Já está disponível pelo site e app de mangás Mangaplus, da editora Shueisha (Shonen Jump), a one-shot de Death Note, intitulada Death Note: Justice or Evil, onde a história se passa 10 anos após a trama original e é focada no jovem Minoru Tanaka, que em um breve encontro com Ryuk, o shinigami acaba oferecendo o Death Note ao jovem, mas Minoru tem um objetivo diferente para o uso do caderno da morte. No Mangaplus, a one-shot de Death Note está disponível em inglês e em espanhol.

E não para por aí. Pegando a todos de surpresa, a Editora JBC irá lançar a one-shot de Death Note oficialmente aqui no Brasil, em formato digital. Death Note: Justice or Evil pode chegar ainda nessa semana pela plataforma digital da JBC, e posteriormente, poderá ganhar uma versão impressa em breve.

A história original de Death Note girava em torno de Light Yagami, um jovem inteligente que acaba encontrando um Death Note, um caderno da morte que pertencia a um shinigami chamado Ryuk. O usuário que estiver em posse do Death Note escreve o nome da pessoa no caderno, e aquele que tiver seu nome no caderno, morre. Light usa o caderno pra fazer justiça com as próprias mãos pra matar todos os tipos de criminosos e corruptos no mundo todo. Sendo conhecido como Kira pelo povo, Light não mede esforços pra alcançar o objetivo de purificar o mundo do mal, e se tornar o juíz e deus do Novo Mundo. Mas as ações de Light acabam chamando a atenção de um renomado detetive, conhecido como L, que busca impedir a todo custo a onda de assassinatos feitos pelo Kira, e trazê-lo a justiça.

O mangá de Death Note foi publicado pela Weekly Shonen Jump em dezembro de 2003 e foi concluído em maio de 2006. Teve sua adaptação em anime com duas temporadas (37 episódios) produzida pela Madhouse, três adaptações de games (e participações em jogos crossovers da Shonen Jump), duas light novels, um dorama, um músical, cinco live-actions japoneses, e um live-action americano bastante criticado feito pela Netflix.

No Brasil, Death Note teve seu mangá publicado pela Editora JBC em duas versões, e sua adaptação em anime foi dublada e foi transmitido pelos canais Animax/Sony Spin e PlayTV, e atualmente está disponível pela Netflix.

                                                                                                                                                        ~Raniery Aruca~