NOTÍCIA | Demo de Final Fantasy VII Remake possui um final secreto; produtores falam mais sobre o game em entrevistas

Cloud se prepara para infiltrar-se no reator Mako 1

A demo de Final Fantasy VII Remake, disponibilizada na última segunda (02/03), possui um “final secreto”. A única condição determinante, para que o tal final “secreto” ocorra, é escolher o tempo de 20 minutos para a explosão da bomba no reator Mako 1. Se o fizer, serão mostradas algumas cenas de Sephiroth, o que não ocorre se optar por 30 minutos de prazo para a detonação da bomba.

Paralelamente, em uma entrevista para o site GameSpot, o produtor Yoshinori Kitase disse que ele, junto de sua equipe, provavelmente entrarão direto na sequência, sem pausa. Além disso, disse que considera o remake muito importante, e não se preocupa se tivesse que trabalhar nele pelo resto de sua carreira, atualizando-o pelos próximos 10 ou 20 anos novamente, se necessário.

Comparação entre o game original e o remake

“Um tema comum entre o original e o que estamos fazendo agora é a ideia de usar a nova tecnologia para tornar os personagens mais expressivos – essa foi uma das principais razões pelas quais queríamos mudar para os personagens poligonais originalmente. Pensamos que poderíamos torná-los muito mais expressivos do que os sprites 2D poderiam ser, e isso é praticamente o mesmo agora com Final Fantasy VII Remake. “

Tifa apoiada no balcão do bar Seventh Heaven

Já em uma outra entrevista, concedida à Famitsu pelo diretor e character designer original dos personagens, Tetsuya Nomura, foi confirmado que os personagens que apareceram em “Compilation of Final Fantasy VII” não estarão em Final Fantasy VII Remake:

“Nenhum personagem aparece neste jogo, mas alguns elementos dele são abordados de uma certa maneira. Além disso, não faz parte da Compilation of Final Fantasy VII, mas há personagens do livro de história paralela de Nojima, Final Fantasy VII, The Kids Are Alright, que aparecem no jogo”.

Capa do livro Final Fantasy VII The Kids Are Alright: A Turks Side Story

Final Fantasy VII The Kids Are Alright: A Turks Side Story, é uma história oficial, escrita por Kazushige Nojima, lançada em 2011 no Japão, em formato de livro, mas não faz parte da compilação. Seus eventos antecedem a animação Final Fantasy VII: Advent Children. A “Compilation of Final Fantasy VII” foi anunciada em 2003, com o filme em computação gráfica Final Fantasy VII: Advent Children, lançado em 2005. Contudo o título de inauguração da compilação acabou sendo o game Before Crisis: Final Fantasy VII, devido aos recorrentes atrasos de Advent Children. A compilação é composta das seguintes iterações e suas respectivas plataformas:

  • Before Crisis – Final Fantasy VII (2004 – dispositivos móveis, exclusivamente no Japão, NTT DoCoMo’s FOMA iMode, SoftBank Mobile e EZweb; prequel de FF VII, focada nos Turks)
  • Final Fantasy VII: Advent Children (2005 – filme animado em computação gráfica lançado diretamente para DVD; sequência direta de FF VII)
  • Dirge of Cerberus – Final Fantasy VII (2006 – game de ação/shooter, protagonizado por Vincent Valentine, lançado para PS2; ocorre após os eventos de Advent Children)
  • Dirge of Cerberus Lost Episode – Final Fantasy VII (2006 – spin off mobile de Dirge of Cerberus; ocorre durante os eventos do game original)
  • Crisis Core -Final Fantasy VII (2007 – action RPG protagonizado por Zack Fair, lançado para PSP)
  • Final Fantasy VII: Advent Children Complete (2009, versão em Blu-Ray melhorada e estendida de Advent Children)

É claro que Nomura menciona “este jogo”, o que abre a possibilidade para que os próximos capítulos do remake abordem partes destes projetos. Inclusive, na própria demo, há um cartaz na estação de trem que faz referência à uma fruta citada em Crisis Core, a banora white.

Cartaz à direita exibindo uma propaganda da fruta banora white, citada em Crisis Core

Final Fantasy VII Remake será lançado exclusivamente para o PlayStation 4 em 10 de abril de 2020.