O grupo foi convidado para discursar sobre a inclusão e representação asiática, além de abordar crimes de ódio e discriminação anti-asiáticos.

BTS Casa Branca

Na última terça-feira (31), o popular grupo BTS participou da coletiva de imprensa diária no Brady Press Briefing da Casa Branca em Washington, DC. O septeto foi convidado para falar sobre a inclusão e representação asiática, além de abordar crimes de ódio e discriminação anti-asiáticos, que teve um aumento significativo durante a pandemia da COVID-19.

Eles também se reuniram com o presidente Joe Biden como parte de uma visita.

“Embora muitos de vocês conheçam o BTS como ícones internacionais indicados ao Grammy, eles também desempenham um papel importante como embaixadores da juventude, promovendo uma mensagem de respeito e positividade”, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Cada membro da boy band falou no pódio – a maioria em coreano – após a introdução de Jean-Pierre. RM, líder do grupo e único membro da banda fluente em inglês, começou agradecendo a Jean-Pierre por suas “gentis palavras” e apresentando o grupo.

“Olá, nós somos o BTS e é uma grande honra ser convidado para a Casa Branca hoje para discutir as questões importantes de crimes de ódio anti-asiáticos, inclusão e diversidade asiáticas”, disse ele.

O resto do grupo, falando por meio de um intérprete, disse que “se uniu à Casa Branca para apoiar” a comunidade da AAPI “e comemorar”.

“Ficamos devastados com a recente onda de crimes de ódio, incluindo crimes de ódio asiático-americanos. Para acabar com isso e apoiar a causa, gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para nos expressar mais uma vez”, relatou o tradutor. “Estamos aqui hoje graças ao nosso exército – nossos fãs em todo o mundo – que têm diferentes nacionalidades e culturas e usam idiomas diferentes”.

O grupo ainda estava “surpreso que a música criada por artistas sul-coreanos alcance tantas pessoas ao redor do mundo transcendendo línguas e barreiras culturais”, comentaram os membros, que complementaram: “Acreditamos que a música é sempre um unificador incrível e maravilhoso de todas as coisas.”

O BTS também filmará um “conteúdo digital” para os canais de mídia social da Casa Branca, de acordo com um funcionário.

Leia também: BTS anuncia data para o comeback!