Amanda Gorman: a poeta da posse de Joe Biden

Amanda Gorman na posse de Joe Biden
Amanda Gorman, 22 anos, ficou ainda mais conhecida após recitar um poema na posse do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Poetisa, ativista, com trabalhos que focam questões de opressão, feminismo, racismo, marginalização, assim como a diáspora africana, Amanda se tornou a pessoa mais nova a recitar um poema durante uma cerimônia presidencial no país norte-americano.
Amanda Gorman
Com muito sucesso, conforme a coluna Painel das Letras, Amanda Gorman tem seus dois próximos livros ocupando as primeiras posições no ranking de vendas da Amazon. Além disso, a editora Penguin Random House, responsável por suas obras, anunciou que vai encomendar uma tiragem inicial de um milhão de cópias de cada um. Também há previsão para o lançamento da coletânea, cujo nome remete ao poema recitado na cerimônia presidencial, The hill we climb and other poems para Setembro deste ano. Gorman já havia publicado um livro de poesia chamado The One for Whom Food Is Not Enough em 2015.
.
Ademais, a jovem pretende expandir a própria marca pessoal. Recentemente a agência IMG Models, uma das maiores do mundo, passou a representá-la em trabalhos que envolvam moda e beleza.
Poetisa Amanda Gorman
Por fim, confiram o trecho inicial, em tradução livre, do poema recitado na posse de Joe Biden em 20/01: The hill we climb (“A colina que escalamos”), com forte apelo pessoal e popular:

Quando chega o dia, nos perguntamos:
onde podemos encontrar luz nesta sombra sem fim?
A perda que carregamos,
um mar que devemos navegar
Enfrentamos o ventre da besta
Aprendemos que silêncio nem sempre é paz

Em apenas um dia, as obras da poeta atingiram o topo das paradas e sua fama se tornou global. No Brasil, ainda não há planos para editar suas obras.

Leia mais notícias AQUI, no TG.