A mais recente temporada de Stranger Things deixou os personagens acreditando que o amado chefe de polícia Jim Hopper havia morrido durante o fechamento do Portão para o Upside Down. Mas várias pistas importantes do contexto nos deixaram acreditando em outra possibilidade:

1 – Hopper jogou Grigori na máquina de energia, criando um “ventilador” de eletricidade que funcionava como uma barreira entre ele e o caminho para o laboratório anexo. Antes de Joyce virar as chaves e explodir a máquina, vimos Hopper parado à esquerda da máquina na vista acima. Pouco antes de a máquina explodir, Hopper de repente desapareceu do lado da máquina. Hopper não está mais em pé ao lado da máquina quando está prestes a explodir. O episódio ficou preto por seis segundos depois que Joyce girou as teclas, deixando bastante espaço para interpretações sobre o que aconteceu entre o momento em que ela fechou os olhos e quando a máquina realmente explodiu. Havia uma escada que descia da plataforma da máquina, Hopper poderia ter descido a escada (mostrada abaixo) e ter ido parar no Upside Down antes que a máquina explodisse.

2 – Não havia pilha de gosma ou poeira para mostrar o corpo destruído de Hopper. Quando Joyce correu para olhar a plataforma onde Hopper estava, não havia nada que pudesse ser, possivelmente, os restos de Hopper. E na cultura geek, sempre que não mostrar alguém morrendo em cena ou seu cadáver, temos sempre que ficar de orelhas em pé.

3 – Quando Hopper estava lutando contra Grigori, suas últimas palavras ao homem russo foram: “Vejo você no inferno”. Durante a reportagem que toca após o final dos cortes para “três meses depois”, é apresentado uma placa com vandalismo “Bem-vindo a Hawkins” que foi grafitado para dizer “Bem-vindo ao Inferno”.

4 – No podcast oficial da Netflix para a mais nova temporada, “Behind the Scene: Stranger Things 3”, o co-criador Matt Duffer disse sobre Hopper: “sempre conversamos sobre ‘O Império Contra-Ataca‘”, “nós sempre quisemos um final mais sombrio. Queríamos dar a ele um momento de sacrifício Han [Solo]”. Han Solo foi confinado em carbonita no final de “Empire Strikes Back”, apenas para ser revivido no início de “The Last Jedi”. Esta é mais uma dica importante dos irmãos Duffer de que o sacrifício de Hopper não significa sua ausência permanente de “Stranger Things”.

5 – Stranger Things já fez três “mortes” falsas antes. A primeira temporada de Stranger Things não apenas forjou um corpo falso de Will na pedreira, mas também levou o público a acreditar que tanto Eleven quanto seu “pai”, Dr. Brenner, estavam mortos. Como a segunda temporada revelou, nenhum deles tinha realmente morrido. Eleven estava simplesmente dentro do Upside Down – assim como Hopper poderia estar agora. Quanto a Brenner, um dos ex-funcionários do Hawkins National Lab disse a Eleven que ainda estava vivo. Então a “irmã” de Eleven, Kali, mostrou-lhe uma visão de Brenner insultando-a por nunca tentar encontrá-lo. Mais tarde, um produtor executivo da série aparentemente confirmou que Brenner realmente ainda está por aí, o que significa que ele pode entrar em jogo em uma temporada futura.

6 – A cena do meio dos créditos mostra os russos segurando “o americano” em uma cela, e Grigori chamou especificamente Hopper de “o americano” um pouco antes. Quando os guardas russos passam por uma cela e um diz “o americano não“, parece ser uma referência direta a como o perseguidor russo o chamava continuamente de “o americano” durante toda a terceira temporada. Contudo, há outros americanos, como o Dr. Brenner, que poderiam estar dentro dessa cela. Mas mesmo se Hopper não é o americano que eles estão fazendo referência, nós apostamos que Hopper ainda está vivo, no Upside Down.

7 – O ator David Harbor deu a entender que Hopper ainda está vivo em uma entrevista depois que Stranger Things 3 estreou, onde disse que Hopper está “muito provavelmente” ainda vivo:

Entrevistador: ”Existe uma maneira de você falar sobre o futuro do Hopper sem …

Harbour: “Bem, você viu a cena dos pós-créditos?

Entrevistador: “Hopper é quem está atrás da porta?

De acordo com Harbour, esse é o cenário “mais provável”.

8 – A música que toca no final Stranger Things 3 é a mesma da primeira temporada, quando o corpo falso de Will é descoberto.  Depois de Eleven ler a carta de Hopper, o final corta para uma montagem de todas as crianças dizendo adeus e Joyce arrumando suas malas. “Heroes”, de Peter Gabriel (um cover da icônica canção de David Bowie), toca durante a cena. Essa é a música exata que tocou no final da primeira temporada, no terceiro episódio, “Holly Jolly”, quando as crianças vêem o “corpo” de Will saindo da água da pedreira e acreditam que ele está morto. Mas como logo descobrimos, o corpo era falso e Will estava muito vivo.

9 – Se você ligar para o número de telefone de Murray mencionado no programa, a Netflix configurou uma mensagem de voz, em uma gravação de uma secretária eletrônica do personagem, onde Murray diz que tem uma “atualização” de algo para Joyce:

Se esta é Joyce, Joyce, obrigado por ligar”, diz Murray na mensagem em um ponto. “Eu tenho tentado entrar em contato com você. Tenho uma atualização. É sobre, bem, provavelmente é melhor falarmos pessoalmente. Não é bom, nem ruim, mas é alguma coisa.

Que notícias neutras Murray estaria tentando entregar pessoalmente a Joyce? A notícia de que Hopper está vivo, mas em perigo ou inatingível, não seria boa nem ruim, mas importante o suficiente para que Murray estivesse ansioso para contar a Joyce.

10 – Os poderes de Eleven estão convenientemente funcionando mal, então ela não pode tentar procurar por Hopper. Nenhuma de suas habilidades sobrenaturais funciona na “ressaca” da batalha em Starcourt, o que significa que mesmo que ela queira, ela não pode checar se Hopper está lá fora em algum lugar. Nosso melhor palpite é que uma temporada futura de Stranger Things mostrará ambas as coisas: ela recuperando seus poderes e percebendo que Hopper ainda está vivo na mesma época.

11 – A história de Hopper está claramente inacabada em Stranger Things. A “morte” de Hopper e de sua filha provavelmente está conectada ao Laboratório Nacional Hawkins – ou, no mínimo, ao prédio onde o Departamento de Energia dos EUA realizou seus experimentos com Eleven. Matar Hopper antes que a parte chave de sua história seja explicada faz pouco ou nenhum sentido. Nós nos sentimos confiantes de que Hopper estará de volta, e esperamos que, quando ele voltar, tenhamos mais respostas sobre seu passado ainda não mostrado.


Referência:

//www.insider.com/stranger-things-evidence-hopper-is-alive-2019-7#hoppers-story-is-clearly-unfinished-on-stranger-things-14