ESPECIAL TG | Dark: Confira mais sobre viagem no tempo

Arrisco a dizer que o tema viagem no tempo tem a mesma relevância de quando falamos de serial killers por exemplo. Um tema que unanimemente todos apreciam. A terceira temporada de série Dark vem aí e nada mais justo do que um ‘aquecimento’ sobre o tema.


Literatura

Então vamos começar com literatura que é onde as idéias fluem com mais abundância. E achei que ficaria muito óbvio falar sobre o livro A Máquina do Tempo de H.G. Wells, que serviu de inspiração para série, ja que o livro é mencionado em vários episódios.


A Sombra vinda do tempo – H.P. Lovecraft

Um dos contos menos conhecidos do autor H.P. Lovecraft porém um dos melhores na minha opinião. Aqui o professor Nataniel descobre uma segunda personalidade após perder sua memória. As investigações pelo seu passado o levam até a Austrália, onde descobre anotações contendo os segredos sobre viagens no tempo.

Ideal para quem curte contos curtos e objetivos, sem enrolação.

• ONDE COMPRAR •
• Amazon 


Iluminadas – Lauren Beukes

Aqui um serial killer tem o poder de viajar no tempo em busca de pessoas ‘iluminadas’. Pessoas capazes de transformar o mundo parece que ja li essa história antes. Mas não se deixe enganar pelas semelhanças com O Iluminado odo mestre King. A questão aqui é outra, se o destino, a evolução podem realmente ser alterados.

Algo que me chamou a atenção é que somos apresentados a várias questões que envolvem moralidade. Sabe aquelas perguntas onde tudo é certo e errado? Como por exemplo roubar uma pessoa para impedir que um crime aconteça a outra e por aí vai..

• ONDE COMPRAR 
• Amazon 


Games

O tema de viagens no tempo é muita mais abortado nos games do que você imagina. Embora tenha sido deixado de lado em lançamentos recentes. Ainda assim é possível encontrar uma vasta biblioteca para o tema:

Life is Strange

Ame ou odeie, embora aqui o foco seja seja a teoria do caos, partindo da premissa de quando ma borboleta bate as asas de um lado do planeta, pode gerar um tornado do outro lado. Voltar no tempo é algo constante na história, mesmo que só para piorar o que ja era ruim. É uma história adolescente? Sim. É cheio de clichês? Sim. Mas nem por isso LIfe is Strange deixa de ser um jogo único.

Considero um jogo para jogar no intervalo, ou seja quando você enjoa de algum outro. Principalmente porque cada capítulo tem cerca de 2 horas de duração e são 5 no total.


Bioshock Infinite

Esse é aquele jogo que faço questão de jogar todo ano. É difícil citar como funciona a viagem no tempo aqui sem mencionar alguns spoilers da história, mas estamos falando de um jogo que foi lançado em 2013.

Pois bem, aqui Elizabeth que acompanha o protagonista Booker por grande parte de sua jornada, é capaz de abrir fendas temporais em meio aos combates, algo que proporciona diversas possibilidades para lidar com os inimigos.


Chrono Trigger

Eis um jogo atemporal, pois foi lançado para Super Nintendo, PS1, PC, Android entre outras plataformas. Aqui o protagonista Crono viaja através de eras diferentes, não para locais diferentes, ou seja é possível explorar os mesmos cenários no futuro pós apocalíptico ou mesmo na pré história.

Considero o pioneiro quando nos referimos a jogos onde as escolhas do jogador definem e influenciam a história.


Ansioso para a terceira temporada de Dark? Eu também. Aqui estão alguns exemplos de como algo feito no passado pode trazer sérias consequências para o futuro.

Optei por não citar filmes desta vez pois acredito que mereçam um especial a parte, pois filmes que abordam são extremamente populares.

Yan Alves
Words are very unnecessary..