Com certeza você já deve ter visto alguma imagem referente ao Studio Ghibli, mesmo que você não saiba, e como em Junho o estúdio completa 36 anos de fundação, resolvi antecipar a comemoração e trazer junto com alguns amigos do TG um especial todinho para o Studio Ghibli.

Studio_Ghibli_especial-teoria-geek

Fundação 

Studio Ghibli é um estúdio famoso pelos filmes de animação, mas também produziu vários curtas-metragens, comerciais e filmes para a TV, além de ter colaborado com estúdios de videogame no desenvolvimento visual de vários jogos.

Após o sucesso do filme de anime de Topcraft, Nausicaä do Vale do Vento (1984), os diretores Hayao Miyazaki e Isao Takahata e o produtor Toshio Suzuki fundaram o Studio Ghibli no dia 15 de Junho de 1985.

Filmografia Studio Ghibli

O Castelo no Céu foi a primeira animação produzida oficialmente pelo Studio Ghibli, lançada em 1986, obteve uma boa recepção e foi bem elogiado pela crítica, recebeu a premiação Anime Grand Prix, realizada pela revista Animage. E também arrecadou um total aproximado de 157 milhões de dólares, somando a arrecadação de bilheteria, venda de vídeos caseiros e da trilha sonora.

Depois vieram os filmes Túmulo dos Vagalumes e Meu Amigo Totoro, ambos do ano de 1988. Este último que provavelmente é um dos mais conhecidos do Studio Ghibli, tanto que está presente na logo.

Em sequência tivemos O Serviço de Entregas da Kiki (1989), Memórias de Ontem (1991), Porco Rosso (1992), Eu Posso Ouvir o Oceano (1993), PomPoko: A Grande Batalha dos Guaxinins (1994), Sussurros do Coração (1995), Princesa Mononoke (1997), Meus Vizinhos, Os Yamadas (1999).

Já em 2001 foi lançado A Viagem de Chihiro, a décima-segunda produção oficial do Studio Ghibli e a sétima realizada por Miyazaki dentro do estúdio. A produção tornou-se a mais bem sucedida da história do cinema japonês, conquistando mais de 352 milhões de dólares mundialmente.

Seguindo a lista temos O Reino dos Gatos (2002), O Castelo Animado (2004), Contos de Terramar (2006), Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar (2008), O Mundo dos Pequeninos (2010), Da Colina Kokuriko (2011). 

Então já no ano de 2013 foram lançados Vidas ao Vento e O Conto da Princesa Kaguya, e no ano seguinte foi lançado As Memórias de Marnie (2014). Após um hiato, em 2020 o Studio Ghibli lançou o primeiro filme totalmente feito em CG, com o título de Āya to Majo, ainda sem tradução para o português.

especial-tg-studio-ghibli-netflix

Studio Ghibli: Favoritos dos redatores

  • Lia Cordeiro:
O Castelo Animado

O filme lançado em 2004 a nível mundial é o meu favorito, pois acredito que contém todos os elementos clássicos dos estúdios Ghibli. Além disso, foi a primeira animação da franquia que eu assisti.

Faz pelo menos 10 anos que eu adquiri um dvd, encantada com a imagem do cartaz. A animação, ao mesmo tempo que fantástica, romântica e dramática; me chamou a atenção desde o início. Sophie, uma jovem sem grandes ambições e com baixa autoestima, é uma personagem bem comum no meio de um cenário medieval e encantador. A vida dela dá uma guinada e a faz amadurecer de fato quando conhece o jovem e belo feiticeiro Howl, conhecido por ser maldoso e mulherengo. Mas há muito mais em Howl, e Sophie vai descobrir ao ser amaldiçoada por uma das piores feiticeiras do reino. Todavia, mais importante: a jovem também irá descobrir bem mais de si mesma.
Todo esse contexto “animado” acontece em meio a uma guerra. Sophie, Howl, a bruxa das terras abandonadas e todo o elenco fantástico que os rodeiam serão essenciais para mudar esse trágico cenário. Principalmente, a jovem antes bem comum de nome: Sophie.

O Castelo Animado de Hayao Miyazaki foi baseado na obra “Howl’s Moving Castle” da escritora inglesa Diana Wynne Jones. Aqui no Brasil, um box com a trilogia de livros que o inspirou será lançado em 17 de Maio de 2021 pela editora Galera. (Saiba mais clicando aqui.)

Por fim, a animação ganhou e foi indicada a diversas premiações, como ao Oscar na categoria “Melhor Animação”. Este, ela não ganhou, mas conseguiu mais de 10 prêmios, como por exemplo o 61º Festival de Veneza na categoria “Prêmio Osella por Realização Técnica” (realizado na Itália, cidade de Veneza, que premia os melhores filmes anualmente) e o Nebula Awards na categoria “Melhor Roteiro” (Estados Unidos – premiando os mais destacados filmes de fantasia e ficção científica exibidos no país bianualmente).

especial-teoria-geek-o-castelo-animado-netflix

 

  • Nathan:

A Viagem de Chihiro

De todos os filmes do fantástico Studio Ghibli, “A Viagem de Chirio” é e sempre será o meu preferido. Lembro até hoje da experiência de ter assistido essa obra maravilhosa de Hayo Miyazaki no cinema da minha cidade, um pequeno Nathan que inicialmente não estava entendendo o filme, mas estava completamente maravilhada com tudo aquilo que ele estava vendo. Após alguns anos reassisti o filme e novas camadas surgiram para mim. A profundo narrativa de Miyazaki, a jornada de amadurecimento e autoconhecimento de Chihiro juntamente com as grandes lições da obra me marcaram de uma forma única e facilmente tornou-se um dos meus 3 filmes favoritos da vida.

especial-teoria-geek-a-viagem-de-chihiro-netflix

 

  • Mari Luques:
Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar

Entre os filmes que assisti do Studio Ghibli, eu escolhi Ponyo, talvez porque a história me fez pensar na Ariel, da Disney. A princesa que vive no mar mas que deseja se tornar humana.

Porém diferente da história da pequena sereia onde é retratado o amor entre a Ariel e o Príncipe Erick, em Ponyo é mostrado um amor de amizade, entre a princesa peixinho e um garotinho de cinco anos chamado Sosuke.

Tudo nessa animação me encantou, as cores vibrantes, a trilha sonora incrível, pode ser que eu tenha aproveitado mais por ter assistido depois de ter ficado ”velha” e por isso ter entendido algumas coisas do pano de fundo da história.

Por exemplo em como Sosuke lida com a saudade do pai, que passa mais tempo no mar do que em casa, ou a vida sobrecarregada mas feliz de Lisa. Todos os fatores contribuíram para que Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar seja o meu favorito do Studio Ghibli.

especial-tg-studio-ghibli-ponyo-netflix

  • Victória Malta:
O Serviço de Entregas da Kiki 

Mas meu filme do Studio Ghibli favorito é ” O serviço de entrega da Kiki”, ele é tão especial para mim que até cosplay já fiz! Eu amo que história mostra o desenvolvimento da independência da Kiki não só como bruxa, mostra que além dos bons momentos e novos aprendizados ela também teve dias ruins onde ela quis desistir como qualquer um ❤️

especial-studio-ghibli-teoria-geek-o-servico-de-entregas-da-kiki-netflix

Todos os filmes citados acima e muitos outros títulos do Studio Ghibli estão disponíveis na Netflix.

Curiosidades

  • A Viagem de Chihiro ganhou trinta e cinco prêmios, entre os quais incluem o Oscar de Melhor Filme de Animação em 2003. Assim, se tornou o segundo filme a receber esta condecoração, pois a categoria se iniciou em 2002, sendo o único filme em língua não-inglesa a ganhar o prêmio até agora;
  • Totoro já apareceu em algumas animações como um Easter Egg. Algumas delas foram: South Park, Bob Esponja, Toy Story 3 e Samurai Jack;
  • Ghibli é uma palavra italiana que significa ar quente soprando no deserto do Saara, e Hayao Miyazaki escolheu esse nome com o sentido de que eles levariam um ”novo ar” para as animações japonesas;
  • Seis filmes do Studio Ghibli estão entre os 10 filmes de anime com maior bilheteria produzidos no Japão;
  • Cinco filmes do Studio Ghibli receberam indicações ao Oscar.

Conheça mais sobre o Studio Ghibli


Gosta de ler sobre filmes? Então se liga e leia também: RESENHA | Filme: New Gods – Nezha Reborn