O julgamento de Johnny Depp e Amber Heard virou notícia em todo o mundo, e dificilmente alguém não viu um dos cortes exibidos nas redes sociais. Mas você sabe o motivo pelo qual o caso foi televisionado?

A decisão mais importante que Penney Azcarate – a juíza chefe do Tribunal de Justiça do Condado de Fairfax – tomou pode ter ocorrido semanas antes do julgamento, quando ela permitiu que a Court TV operasse duas câmeras de piscina no tribunal.

Apesar de todas as críticas, Penney Azcarate observou que estava recebendo muitos pedidos da mídia e tinha a responsabilidade de manter os procedimentos abertos aos observadores. Se as câmeras não fossem permitidas, ela temia que os repórteres chegassem ao tribunal, potencialmente criando uma condição perigosa lá.

Permitir a cobertura do julgamento deu aos espectadores a chance de ver todas as evidências, avaliar a credibilidade das testemunhas e tomar suas próprias decisões sem ter nada filtrado pelos meios de comunicação. Mas alguns observadores temem que a decisão de Penney também tenha um efeito assustador nas vítimas de violência doméstica.

Michelle Simpson Tuegel, advogada que representou vítimas de crimes sexuais em casos de alto perfil, disse que seus clientes muitas vezes nem querem que seus nomes reais sejam usados ​​em processos públicos. Agora, ela teme que eles tenham medo de aparecer em uma transmissão ao vivo. E você, achou a decisão da juíza sábia?

Fonte: Variety

Emocionante não é? Quebrar as regras. NÃO continue lendo aqui.