Como visto pelo título, se trata de um anime chinês (e nem sei se mudando a origem muda o nome da animação também hehe) que pelos traços me fez achar que seria bem daqueles romances fofinhos e cheios de clichês e onde a protagonista vive se encrencando para seu amor a salvar, pois bem, me enganei.

Talvez possa causar um certo estranhamento no início para quem não está acostumado com a língua, pois eles parecem falar bem rápido, e em certos momentos chega a parecer um canto, mas logo se acostuma com o novo som.

Gêneros: Ação, arte marcial, fantasia, comédia, drama, romance.

Episódios: 13

Exibição: 2019

Estúdio: KJJ Animation

 

  • Sinopse: Uma jovem ladra no século XXI, após ser traída por seu parceiro, acaba indo parar em um passado fantasioso, no corpo de uma fraca jovem prometida a um Rei. Porém o conhecido como Rei Demônio acaba se interessando por essa nova personalidade que surge em seu reino.

 

O início já mostra uma personagem forte, nesse momento de força física mesmo, que não treme em nenhum momento em enfrentar um número grande de inimigos. Somente esse ponto foi o que me levou a continuar assistindo a animação.

Mas não tem como criar algo sem nenhum clichêzinho. Óbvio que como de clichê a protagonista aparece com algo super especial para aquela época que se descobrirem todos irão querer ir atrás dela para conseguir o que ela tem, mas isso a gente pode relevar.

Não achei a personagem superficial, ela realmente parece uma pessoa real sem algo muito forçado, ela tem personalidade, é forte e encara os perigos, mas também se rende as emoções, chora, sente ciúmes e por vezes fraca, e acho que isso faz com que possamos nos identificar com ela.

Os outros personagens ainda não foram muito bem explorados para dizer sobre eles, certamente no Manhua podemos descobrir mais sobre o enredo já que a animação encontra-se parada no episódio 13. E quero dizer que fiquei contente que o par romântico da protagonista não é um cara seco que fica com cara de bunda o tempo todo e mostra um interesse ora ou outra, ele é até bem carismático e podemos perceber uma certa afeição logo no início do relacionamento entre os dois, mas ainda assim acho que ele possuí alguns comportamentos errados.

Admito que gostei bastante dos traços, cheios de detalhes e cores, deixam o desenho muito bonito e admirável, e claro complementam muito as roupas de época só que com um certo toque de modernismo, afinal nunca que iremos ver uma tipo de “kimono” com a saia curtinha, mas isso não tira toda a beleza da arte.

A obra ainda deixou muitos mistérios não resolvidos, então creio que mais para frente terá mais episódios. Para os apaixonados por ação, é preciso saber que o anime não foca muito nisso, por ter o romance algumas pessoas podem achar um pouco lento o desenvolvimento, mas particularmente me agradou, tanto que assisti tudo em um dia, e por isso recomendo muito a assistirem.

~Tamy


Inscreva-se no canal do Teoria Geek no Youtube e nos acompanhe também nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram.