DO MELÓDICO AO EXTREMO, DO CLÁSSICO AO MODERNO, CONFIRA O TOP 10 ÁLBUNS DE METAL DE 2021, POR PERALTA

 

Após um melancólico 2020, 2021 fui um ano de adaptação e expectativa de retorno à “vida normal”. Para a comunidade do Heavy Metal, 2021 foi um ano repleto de novidades, contando com lançamentos que vão desde o retorno de bandas consagradas, passando pelo estabelecimento de novos gigantes e chegando ao surgimento de futuros ícones da música pesada. Então, confira o TOP 10 álbuns de Metal de 2021.

Claro, é importante ressaltar que a lista foi criada a partir de uma opinião pessoal, não se baseando apenas em critérios técnicos, levando em conta aspectos subjetivos como a relevância, a influência e o puro impacto emocional. Então, desde já, saliento que diversos álbuns EXCELENTES ficaram de fora da lista final.

MENÇÕES HONROSAS:

 

10 – HELLOWEEN – HELLOWEEN

 

Helloween álbum
Ficha Técnica
Artista: Helloween
Álbum: Helloween
Faixas:11
Formação: Andi Deris (vocais), Michael Kiske (vocais), Kai Hansen (guitarra e vocais), Michael Weikath (guitarra), Sasha Gerstner (guitarra), Marcus Grosskopf (baixo) e Dani Löble (bateria)
Gravadora: Nuclear Blast
Ano: 2021

 

Helloween“, como um álbum homônimo, cumpre brilhantemente o seu papel de sintetizar as diversas caras que a banda alemã teve ao longo de sua longa carreira. Embora não se trate de um álbum perfeito, em razão de sua longa duração e de algumas faixas que ficam um pouco abaixo do nível das demais, o disco alcança a excelência. Não apenas, a obra carrega a aura do Helloween, a maior banda de Power Metal da história, com uma energia extremamente alegre, cativante e, acima de tudo, espontânea. Se a reunião do Helloween se trata de um fanservice, é, definitivamente, um fanservice feito com muita paixão a esse gênero repleto de histórias épicas e grandiosas. Afinal, existe história mais épica do que a  dessa reunião do Helloween?

 

 

09 – HUSHED AND GRIM – MASTODON

Top 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Mastodon
Álbum: Hushed And Grim
Faixas: 15
Formação: Brent Hinds (vocal e guitarra), Bill Kelliher (guitarra), Troy Sanders (vocal e baixo) e Brann Dailor (vocal e bateria)
Gravadora: Reprise Records
Ano: 2021

 

Em 2017, o Mastodon lançou “Emperor Of Sand”, disco que atingiu boa repercussão comercial, porém dividiu opiniões entre os fãs. Agora, os americanos lançam “Hushed And Grim”, álbum mais longo da carreira da banda. Nesse trabalho, o Mastodon mescla a abordagem mais palatável dos últimos álbuns com a variedade progressiva de Crack The Skye. Não apenas, pode-se dizer que Hushed And Grim é o trabalho mais emotivo da banda desde o transcendental disco de 2009. Assim, mesmo com longa duração, o Mastodon demonstra que ainda sabe fazer música progressiva de excelente qualidade e entrega um trabalho muito consistente.

 

 

08 – APHELION – LEPROUS

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Leprous
Álbum: Aphelion
Faixas: 10
Formação: Einar Solberg (vocais, teclados), Tor Oddmund Suhrke (guitarras), Robin Ognedal (guitarras), Simen Daniel Lindstad Børven (baixo), Baard Kolstad (bateria)
Gravadora: Inside Out Music
Ano: 2021

Não é novidade que o Leprous tem sido um dos grandes nomes do Metal progressivo na última década. Entretanto, em “Aphelion” a banda mergulha na sonoridade que o antecessor Pitfalls (2019) havia esboçado e utiliza diversos elementos de Dream Pop com a adição de passagens eletrônicas. Nesse álbum, os vocais de Einar Solberg estão mais agudos e teatrais do que nunca, contando, inclusive, com o retorno dos guturais na última faixa. Mais do que isso, “Aphelion” é uma bomba de emoção, explorando refrões carregados de paixão e melancolia.

 

 

07 – MAERE – HARAKIRI FOR THE SKY

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Harakiri For The Sky
Álbum: Maere
Faixas: 10
Formação: Matthias “MS” Sollak (guitarra, baixo, bateria), Michael “JJ” V. Wahntraum (vocal)
Gravadora: AOP Records
Ano: 2021

 

Lançado no início do ano, “Maere” é um disco subestimado. Sua 1h24min de duração pode, ao primeiro momento, afastar os ouvintes. Entretanto, nesse álbum, o Harakiri For The Sky entrega uma jóia do Post-Black Metal. Misturando guitarras delicadas e melódicas com percussões caóticas e vocais desesperadores, o álbum transcende o Black Metal e encara temas psicológicos e existencialistas. Inclusive, “Maere” conta com a participação de Neige, do Alcest, na faixa “Sing For The Damage We’ve Done”, um dos grandes momentos do disco. Então, apenas feche os olhos e expulse seus demônios com o disco dos austríacos.

 

 

06 – MOONFLOWERS – SWALLOW THE SUN

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Swallow The Sun
Álbum: Moonflowers
Faixas: 08
Formação: Mikko Kotamäki (vocal), Juha Raivio (guitarra), Juho Räihä (guitarra), Matti Honkonen (baixo), Juuso Raatikainen (bateria), Jaani Peuhu (teclado/vocal)
Gravadora: Century Media Records
Ano: 2021

 

Por falar em melancolia, o Swallow The Sun, no final do ano, lançou “Moonflowers“, disco sucessor de “When A Shadow Is Forced Into The Light” (2019). O álbum é duplo, sendo que o segundo disco trata-se de versões orquestradas das canções. Moonflowers retoma o tom fúnebre de seu antecessor e continua explorando o luto do guitarrista Juha Raivio após a morte de sua esposa, a vocalista Aleah Stanbridge. Em termos sonoros, o álbum entrega o Death/Doom Metal característico dos finlandeses, contando com adições de Post-Punk, Post-Metal e Black Metal ao longo de suas faixas. Sem dúvidas, é um trabalho denso, porém delicado, que fica marcado entre os lançamentos mais impactantes do ano por sua carga emocional.

 

 

05 – IN THE COURT OF THE DRAGON – TRIVIUM

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Trivium
Álbum: In The Court Of The Dragon
Faixas: 10
Formação: Matt Heafy (vocal e guitarra), Paolo Gregoletto (baixo), Corey Beaulieu (guitarra) e Alex Bent (bateria)
Gravadora: Roadrunner Records
Ano: 2021

 

“In The Court Of The Dragon” entrega um Trivium mais maduro do que nunca. É surpreendente o nível de produção e de composição alcançados nesse trabalho, ainda mais, levando em conta que a banda lançou “What The Dead Men Say” há apenas 18 meses. Aliás, a contribuição da lenda do Black Metal Ihsahn na composição das passagens sinfônicas do álbum trouxe uma profundidade sonora que o Trivium jamais havia alcançado em sua carreira.

Matt Heafy está extremamente confortável e versátil a frente dos microfones, enquanto protagoniza duetos absurdos com Corey Beaulieu nas guitarras. Paolo Gregoletto continua consistente como o fiel escudeiro de Heafy. Sem dúvidas, Alex Bent é o baterista definitivo para o Trivium. Desde a sua entrada, a banda vem alcançando performances cada vez mais concisas e tecnicamente apuradas.

Portanto, em “In The Court Of The Dragon”, a banda vai além, entregando um trabalho variado, dinâmico e OUSADO. Do Thrash Metal ao Sinfônico, passando pelo Melodic Death Metal e pelo Metalcore, tudo foi bem executado aqui. Mais do que isso, “In The Court Of The Dragon” soa enérgico, poderoso e surpreendente, como o rugido de um dragão.

 

 

04 – COLORS II – BETWEEN THE BURIED AND ME

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Between The Buried And Me
Álbum: Colors II
Faixas: 12
Formação: Tommy Rogers  (Vocal/Teclado), Paul Waggoner (Guitarra), Dusty Waring (Guitarra), Dan Briggs (Baixo), Blake Richardson  (Bateria/Percussão)
Gravadora: Sumerian Records
Ano: 2021

A banda norte-americana de Prog Metal Between The Buried And Me surpreendeu com o seu décimo-primeiro álbum de estúdio. “Colors II” é o sucessor espiritual de “Collor” (2007), um dos trabalhos mais marcantes da carreira da banda e cumpre a missão de se comparar ao primeiro.

Aqui, podemos ver a música progressiva elevada ao extremo. Entretanto, nesse ponto, não falamos de virtuosismo vazio, mas, sim, de um disco extremamente variado em influências, ritmos, técnicas e estruturas. Por vezes, o disco soa tão inventivo e teatral que flerta com o experimentalismo do Avant-Garde. Dessa forma, ao longo de sua 1h18mins de duração, em momento algum o álbum soa cansativo.

Seja nos momentos melódicos comandados pelas passagens de teclado, seja nos momentos mais quebrados e extremos, “Colors II” surpreende a todo momento e se consagra como um épico do Prog Metal.

 

 

03 – ETERNAL BLUE – SPIRITBOX

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Spiritbox
Álbum: Eternal Blue
Faixas: 12
Formação: Resposta em itático e cinza claro
Gravadora: Rise Records
Ano: 2021

Eternal Blue entregou o que prometia. Sem vergonha alguma de soar comercial, o Spiritbox explora elementos Pop e incorpora ao Metalcore/Djent, criando uma sonoridade própria e marcante. Além disso, é necessário destacar a produção impecável do disco. O baixo e a guitarra, mesmo nas canções mais palatáveis, possuem um punch arrebatador ao acompanhar os vocais. Enquanto isso, a bateria, ao longo álbum, vai experimentando viradas e quebras que adicionam nuances às composições. O trabalho realizado com samples e sintetizadores é impressionante, formando uma base sonora de muita personalidade. A duração do disco é excelente, contando com aproximadamente 43 minutos e apostando em faixas curtas e diretas, sem quebras o ritmo conciso da obra.

Portanto, Spiritbox surge em Eternal Blue mostrando a que veio e entregando um disco cheio de personalidade e identidade. A banda que surgiu prometendo um Metal com características modernas e acessíveis, demonstra que já deixou de ser uma promessa.

 

 

02 – WALLFLOWERS – JINJER

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Jinjer
Álbum: Wallflowers
Faixas: 11
Formação: Tatiana Schmailyuk (vocal), Roman Ibramkhalilov (guitarra), Eugene Abdiukhanov (baixo), Vlad Ulasevich (bateria)
Gravadora: Napalm Records
Ano: 2021

 

Então, “Wallflowers” vai na contramão do que se espera de uma banda que acaba de se consolidar no mainstream. Enquanto muitas bandas utilizam esse momento para tornar seu som mais palatável e simples, Jinjerentrega em “Wallflowers” o seu disco mais tecnicamente complexo, caótico e quebrado. Abusando de ritmos inesperados, grooves contagiantes e blast beats, o disco possui um destaque a parte nas composições de guitarra de Roman que, nunca estiveram tão variadas, melódicas e dinâmicas. O trabalho lírico é maduro e atual, abordando nuances e consequências da pandemia nas relações humanas.

Nesse disco, todos os músicos da banda estão performando com maestria. Sobre Tatiana Shmailyuk: se trata da vocalista de Metal mais versátil e marcante da atualidade. Cada vez mais, parece que não há limites para o que a ucraniana pode fazer com a sua voz.

Ainda, “Wallflowers” tem o mérito de equilibrar perfeitamente os aspectos extremos, progressivos e ecléticos da banda, transitando sempre com naturalidade. Não apenas, tal equilíbrio se reflete no tracklist, que acaba sendo a sequência mais consistente da carreira do grupo.

Portanto, “Wallflowers” supera seus antecessores e assume o posto de melhor álbum da carreira do Jinjer, explorando ao extremo a capacidade de uma banda que não tem medo de ousar.

 

 

O MELHOR ÁLBUM DE 2021

01 – FORTITUDE – GOJIRA

 

TOP 10 Metal 2021
Ficha Técnica
Artista: Gojira
Álbum: Fortitude
Faixas: 11
Formação: Joe Duplantier (vocais e guitarras), Christian Andreau (guitarras), Jean-Michael Labadie (baixo), Mario Duplantier (bateria)
Gravadora: Roadrunner Records
Ano: 2021

 

Fortitude surgiu com enorme expectativa, após 5 anos de “Magma”. No entanto, o disco vale cada segundo de espera. Talvez, seja possível afirmar que o álbum supera seu antecessor.

Assim, Fortitude é um disco enérgico, poderoso, positivo e vibrante. O sétimo álbum de estúdio dos franceses é menos introspectivo e metafórico e muito mais direto e incisivo nas suas mensagens e crenças. O Gojira está mais político do que nunca.

Não apenas, o álbum sintetiza com criatividade e coerência a jornada do Gojira ao longo de duas décadas e ainda presenteia os fãs com novos elementos da gama criativa da banda. Mario Duplantier, está técnico, como sempre, mas extremamente maduro e certeiro. Jean-Michael possui grandes momentos no álbum e a produção valoriza completamente essas passagens. Christian Andreu e Joe Duplantier trazem a vociferante guitarra do Gojira e exploram novas camadas melódicos. Quanto aos vocais de Joe…estão melhores do que nunca.

Portanto, Fortitude demonsta a esperança em tempos difíceis, a luz que vem após a escuridão. E o Gojira, demonstra que sua obra vai muito além do Heavy Metal, muito além de um dos grandes nomes da música pesada de sua geração, tornando-se um forte manifesto por tempos melhores, uma mensagem na qual podemos acreditar.

 

 

Fortitude Álbum Gojira

 

Então, ficamos por aqui com o Top 10 álbuns de Metal de 2021 e na expectativa por mais lançamentos marcantes em 2022.

Gostou da lista? Deixe sua opinião. Discorda? Deixe seu Top 10 nos comentários.

 

BOAS FESTAS E ATÉ LOGO!