ESPECIAL TG | Animes lançados na primeira parte do ano para conferir!

Estamos chegando em Julho e duas das temporadas de lançamento de animes já se passaram. Muitos não costumam acompanhar os lançamentos, ou seguem apenas as continuações. Mas para aqueles que aguardam até o fim da temporada, ou estão apenas procurando algo diferente para ver, aqui estão animes lançados nessa primeira parte do ano para conferir!

In/Spectre

In/Spectre ou Kyokou Suri, dividiu opiniões no final da temporada. O anime cheio de mistérios lançado na primeira temporada do ano e trouxe Kotoko e Kuro como seus personagens principais. A Kotoko se tornou uma deusa da sabedoria após dar sua perna e seu olho para yokais. Ela deve guiar os seres sobrenaturais e, quando vários deles aparecem assustados, ela vai investigar. A fantasma Nanase acaba sendo o foco dos personagens após a metade do anime e acabamos entre ver a luta corpo a corpo de Kuro e a luta mental de Kotoko contra a existência que chamavam de Nanase.

In/Spectre

Nanase estava ganhando cada vez mais poder e ficando cada vez mais agressiva. A culpa disso era sua fama e os vários rumores que a cercavam e a morte da pessoa Nanase, que foi muito misteriosa. Ver os personagens atrás de informações e criando estratégias fez com que a ansiedade entre um episódio e outro aumentasse conforme o anime passava. Porém alguns queriam ver mais da luta de Kuro no final que foi cheio de combates mentais entre Kotoko e o chat onde as pessoas falavam da fantasma.

Jibaku Shounen Hanako-kun

Este anime com um belíssimo equilíbrio entre cenas cômicas e suspense começa com uma lenda muito parecida com a da “loira do banheiro”. Nene está apaixonada pelo Senpai, e para conquista-lo está disposta a literalmente qualquer coisa. Ela decide então ir ao banheiro das meninas invocar Hanako, o espirito que habitava o banheiro e realizava desejos. Para a surpresa de Nene a invocação funciona, mas ao invés da assombração ajuda-la, Hanako usa um guia de uma revista para chamar fazer Nene chamar a atenção do rapaz.

Jibako Shounen Hanako-kun

Após Nene pedir por uma solução verdadeira, uma confusão começa e ela acaba virando a assistente de Hanako. Agora ela devera acompanhar o misterioso garoto em quanto ele tenta descobrir quem é que está enlouquecendo as demais assombrações da escola. Apesar de ser uma história divertida e engraçada, Hanako virou uma assombração após cometer um crime sério. Os detalhes de sua vida e seu crime são mostrados lentamente durante o anime, dando um clima mais sinistro a obra. O maior problema é o final que fica em aberto, esperamos que tenha uma segunda temporada.

Id: Invaded

Id: Invaded começa de uma forma muito inusitada. Sakaido, um detetive brilhante, acorda no meio do nada e com partes faltando ( sim, partes do próprio corpo!). Ele não lembra de nada além do fato de ser um detetive e seu nome, até que repara no corpo de uma jovem. Sakaido sabe instantaneamente que está ali para resolver  o mistério de quem matou aquela garota e como. Para isso ele terá que compreender o estranho muito em que se encontra e juntar as pistas.

Id: Invaded

Quando falamos de perda de memória e mundo estranho, automaticamente pensamos em isekai, mas essa anime não tem nada haver com isso. Sem poder dar muitos detalhes sem estragar a trama, ele trata de investigações e dos traumas de seu protagonista. Inusitado e inovador, o anime prende bastante e nos leva pelo deturpado mundo dos serial killers com a ajuda dos poços de ID.

Otome Game

Otome Game faz parte da segunda temporada de lançamentos, e acabou sendo uma grande surpresa. Com o lançamento de vários Isekais nas ultimas temporadas, talvez alguns tenham decidido fugir desse estilo por um tempo, mas este anime vale a pena. Começamos com uma menina mimada tentando conquistar um príncipe, quando ela bate a cabeça no chão e se lembra que não era desse mundo. A menina era uma pessoa do nosso mundo antes, e era fissurada em um jogo chamado Fortune Lover.

Otome Game

Ela logo descobre que reincarnou com uma das personagens do jogo, mas fica chocada ao saber que voltou justo como a vilã. Katarina Claes é a responsável por tornar a vida da heroína do jogo difícil, e sempre termina morta ou exilada. Para impedir esse final Katarina decide se dedicar a criar uma amizade com os demais personagens. Conseguira ela evitar os eventos grandes do jogo que ela chamou de “flag´s da destruição”? O anime acabou sendo muito divertido de assistir, e já tem a segunda temporada confirmada para o ano que vem!

Yesterday wo utatte

Este anime começa de maneira calma, com Uozumi encontrando uma estranha garota durante seu turno na lojinha de conveniência. O nome da menina é Haru, e ela tem uma queda evidente em Uozumi, mas antes que possamos começar a torcer para um possível casal, descobrimos que o protagonista também está gostando de alguém. Uozumi é apaixonado pela Shinako desde que estavam na faculdade, e acaba de reencontrar ela. E vocês sabem quem também  gosta da Shinako? O Rou, irmão mais novo de um antigo namorado da Shinako, apesar dela ainda estar amando o irmão dele, Rou está disposto a conquista-la.

Yesterday Wo Utatte

Apesar dessa grande confusão amorosa, Yesterday Wo Utatte não conta uma história cheia de lágrimas e brigas, pelo contrário. É muito fácil se colocar no drama amoroso de qualquer um dos personagens, difícil é não se relacionar com nenhum deles. A forma como tudo acontece e como seus personagens lidam com as incertezas que vem não só de seus romances, mas do futuro em si, são muito reais. Este anime acaba fazendo você torcer, se irritar e refletir sobre alguns dramas da vida.

Kakushigoto

Kakushigoto é um daqueles animes que você entra esperando dar algumas risadas e simplesmente relaxar assistindo. Ele conta a história de um pai que esconde seu trabalho de sua filha, Hime. Ela é apenas uma criança e acredita que seu pai, Goto, é um assalariado comum daqueles que sai todo dia cedo de terno para o trabalho. Porém o que Goto realmente faz para viver é desenhar mangás. Ser um mangaka não é o verdadeiro problema aqui, acontece que ele vive de um manga de piadinhas sujas.

Kakushigoto

Ele chega á um nível que em uma de suas edições tem uma foto censurada dele desenhando pelado! O que aconteceria seu sua filha o visse, como ele explicaria tudo isso para ela? Para piorar, Hime tem apenas o seu pai, o que torna o trabalho de se esconder cada vez mais complicado. Assim como esperado, o anime é divertido e agradável, mas sempre que acaba um episódio vemos um time skip da Hime de 18 e ela está descobrindo o segredo de Goto. A tensão de não saber onde ele está e se aconteceu algo com ele trás uma emoção inesperada a obra.


 

Larissa Leite
Comecei a ver anime aos 6 e nunca mais parei. Dedico meu tempo livre a produzir conteúdo Otaku ^^