Em seu livro de estreia, com o título de Quase Bruxa, a baiana Rafaella Marques chama atenção no meio literário com a história de uma jovem de 16 anos em um processo de descoberta, repleto de aventuras.

Quase Bruxa é lançado pela Plus Editora, selo do Grupo Editorial Coerência; e é o livro que dá início à série de fantasia, Eleita Pela Magia.

Além disso, tamanha é a repercussão da obra, que tanto livro quanto a autora podem ser indicados ao Coerência Choice Awards 2021 (premiação literária realizada no último trimestre do ano) nas categorias de: Melhor Fantasia e Autor(a) Revelação.

O Teoria Geek conversou um pouco com Rafaella Marques para descobrir mais sobre a carreira da autora e, sobretudo, o que esperar para os próximos projetos:

Rafaella por Rafaella:

TG: Quem é Rafaella Marques?

Quase Bruxa - Rafaella Marques - Grupo Editorial Coerência - Teoria Geek

Rafaella Marques: Sou uma amante da fantasia e da ficção! Graduanda em Direito pela Universidade do Estado da Bahia, tenho 23 anos e moro em Jacobina, na Bahia, com minha família. Tenho os interesses mais variados. Adoro aprender idiomas, estudar programação, ler, escrever, e sou aficionada por tudo o que remete ao universo das ciências exatas e da tecnologia. Quando estou escrevendo uma trama, costumo me perder nela e me imaginar interagindo com todos os personagens e elementos, o que é sensacional!

TG: Como você se tornou leitora e escritora?

Rafaella Marques: Sempre gostei muito de ler e escrever, desde pequena. Acredito que por influência de minha família. Eles costumavam me dar gibis e histórias infantis quando criança, e à medida que fui crescendo, o gosto pela leitura só aumentou. Logo, me vi querendo criar minhas próprias histórias, e, aos 12 anos, escrevendo meus primeiros contos.

Inspirações de Rafaella: 

TG: Quais foram suas maiores inspirações para a escrita de Quase Bruxa?

Rafaella Marques: Quase Bruxa foi escrito quando eu tinha 14 anos, e quando se tem essa idade – não apenas, mas especialmente — tudo é motivo para inspiração. Peguei eventos da minha vida, fatos da minha rotina e os transformei no meu próprio mundinho fantástico. E amei o resultado!

TG: Qual é o seu objetivo como autora?

Rafaella Marques: Espero que as pessoas possam se divertir com aquilo que escrevo! Quase Bruxa é um livro leve, moldado para que os leitores deixem um pouco de lado seus problemas e se transportem para um universo cheio de magia, amizade e descobertas. E que se sintam motivados à retornarem a ele sempre que desejarem sentir essa leveza!

TG: Sem os eventos presenciais, como tem sido a recepção dos leitores?

Rafaella Marques: Por enquanto, em situação de isolamento, a recepção dos leitores tem ocorrido de forma virtual. Tenho recebido em minhas redes sociais muitas mensagens carinhosas de pessoas que leram o livro, e que são meu maior incentivo para prosseguir.

Planos para o futuro:

TG: Seu livro de estreia também inicia uma saga de fantasia. Quais são os seus objetivos com a história? Você pretende lançar outros livros fora do universo de Quase Bruxa?

Rafaella Marques: Eleita pela Magia é uma saga que foi pensada, inicialmente, para conter cinco volumes, sendo Quase Bruxa o primeiro deles. O que posso adiantar, por enquanto, é que o próximo livro já foi escrito, chama-se Quase Guardiã e, em breve, vou publicá-lo! Tenho alguns outros trabalhos fora do universo de Quase Bruxa, mas são projetos que, por ora, estão incompletos, e não tenho certeza se um dia virão a público. No entanto, pretendo finalizá-los, pois uma história inacabada presa dentro de si é um tormento para qualquer autor. Hahaha!

TG: Compartilhe uma dica para quem deseja lançar um livro no Brasil.

Rafaella Marques: Acredite no potencial da sua história e não desista! Os obstáculos surgirão, mas corra atrás de seus sonhos. As coisas que mais valem a pena, geralmente, são as mais difíceis, e quando segurar seu livro diante de si, saberá que todo o seu esforço foi bem recompensado.

Sinopse de Quase Bruxa:

Quase Bruxa - Rafaella Marques - Grupo Editorial Coerência - Teoria Geek

Em síntese, Luna era uma jovem adolescente como qualquer outra. Nos horários vagos, quando não estava na escola, passava a maior parte do tempo jogando RPG. Sua vida parecia seguir naturalmente até que recebeu uma mensagem secreta, indicando que dentro de alguns dias teria de fazer uma escolha.

Como se tratava de um jogo, a garota decidiu ignorar o aviso, contudo, o fez sem saber que essa atitude poderia resultar em sua morte. Dessa forma, conheceu Damra, uma bruxa poderosa, responsável por guiá-la na jornada mais maluca de sua vida; e descobriu que seria preciso coragem para aceitar o que o destino estava impondo: abandonar seus amigos e sua família em busca de encontrar sua verdadeira identidade.

Sobre a Autora:

Com mais de 10 mil seguidores no Instagram, Rafaella Marques é uma jovem amante da inventividade nascida em 1998, na cidade de Jacobina, onde mora com a família. Entusiasta dos mais diversos interesses, diverte-se com a mesma facilidade, seja aprendendo um novo idioma, seja desenvolvendo um programa de computador. Enquanto cursa Direito pela Universidade do Estado da Bahia, adora criar universos fantásticos, ouvir boa música e desfrutar de um aconchegante dia frio.

Instagram: @rafaella.c.marques

Link do Livro “Quase Bruxa”: AQUI

Gostou da entrevista? Então, confira mais AQUI!

Até mais, e Obrigado pelos Peixes!