O que esperar do mundo dos games em 2022

Ano novo, vida nova para todos, inclusive para os gamers. A indústria que mais cresce em todo o setor do entretenimento começa 2022 com altas expectativas em diversos segmentos, desde aguardados lançamentos até a consolidação de mercados intrinsicamente ligados aos jogos.

Confira abaixo algumas das principais tendências para esse vasto universo neste novo ano:

Nova geração à prova

A nova geração de consoles chegou no final 2020, mas pode-se dizer que ainda não temos mostras do real potencial do Xbox Series, PS5 e das placas de vídeo de última geração. Isso porque a grande maioria dos jogos lançados para esses hardwares até aqui foram cross-gen, o que limita um pouco esse potencial gráfico e de tempo de carregamento e processamento – ainda que muitos títulos tenham versões otimizadas para a nova geração.

A tendência é que a partir de 2022, o lançamento de jogos seja mais contundente e, dessa forma, possamos experimentar o real potencial desses hardwares.

Sequências de franquias aclamadas

God of War

Esse potencial vai poder ser medido de perto com algumas sequências de franquias de enorme sucesso que estão paradas há algum tempo. Um dos jogos de maior expectativa é o God of War: Ragnarok, exclusivo de Playstation (pelo menos num primeiro momento, já que seu antecessor chegará ao PC), que colocará um fim à saga nórdica de Kratos e seu filho, Atreus, trazendo novos personagens icônicos da mitologia, como Tyr e Thor.

Outro game que ganhará uma sequência é Horizon: Forbidden West, dando sequência à história de Zero Dawn. O novo título da franquia já tem até data para chegar ao PS4 e PS5: 18 de fevereiro. Há ainda outras sequências bastante aguardadas no mundo dos games, como Final Fantasy XVI, Dying Light 2, S.T.A.L.K.E.R 2, Gran Turismo 7 e a tão esperada continuação de Zelda: Breath of the Wild para os nintendistas.

Novas histórias

Elden Ring

Além das continuações, 2022 marcará a chegada de algumas novas franquias que prometem mexer com as estruturas da nova geração. Uma delas é Elden Ring, da FromSoftware, que tem a proposta de trazer o gênero souls-like popularizado por Dark Souls, Demon’s Souls e Sekiro para um ambiente de mundo aberto. A história tem a assinatura de ninguém menos que George R. R. Martin, autor de Game of Thrones, e chega em 25 de fevereiro no mercado.

Já a Bethesda, que fez tanto sucesso com o medieval Elder Scrolls e o pós-apocalíptico Fallout, aposta agora em um RPG com exploração do espaço: trata-se de Starfield, que vem sendo considerado um dos projetos mais ambiciosos da empresa adquirida pela Microsoft.

Quem também espera ansiosamente por um lançamento são os fãs de Harry Potter, que serão brindados com o game Hogwarts Legacy, um RPG em mundo aberto que colocará o jogador na pele de um bruxo na escola de magia mais famosa do planeta.

Mobile cada vez mais em alta

LOL

Não são apenas os consoles mais robustos que agitarão a indústria dos games em 2022. Afinal, os celulares também chegaram de vez no universo gamer – Free Fire que o diga. Com o número de usuários cada vez maior e um alcance ainda superior que os consoles, este segmento deve atrair ainda mais investimentos na produção de games.
Os jogos para dispositivos mobile certamente seguirão em alta em 2022, e não se surpreenda se grandes marcas passarem a fazer a portabilidade de seus títulos para os dispositivos móveis, algo que a Riot fez com sucesso no League of Legends: Wild Rift. Um dos jogos mais populares do mundo, o poker também deve ter cada vez mais peso no segmento mobile com uma ampla oferta de aplicativos de poker e outras funcionalidades para tornar a modalidade ainda mais prática.

Lives a todo vapor

Twitch

Jogar sozinho está virando “coisa do passado” – embora ainda seja a preferência da grande maioria dos gamers. O que queremos dizer é que as transmissões de jogos vieram pra ficar. Em dezembro do ano passado, a Twitch, que é a principal plataforma de streaming de jogos, registrou mais de 7,5 milhões de streamers ativos.

Tudo leva a crer que esse número deve aumentar em 2022, já que mais pessoas estão descobrindo a plataforma e, principalmente, como tirar rentabilidade de uma atividade que antes era desempenhada por pura diversão.

E-Sports voltando à normalidade

E-sports

Que a febre dos e-sports seguirá em alta não é segredo pra ninguém – afinal, o cenário competitivo de jogos como League of Legends, DOTA, Call of Duty: Warzone, Counter-Strike: Global Offensive, Valorant e tantos outros atingiu patamares gigantescos nos últimos anos. Porém, as imagens de arenas lotadas para acompanhar os campeonatos não foram vistas recentemente por conta da pandemia.

Com o avanço da vacinação, a tendência é que os torneios presenciais comecem a voltar aos poucos, e com ele, seu público mais do que fanático.

Fotos: Divulgação


Quer saber de mais novidades sobre o mundo dos games? Clica AQU!