O live action “O Rei Leão”, da Walt Disney Studios, atingiu a marca de US$ 1 bi nas bilheterias em pouco mais de duas semanas de exibição. Apesar de ter recebido duras críticas e está com uma avaliação muito abaixo da esperado, o longa prova que a  aposta do estúdio nas versões “live action” é rentável.

O estúdio ainda conta com as versões live action de “Mulan”, “Cruela”, “Malevola 2: A Dona do Mal”, “A Dama e o Vagabundo”, entre outras, todas em andamento.

Em 2019, a Disney já alcançou a marca de US$ 1 bi com outro três filmes: “Aladdin”, “Capitã Marvel” e “Vingadores: Ultimato”, sendo que o último se tornou a maior bilheteria da história do cinema, que ainda pode alcançar US$ 3 bi em bilheteria.