La Trêve/The Break, Série criada por Matthieu Donck, Stephane Bergmans e Benjamin D’Aoust para o canal RTBF.

Ficha Tecnica:

Francês: La Trêve
Gênero: Drama do crime
Direção: Matthieu Donck
Produção: Produtor (es) Anthony Rey
Tempo de execução 52 minutos
Produção empresa: RTBF
Lançamento: Rede original La Une França 2
País de Origem: Belgica/
Versão original: 21 de fevereiro de 2016
Onde assistir: La Une França 2 e  NETFLIX

Sinopse: O policial Yoann Peeters (Yoann Blanc), após a morte de sua esposa, decide começar uma nova vida nesta pequena cidade junto com sua filha Camille (Sophie Breyer). A vila, onde morou dos 12 aos 18 anos, parece não ter mudado nada com o tempo e Yoann reencontra pessoas que fizeram parte de sua adolescência. Antes de conseguir arrumar sua mudança, Sébastian Drummer (Guillaume Kerbush), seu inexperiente parceiro da polícia local, bate à sua porta pedindo ajuda para verificar um corpo que foi encontrado em um rio. O corpo é de Driss Assani (Jérémy Zagba), jovem togolês que jogava no time de futebol local. Enquanto os demais policiais tratam o caso como suicídio, Peeters tem a certeza de foi um assassinato. Quando começa as investigações, descobre camadas e mais camadas de mentiras e suspeitos, e vê que mesmo quem não o matou, tem alguma parcela de culpa.

A história acompanha os trabalhos de Yoann Peeters (Yoann Blanc), um policial que foi recentemente transferido para uma pequena cidade do interior, após passar por uma tragédia pessoal (a morte de sua esposa). Trabalhando ao lado de Sebastian Drummer (Guillaume Kerbusch), jovem policial inexperiente e idealista, ele precisa investigar o assassinato de um jogador de futebol profissional de 19 anos. Logo Peeters percebe que ele pode encontrar o assassino, mas isto não significa que não existam outras pessoas responsáveis pela morte.

A primeira temporada tem dez episódios exibidos em seu país entre fevereiro e março, sendo que a série já foi renovada para a segunda temporada.

A produção é da francesa Federation Entertainment, que também cuida da distribuição internacional, O tom da série é sombrio, e muito bem dirigido por Matthieu Donck, diretor de todos os 10 episódios. A história que começa aparentemente simples, quando se encontra o corpo do atleta Driss Assani(Jérémy Zagba) em um lago nas Ardenas belgas. A série La Trêve “nos engana” o tempo todo: um simples assassinato em uma cidade pequena esconde muito mais do que se pode ver na superfície, e os dois detetives destacados para investigar a situação acabam se vendo em uma trama muito mais complexa.
Nesse ponto, a série também ganha destaque: as viradas em cada capítulo são surpreendentes e fazem com que o espectador cole na poltrona, querendo saber mais e mais sobre o que está acontecendo. Uma tática que conhecemos bem em séries como por exemplo “The Killing”, no decorrer dos episódios, o clima fica cada vez mais denso e sombrio tornando-se mais intenso a cada novo capítulo dessa saga, até o seu clímax não menos impressionante.

Claro que La Trêve, assim como quase toda obra do gênero, tem seus pontos falhos. As reviravoltas, apesar de impressionantes e que despertam a curiosidade de uma forma cada vez mais intensa, podem parecer um tanto quanto exageradas. Mas não é nada que estrague a experiência: ao final, fica o gosto de quero mais. Tudo isso acontece porque a série possui um elenco muito afiado. Yoann Blanc (sim, o mesmo primeiro nome do protagonista) e Guillaume Kerbush, os principais atores, estão fabulosos como os dois policiais que precisam investigar o crime, mas acabam se metendo em uma trama cabulosa e com ramificações inesperadas. Principalmente Yoann, que começa como um oficial acomodado pela rotina e que vai ficando mais denso e profundo a cada vez que se aproxima da verdade dos fatos. Sua atuação é digna de aplausos, e vale a pena conferir a sua carreira daqui em diante.

Camille Peeters (Sophie Breyer) Filha problemática do Investigador Yoann Peeters

A Filha: Não bastasse os problemas no trabalho, sua filha adolescente Camille Peeters (Sophie Breyer), que ainda sob o impacto do falecimento da mãe, implica sistematicamente com Inès Buisson (Anne Coesens), Antiga namorada e atual interesse amoroso de seu pai Investigador Yoann Peeters.  além de se envolver com “amigos” que fazem parte de uma espécie de “seita” que envolve festas regadas com sexo, bebidas e drogas.

Minha Opinião: La Trêve, nos mostra mais uma vez, que existe “vida” fora dos Estados Unidos e Inglaterra, é o tipo de série para ser maratonada de uma vez(é muito difícil resistir a esta tentação). São 10 capítulos que nos levam a um mundo perigoso, frio e tenso que se esconde sob a fachada de uma cidadezinha afastada no meio da Europa. E a curiosidade de saber por que as coisas são dessa forma é que nos leva a chegar até o seu final chocante e ineperado.

E ai? já viu La Trêve? gostou da série? dê sua opinião!

Ficha Tecnica:

Francês: La Trêve
Gênero: Drama do crime
Direção: Matthieu Donck
Estrelando:  Yoann Blanc
• Guillaume Kerbusch
• Anne Coesens
• Jasmina Douieb
• Tom Audenaert
• Sam Louwyck
• Catherine Salée
País de origem: Bélgica
Idioma original (s) francês
Nº de série 1
No. de episódios 10

Produção:
Produtor (es) Anthony Rey
Tempo de execução 52 minutos
Produçãoempresa (s) RTBF
Lançamento
Rede original La Une
França 2
Netflix
Versão original 21 de fevereiro de 2016[1]

Elenco:

• Yoann Blanc como detetive Yoann Peeters
• Guillaume Kerbush como inspetor de polícia Sébastian Drummer
• Sophie Breyer como Camille Peeters, filha de Yoann
• Jérémy Zagba como Driss Assani, jogador de futebol
• Anne Coesens como Inès Buisson
• Jean-Henri Compère como Rudy Geeraerts
• Catherine Salée como Brigitte Fischer
• Sophie Maréchal como Zoé Fischer
• Thomas Mustin como Kevin Fischer
• Jasmina Douieb como psiquiatra
• Lara Hubinont como Marjorie
• Tom Audenaert como René Verselt
• Vincent Grass como Lucien Rabet

Trailer:

//youtu.be/RDTU3DhDhBk

\\//