ENTREVISTA | ED Canal Aperte Start

Confira nossa entrevista com um dos canais Brasileiros sobre Games, mais legal do YouTube.

O Aperte Start é um Canal no Youtube especializado em contar histórias sobre o fantástico mundo dos videogames. Novos vídeos aos domingos, com assuntos variados, curiosidades e reflexões.


TG: Olá ED, é um prazer trazer seu trabalho aqui no Teoria Geek. Conta pra gente sobre sua relação atual com o mundo dos Games?


ED: Poxa eu que tenho que agradecer pelo interesse no Aperte Start, tmj! Videogames sempre fizeram parte da minha vida, muita coisa mudou da época dos games de 8 e 16-bit. A indústria dos games se transformou em uma gigante e movimenta quantidades absurdas de dinheiro. Os jogos também mudaram bastante, até na forma de distribuição com a mídia digital dominando cada vez mais. Nem todas as mudanças agradam, mas o balanço geral acho que é muito positivo, principalmente o acesso aos games eu considero muito melhor hoje, tem para todos os gostos.


TG: Como é quando começou sua relação com os vídeo games?


ED: Isso faz tempo heim kkk, eu devia ter uns 7-8 anos. Meu primeiro videogame de mesa foi um atari 2600, joguei muito River Raid e frostbite (gelinho) nele. Meu primeiro portátil foi um game & watch da Nintendo, o Fire.


TG: Compartilhe conosco suas lembranças com os jogos, e qual momento na sua vida gamer foi mais marcante para você?


ED: Eu perdi minha mãe muito cedo, foi ela inclusive que me levou na galeria pajé para comprar um Atari. Eu sempre gostei de videogames desde a primeira vez, mas depois que minha mãe se foi os videogames me devolveram a alegria e me ajudaram muito a superar a tristeza, acho que é o momento mais marcante que eu consigo me lembrar.


TG: Console seu jogo e preferido?


ED: Meu console preferido é o MSX, mas ele é um computador e não exatamente um console, embora para mim sempre foi um videogame, pode ter certeza que aplicativo nele passou só para eu ver como era. Falando em videogame mesmo, o Famicom/Nintendinho é sensacional.

Difícil falar um jogo preferido só, são vários e toda hora muda, mas para não ficar em cima do muro, vou citar a franquia Castlevania, especificamente o Symphony of Night. Jogo o SOTN pelo menos uma vez por ano.


TG: O Aperte Start vem crescendo de maneira constante, fale um pouco sobre sua relação no que diz respeito à criação de conteúdo na plataforma YouTube.


ED: O YouTube é uma plataforma que dá oportunidade para todo mundo. Mas se quiser ir para frente, fazer o canal crescer aí não dá para encarar como passatempo, é um trabalho como qualquer outro.

Celebridades talvez tenham um caminho diferente por causa da exposição toda que tem naturalmente, mas para as pessoas comuns como eu é um trabalho que consome muito tempo e exige estudar constantemente a plataforma.

É bem difícil, antes de eu conseguir fazer o canal no formato atual crescer, eu tentei outras quatro vezes sem sucesso. É um exercício de persistência.


TG: Quem o ED acompanha no YouTube quando o assunto é vídeo game?


ED: Quando eu comecei a descobrir que o YouTube tinha conteúdo sobre games, a maioria dos canais que eu assistia era gringo. Via muito o lukemorse1 que mora no Japão. Dos brasileiros eu comecei acompanhando o trabalho do Eric Fraga no Cosmic Effect e do VGDB do Edson Godoy.

Mais tarde quando eu quis fazer um canal para mim, um das grandes inspirações foi o Poeira Jogos do meu amigo Vitor Issui. Hoje eu procuro inspiração em canais fora do circuito de games, adoro o canal da Gabi Xavier e do Gabriel Pato por exemplo.


TG: Falando do atual momento na indústria de Vídeo Games, qual sua relação com jogos e consoles atuais?


ED: Os jogos novos eu tenho jogado no PC. Ainda não comprei nem PS4, nem xbox one ou switch para mim ainda, não tenho tanto tempo para jogar e o investimento é alto. Mas confesso que sinto falta, ainda mais agora que acabou de sair o The Last of Us 2.


TG: Fale um pouco sobre sua coleção de jogos e consoles, e de como você administra a sua coleção.


ED: Minha preferência é por jogos em cartuchos, por puro saudosismo mesmo. Acho as caixas e as artes dos jogos antigos, especialmente dos jogos japoneses topzera demais. O meu lado de colecionador atualmente perdeu prioridade. Colecionar ficou muito difícil pelos preços e eu também já me sinto satisfeito com o que consegui.


TG: O que espera da geração de consoles que está chegando?

Tecnicamente essa geração que está para chegar é capaz de fazer praticamente tudo. Tanto o PS5 com seu visual alienígena quanto o novo xbox com um visual mais elegante tem tudo para entregar jogos incríveis. Na questão da diversão acho que estaremos bem servidos e ainda nem sabemos o que a Nintendo vai fazer. Me preocupa mesmo é o preço, que vai ser uma pedrada para nós brasileiros.


TG: Nos conte sobre seus futuros projetos e o que a galera pode e aparar ver no canal Aperte Start?


ED: Como criador de conteúdo eu quero produzir cada vez mais. Ter vídeo todo dia no canal seria um sonho. Quero trazer quadros novos, gameplays, lives, mas com calma, tudo ao seu tempo. Para o canal continuar crescendo tenho que testar novos conteúdos, aumentar o tamanho da audiência e o conteúdo que galera curtir fica, e o que não dá resultado vai embora. É uma satisfação enorme trabalhar no canal, vamos ver até aonde ele chega.


TG: ED, mais uma vez agradecemos a participação e sua contribuição sólida para a comunidade gamer BR. Fique a vontade para suas considerações.


Muito obrigado a Teoria Geek pelo espaço e por me ajudar a divulgar o trabalho no canal. Eu termino os vídeos dizendo que videogame é um das melhores coisas da vida, eu realmente acredito nisso e espero levar essa mensagem para o maior número de pessoas possível. Obrigado por tudo, paz galera!

Marcelo Souza
Gamer Hardcore desde 1991, adorador de café desde sempre. Acompanhe minhas jogatinas no PlayStation. PSN ID: Pagan_race_