Pai, afinal o que significa isso? Há quem diga que pai é o progenitor masculino, mas também têm aqueles que dizem que pai é quem cria. Mas basta só “criar“, dar sustento e tirar umas fotinhas? Não, para mim, pai é aquele que está presente sempre que pode, que interage, ama e dá o seu melhor. É quem apoia e ajuda nas dificuldades, mas corrige e dá duras quando necessário.

Defensoria Pública da Alesp ajuda no reconhecimento gratuito de ...

  Hoje é dia dos pais e aproveitando essa data eu decidi homenagear dez pais da ficção que adoro e acho que merecem reconhecimento por cumprirem com o que para mim é ser pai. De Teen Wolf à Meninas Super Poderosas você vai relembrar ou conhecer esses pais da ficção.

Gru (Meu Malvado Favorito)

  O malvado favorito de muita gente adota três menininhas para, inicialmente, usá-las como desculpa para cometer certas infrações. Ele tenta manter distância e não sentir nada, porém com a convivência acaba se apegando muito as três. E fazendo de tudo para deixá-las e vê-las bem, inclusive, abandonar o mundo do crime.

Gru, pai de Agnes, Margô e Edith

  Ao longo dos três filmes vemos o quanto Gru evoluiu, não só como pessoa, mas também como pai. Ele é preocupado e uma das suas missões de vida passou a ser cuidar das meninas. Ele faz de tudo por elas, mesmo que isso inclua se vestir de princesa em uma festa de aniversário. Apesar de continuar meio bronco, Gru é um pai admirável.

Xerife Stilinski (Teen Wolf)

  Quem viu Teen Wolf vai ter que concordar que esse cara merece estar aqui. O xerife da cidade de Beacon Hills é viúvo e pai de Stiles, um adolescente curioso e enxerido, que escutava o que era transmitido na viatura de seu pai, para assim ir atrás dos mistérios que rondavam a cidade.

         Abraço pai e filho Teen Wolf

  O senhor Stilinski, apesar da profissão, sempre arrumava tempo para cuidar e dar atenção ao filho. Também tentava manter Stiles nos eixos, mas isso geralmente não dava certo. Um pai extremamente preocupado, gentil e que tentava entender o que se passava com o filho. Ao longo de tudo, ele acaba até se envolvendo nas aventuras sobrenaturais que rondam a pequena cidade.

Rei Harrow (O Príncipe Dragão)

  O rei que se casou com uma mulher que já tinha um filho, mas sempre tratou o menino infinitamente bem. Rei Harrow, assim como o xerife Stilinski, também era viúvo, mas antes de perder a mulher teve o pequeno Ezran que se tornou um menino arteiro, mas incrivelmente fofo. O meio irmão mais velho de Ezran, Callum sempre teve um certo distanciamento do rei, por receio e insegurança. Mas apesar disso, em vários momentos do desenho é mostrado o quanto o rei amava Callum como seu próprio filho.

Pai e Rei Harrow

  Por ser um rei ele não tinha tanto tempo assim com os meninos. Mas sempre demonstrou se preocupar e os amar igualmente. Apesar de nunca ter conseguido se aproximar tanto de Callum quanto gostaria. O rei é um exemplo de pai por sempre tentar dar o seu melhor aos meninos, e tentar protegê-los a qualquer custo, ao mesmo tempo que buscava uma interação com eles. E de longe é o melhor padrasto que alguém poderia querer.

Arthur Weasley (Harry Potter)

  Não tem como não gostar do pai dos Weasley. Sempre amoroso e querendo fazer o bem, o senhor Weasley é um pai admirável. Mesmo não tendo muito ele fazia de tudo para dar o melhor aos filhos.

Pai e família Weasley

  Arthur tratava como filho qualquer amigo de seus descendentes, isso é visto claramente com Harry e Hermione. Um homem extremamente curioso e até ingênuo que sempre tentava ver o melhor em tudo e nas pessoas. O senhor Weasley é inegavelmente um pai excêntrico e maravilhoso que contagiava todos com sua boa energia.

Gai Sensei (Naruto)

  Sim, eu sei que de fato ele não é pai de ninguém, nem biológico e nem adotivo. Mas não há como negar o grande paizão que ele foi para Tenten, Neji e, principalmente, Rock Lee. O sensei sempre dava lições de vida e tentava fazer seus alunos irem além de seus limites. Mostrou a Lee que o garoto era muito mais do que pensava. Ajudou Tenten a ver o potencial que tinha, e da mesma forma treinou Neji.

Time Gai

  Apesar de Neji e Tenten o acharem bem esquisito e por vezes até se envergonharem com algumas atitudes dele, era nítido sua admiração e também o quanto gostavam de tê-lo por perto. Seu jeito animado demais da conta e estilo duvidoso acabaram passando para Rock Lee, que definitivamente vê Gai como pai. Assim como o sensei vê, não só ele, mas como os outros dois, como filhos.

Tony Stark (Vingadores: Ultimato)

  Nesse último filme dos Vingadores vimos Tony de um modo que não estávamos acostumados. Ele e Pepper são os pais da pequena Morgan, uma menininha doce, curiosa e muito inteligente. Quem viu o filme sabe a pendenga que dá e tudo o que acontece. Nosso Homem de Ferro não queria participar da empreitada exatamente porque tinha uma família que amava muito. Ele acaba topando, desde que o que fizessem não mudasse o presente daquele momento.

Tony Stark

  Tony se mostrou um pai excelente e que quer o melhor para sua filha. Mesmo que ao final de tudo não tenha conseguido tanto tempo com ela quanto merecia. Quem diria que o playboyzinho metido se tornaria um pai tão incrível.

Vegeta (Dragon Ball Z e Super)

  Chega de pagar pau pro Goku, pois quando o assunto é ser um bom pai no universo de Dragon Ball é Vegeta quem merece o título. Não podemos dizer que ele é um pai amoroso, pois a paternidade não tirou sua bronquidão e mal humor. Porém, ele é super presente e preocupado na vida de seus filhos.

Vegeta e Trunks

  Vegeta, inclusive, dá algumas lições de paternidade em Goku. Ele nega participar de um torneio de luta, porque não sabe se sua filha vai ter nascido até lá. Apesar de treinar com Trunks, sua presença paternal vai além disso e por esse motivo Goku deveria se influenciar mais pelo amigo.

Mestre Splinter (As Tartarugas Ninjas)

  Como deixar de fora dessa lista o rato mutante que criou quatro tartarugas agitadas e também mutantes? Mestre Splinter era um pai muito sábio que queria ver o melhor em seus filhos. Ele os treinou da maneira que achou ser a melhor possível. Dava conselhos e também duras nos nossos queridos tartarugas.

Splinter e os tartarugas

  Criou os quatro num esgoto, dando lições, ensinando regras e luta. Não deixava faltar nada, e apesar das diferenças gritantes entre os quatro, Mestre Splinter os amava igualmente. Se esforçava ao máximo por eles, e ajudava a tirá-los de perigo sempre que possível. O ratão é melhor que muito pai por aí.

Jerry Russo (Os feiticeiros de Waverly Place)

  Quem aí lembra do pai dos três feiticeiros? Jerry tinha que ter muita paciência para lidar com as personalidades contrastantes dos três filhos. Justin era inteligente e esforçado, Alex preguiçosa e geralmente queria usar a magia em seu próprio favor, e Max (me desculpem a palavra) era burro além da conta.

Pai Russo

  Jerry sempre tentava fazer o melhor para seus filhos e estava sempre interessado em saber o que se passava na vida deles. Tentava se entrosar, era divertido e amoroso. Mas que se precisasse os repreendia e deixava de castigo, mesmo que isso às vezes não desse muito certo. Um pai presente que auxiliava seus filhos no que fosse capaz.

Professor Utônio (As Meninas Super Poderosas)

  O que dizer do cara que criou nossas super-heroínas de Townsville? Assim como Jerry, a paciência do professor era admirável. Se já não é fácil lidar com uma criança, imagine com três que, além de tudo, ainda têm poderes. Um pai amoroso que fazia tudo por aquelas meninas. Inclusive, mandá-las para a escola e terem uma alimentação saudável, mesmo, teoricamente, elas sendo superiores a isso.

O professor

  Apesar de tudo ter tido início com uma experiência, o professor tomou como um presente a surpresa que caiu sobre si. E fez um ótimo trabalho criando aquelas três menininhas sapecas e poderosas. Dando atenção, amor, carinho e tudo o mais que uma criança precisa.

Menção honrosa: George Roberts (Barbie Dreamhouse Adventures)

  Passei anos imaginando como seria o pai da nossa famosa Barbie, e no ano passado finalmente pude ver como ele era. Na série de animação Barbie Dreamhouse Adventures, que é seguida por Barbie Dreamhouse Adventures Go Team Roberts, nós podemos ver a Barbie com sua família. Inclusive, seu pai, que é ótimo.

//www.youtube.com/watch?v=276pfRdZgVY

  George é um pai e marido maravilhoso. É meio lerdo mas tem ótimas ideias e está sempre tentando agradar as cinco mulheres de sua vida. É presente na vida das meninas, e tem algo especial com cada uma delas, sempre as incentiva e apoia. Definitivamente é um pai que merece menção honrosa.

  Eaí, tem algum pai que você queria ter visto aqui, mas ficou de fora da lista? Se sim, conta aí pra gente!!!