyo Ghoul: Re segue no mesmo clima de seu predecessor. Focando na evolução de seus personagens e em mostrar como o mundo é complexo. Estaremos mais próximos do CCG do que dos Ghouls desta vez, mas a pergunta principal é a mesma. Quem está errado ? Os humanos, ou os Ghouls ? Talvez seja este mundo que está quebrado. 

 

 

 

Trailer:

//www.youtube.com/watch?v=Yko9LI5oLSU